Show simple item record

dc.contributor.advisorCarnieri, Celsopt_BR
dc.contributor.authorMuñoz Braz, Evaldopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-11T16:32:24Z
dc.date.available2013-06-11T16:32:24Z
dc.date.issued2013-06-11
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25148
dc.description.abstractEste trabalho teve a finalidade principal de apresentar um modelo matemático que auxilia no planejamento e distribuição dos talhões em uma pequena propriedade da floresta tropical. Existe a necessidade da garantia de um fluxo constante de madeira com potencial comercial para a viabilidade da pequena propriedade e isto nem sempre é possível devido aos talhões serem pequenos e principalmente a distribuição das espécies de interesse na floresta nativa ser irregular pelos ecossistemas heterogêneos e variedade de tipologias florestais que formam um complexo mosaico. Isto só pode ser feito com a maximização dos produtos madeireiros encontrados na floresta. O modelo matemático resultou em um novo conceito de talhão. O modelo de talhão proposto considera de todas as indicações técnicas que a pesquisa científica já alcançou para um manejo da floresta tropical sustentável, acrescidas de um processo de sub compartimentalização dos talhões para garantia de renda anual constante em pequena propriedade florestal. Baseado no inventário pré-exploratório, os talhões foram subdivididos em compartimentos onde serão consideradas características diferenciais tais como: espécie, volume por espécie, abundância, possibilidade de mercado, e principalmente o valor final de cada sub talhão. Como a taxa anual máxima já está definida junto ao IBAMA baseada em estudos anteriores locais e regionais, a meta agora é garantir que esta taxa, transformada em valor monetário, realmente possa ser alcançada. Como já foi esclarecido acima isto é sempre dificultado pelo potencial heterogêneo dos talhões. O modelo matemático utilizou a PM(programação por metas) que se faz necessária na seleção dos sub-talhões combinando-os e unindo-os em uma área final equivalente ao valor do compartimento anual original. Este modelo ao mesmo tempo que organiza novos talhões, informa a taxa de extração anual e sua possível renda e limita a área do compartimento a ser explorado. Isto se faz necessário para garantia da regeneração do compartimento no ciclo de corte previsto. No caso deste trabalho a meta são rendas anuais em torno de US$ 2000,00 (potencial sustentável da floresta já calculado), durante um período de 10 anos. Nossas metas anuais portanto não podiam ser fixas, mas flexíveis. Para isso utilizou os recursos de desvios de excesso ou de falta, minimizando-os. Posteriormente comparou-se o modelo proposto de talhão com os talhões normalmente utilizados em floresta tropical. Como resultado o modelo proposto mostrou-se bastante superior ao formal e garantiu sobremaneira o rendimento anual equilibrado para o pequeno proprietário. Utilizando-se os talhões formais, 70% destes, obtém valores inferiores ao desejado, ou seja US$ 2000,00 por ano e estes valores encontram-se em média 38% abaixo deste valor pretendido e portanto muito abaixo da capacidade da floresta. Já para o talhão proposto, o déficit médio encontrado foi de 1,9 % para o valor pretendido de US$2000,00 ou seja praticamente negligenciáveis em comparação com o modelo anterior. O modelo facilita o planejamento anual de extração na pequena propriedade e é ideal para otimização da produção madeireira em condições semelhantes da floresta tropical.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectManejo florestal - Programação linearpt_BR
dc.subjectManejo florestalpt_BR
dc.subjectExploração florestalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleUm modelo em programação linear para garantia do rendimento sustentado em pequena propriedade na floresta tropicalpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record