Show simple item record

dc.contributor.authorJorge, Fábio Gonçalves Daurapt_BR
dc.contributor.otherLopes, Paulo César de Azevedo Simõespt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Zoologiapt_BR
dc.date.accessioned2011-08-25T13:12:25Z
dc.date.available2011-08-25T13:12:25Z
dc.date.issued2011-08-25
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/26035
dc.description.abstractResumo: O boto-da-tainha, Tursiops truncatus, de Laguna, habita uma área exposta a múltiplos impactos promovidos por atividades humanas. Pouco se sabe sobre a saúde e viabilidade desta população e de sua estratégia singular de forrageio em cooperação com pescador artesanal promovida por alguns botos. Assim, esta Tese busca oferecer informações prioritárias para uma avaliação do status desta população e suas peculiaridades. Uma abundância total entre 50 e 60 indivíduos foi estimada, sendo que de 25 a 27 indivíduos cooperam com o pescador. A sobrevivência anual de adultos foi de 0,92, levemente menor do que a estimada para dados da década de 90. Para filhotes, estimou-se uma sobrevivência de 0,82. A probabilidade de emigração temporária foi de apenas 0,031, confirmando a alta taxa de residência na área de estudo. Foi estimada uma pequena área de vida e uma área de concentração próxima a pontos de cooperação com pescador. A probabilidade de detecção foi de fato maior nos pontos próximos a áreas de cooperação, já a probabilidade de uso foi maior quanto mais próximo a pontos de conexão entre lagoas, rio e mar. Botos que cooperam com pescador apresentam áreas de uso menores. Ocorre maior sobreposição espacial entre os botos que cooperam e entre os botos que não cooperam do que entre estas duas classes de comportamento. A estrutura social combina uma dinâmica fissãofusão com uma rede social densa e fracamente conectada. Foi identificada uma estrutura modular claramente relacionada com a pesca cooperativa, sendo que botos que cooperam com o pescador encontram-se mais fortemente associados entre si. Processos de transmissão de informações podem ou estar formando estes módulos, ou serem facilitados por esta estrutura. A partir de dados complementares, a prevalência e progressão de lesões epidérmicas semelhantes à lobomicose foram relatadas, sugerindo que a doença seja endêmica na área. Uma análise de efetividade de métodos para estimar abundância foi apresentada, comparando captura-recaptura e transecções lineares para o caso da x população de botos de Laguna. Nota-se que captura-recaptura foi claramente mais efetivo, menos custoso e mais preciso para a aplicação em um monitoramento de longo prazo. Por fim, uma análise de risco comparou cenários hipotéticos com fins a orientar ações futuras de conservação. Como resultado, fica o alerta para a necessidade da aplicação imediata de ações que minimizem um impacto de alta magnitude, como o emalhamento acidental em redes de pesca. As preocupações seriam ainda maiores, quando o foco é a conservação da pesca cooperativa, promovida por menos da metade da já pequena população de botos de Laguna.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleMúltiplos aspectos ecológicos de uma população do boto-da-tainha (Tursiops Truncatus) em Laguna, Sul do Brasilpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record