Show simple item record

dc.contributor.authorSouza, Carlos Eduardo Laurindo dept_BR
dc.contributor.otherFernandes, Thelma Solange Piazzapt_BR
dc.contributor.otherAoki, Alexandre Rasipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Elétricapt_BR
dc.date.accessioned2010-12-01T13:14:08Z
dc.date.available2010-12-01T13:14:08Z
dc.date.issued2010-12-01
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24914
dc.description.abstractResumo: Em 2004, foi implantado um modelo de comercialização de energia elétrica baseado em leilões públicos e em contratação de energia por licitação conjunta do montante necessário para todas as distribuidoras participantes dos leilões. O modelo estabeleceu novas regras de comercialização de energia com a obrigatoriedade para as distribuidoras de energia, de contratar 100% do seu mercado cativo com antecedência de até 5 (cinco) anos. Estipulou penalidades financeiras se as distribuidoras ficarem sub ou sobrecontratadas, impõe limites de repasse do valor da energia às tarifas dos consumidores finais e estabelece mecanismos de descontratação e reposição da energia contratada para minimizar os riscos na compra da energia. Dessa forma, faz-se necessário o desenvolvimento de ferramentas que dêem suporte para o estabelecimento de estratégias de compra de energia em leilões públicos e que minimizem os riscos da distribuidora. Assim, o objetivo desse trabalho é apresentar uma formulação matemática do problema de otimização envolvido na compra de energia, descrevendo-se seus critérios de otimização e restrições impostas pela legislação. A solução deste problema de otimização fornece, para cada tipo de contrato existente no mercado de energia, os valores que devem ser contratados ao longo de 5 anos a frente do ano de referência. Esses valores são limitados pelas regras de mercado e otimizados de modo a se minimizar os custos de aquisição e de penalidades por sub ou sobrecontratação. O problema é resolvido pelo Método dos Pontos Interiores, cuja aplicação neste contexto é inovadora, pois desde a implantação desse modelo de comercialização de energia, técnicas de Inteligência Artificial (IA) vêm sido utilizadas prioritariamente. Os resultados, obtidos através de simulação de diversos cenários de mercado de empresas padrão, apresentam respostas adequadas e compatíveis com as estratégias adotadas e um excelente desempenho computacional, que pode ser um ótimo recurso para as distribuidoras, da mesma forma que outras ferramentas de otimização utilizadas, tais como IA, servindo como opção para certificar as estratégias de exposição nos respectivos leilões de energia.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleGestão de compra de energia via método dos pontos interiorespt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record