Show simple item record

dc.contributor.advisorMachado, Sebastião do Amaral, 1939-pt_BR
dc.contributor.authorOliveira, Edilson Batista dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-07-19T21:29:45Z
dc.date.available2013-07-19T21:29:45Z
dc.date.issued2013-07-19
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25384
dc.description.abstractO presente trabalho teve os seguintes objetivos gerais: (1) desenvolver um sistema computadorizado que integre métodos de engenharia econômica a um simulador de crescimento e produção de povoamentos de Pinus taeda L., implantados na Região Sul do Brasil, e (2) avaliar sua aplicação nas atividades de manejo e planejamento da produção destas florestas. O sistema desenvolvido foi constituído por três softwares: (a) o simulador SISPINUS -Versão 2.0, elaborado a partir da primeira versão do "NCSU Simulator- SISPINUS", de forma a possibilitar, além da simulação de desbastes e do crescimento e produção anual do povoamento, o sortimento de madeira por classe diamétrica para usos múltiplos das árvores provenientes de desbastes e do corte final; (b) o software PLANIN, que possibilita o cálculo dos parâmetros de avaliação econômico-financeira e a análise de sensibilidade da rentabilidade a diferentes taxas de atratividade; e (c) o software REPLAN, que gerencia um banco de dados sobre rentabilidade de regimes de manejo, tendo por base o índice de sítio, a taxa de atratividade e a idade de rotação do povoamento. Visando o embasamento teórico para a elaboração destes software e a análise de seus resultados, foram definidos os seguintes objetivos específicos: (1) estudar as distribuições de probabilidades SB e SBB, utilizadas pelo simulador; (2) ajustar modelos de crescimento e produção através das estimativas dos parâmetros destas distribuições; (3) ajustar funções de afilamento do tronco para o cálculo do volume total de madeira e sortimento de madeira para usos múltiplos; e (4) estudar os principais critérios de análise econômico-financeira, que podem ser utilizados na avaliação de regimes de manejo e nas decisões sobre épocas e intensidades ideais de desbastes e idade ideal para o corte final. Os dados utilizados na estimativa dos parâmetros das distribuições foram provenientes de inventários florestais contínuos das Florestas Nacionais de Irati-PR, Três Barras-SC e São Francisco de Paula-RS. Para a obtenção das equações de afilamento e de volume foram utilizados dados provenientes de plantios comerciais estabelecidos em Rio Negrinho-SC. Foram simulados e avaliados, economicamente, 25 regimes de manejo. O regime de manejo que apresentou maior rentabilidade, para os custos de produção e preços estipulados, foi aquele com plantio de 2500 árvores/ha e com corte final aos 22 anos, após a realização de 3 desbastes: o primeiro aos 8 anos (sistemático, removendo 1 em cada 3 linhas, seguido de seletivo, mantendo até 1200 arvores de melhor qualidade por hectare); o segundo, aos 12 anos (seletivo, removendo as árvores de pior qualidade, até 40% da população), e o terceiro aos 16 anos (seletivo, removendo as piores árvores, até 30% da população). Através desse regime de manejo, mas com corte final aos 20 anos, foi efetuada a análise de sensibilidade da rentabilidade da produção madeireira para variações de preços de madeira, taxas de atratividade, idades de rotação e custos de implantação, manutenção e exploração. A distribuição SBB demonstrou flexibilidade e eficiência na descrição das características dos povoamentos em diferentes idades. A eficácia do SISPINUS -Versão 2.0 foi comprovada através de comparações entre as simulações e os dados de campo. O desenvolvimento dos softwares PLANIN e REPLAN viabiliza a análise econômica da produção de madeira, através de vários critérios de avaliação e torna possível a tomada e decisão sobre regimes ideais de manejo. A integração dos três softwares permite uma visão conjunta dos fatores biológicos e econômicos, possibilitando a configuração de diversos cenários para o planejamento da produção florestal, tendo por base a produção de madeira para diferentes finalidades e variações nos diversos centros de custos e preços, e nas taxas de atratividade.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectPovoamento florestal - Crescimento - Aspectos economicospt_BR
dc.subjectEconomia florestalpt_BR
dc.subjectArvores - Crescimento - Programas de computadorpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleUm sistema computadorizado de prognose do crescimento e produção de Pinus taeda L., com criterios quantitativos para a avaliação tecnica e economica de regimes de manejopt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record