Show simple item record

dc.contributor.authorMartins, Rita de Cássiapt_BR
dc.contributor.otherGaranhani, Marynelma Camargo, 1967-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2020-10-29T13:40:36Z
dc.date.available2020-10-29T13:40:36Z
dc.date.issued2010pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/24301
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Marynelma Camargo Garanhanipt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 07/07/2010pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls. 151-158pt_BR
dc.description.abstractResumo: A pesquisa teve o objetivo de compreender os significados e os sentidos que as crianças de um Centro Municipal de Educação Infantil de Curitiba atribuem aos espaços da instituição educativa que frequentam. Para tanto, os referenciais teóricos e metodológicos utilizados foram: Forneiro (1998), Horn (2004), Carvalho e Rubiano (2007), Faria (2007) e Santos (1997; 2008) sobre o espaço e o espaço na instituição de Educação Infantil; documentos nacionais, estaduais e do Município de Curitiba, que orientam sobre a organização dos espaços nos Centros Municipais de Educação Infantil; Demartini (2002), Cerisara (2004), Gouvêa (2008), Sarmento (1997, 2004, 2008), Cruz (2008), Gobbi (2002, 2009) sobre pesquisas com crianças; Lüdke e André, (1986), Lessard-Hébert, Goyette e Boutin (1990) sobre a pesquisa qualitativa. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram observação participante, entrevista semi-estruturada, desenhos comentados e visita monitorada. Para a análise dos dados, utilizou-se como encaminhamento teórico-metodológico a constituição de núcleos de significação, inspirada nametodologia proposta por Aguiar e Ozella (2006) e empregada por Moro (2009). Na pesquisa, foram constituídos quatro núcleos de significação, cada um deles com respectivos indicadores finais: Brinquedos e brincadeiras (Mais legal versus mais chato; Livre escolha versus proibições); Contato com a natureza (Novas aprendizagens); Relações afetivas (Familiares no CMEI; Sala dos bebezinhos); Rotinas instituídas (Momentos de espera; Regras do CMEI; Espaços para meninos e espaços para meninas). Apoiada nos estudos de Vigotsky (2001) sobre a linguagem e o pensamento, esta pesquisa concluiu que à medida que as crianças participantes eram questionadas ou conversavam com os colegas sobre os espaços do CMEI, elas também iam pensando sobre estes espaços. Assim, os significados e os sentidos que as crianças atribuíram aos espaços, foram construídos e reelaborados por elas, também, à medida que falavam sobre eles. Os núcleos de significação e seus indicadores finais levaram a pensar que: a ludicidade (núcleo de significação Brinquedos e brincadeiras); a afetividade (núcleo de significação Relações afetivas); o econhecimento das regras de convivência social (núcleo de significação Rotinas instituídas) e a curiosidade e a imaginação (núcleo de significação contato com a natureza) podem ser considerados elementos constitutivos da infância, por meio dos quais as crianças atribuem significados e sentidos ao espaço institucional que frequentam.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The research had the goal of understanding the meanings and the senses which children in an Infant Education Municipal Center of Curitiba (CMEI) give to the spaces of the educational institution they attend. For that, the theoretical and methodological references used were: Forneiro (1998), Horn (2004), Carvalho and Rubiano (2007), Faria (2007) and Santos (1997; 2008) about the space and the space in the institution of Infant Education; documents from Curitiba city, the state and national ones, which give orientation about the organization of the spaces in the Infant Education Municipal Centers of Curitiba; Demartini (2002), Cerisara (2004), Gouvêa (2008), Sarmento (1997, 2004, 2008), Cruz (2008), Gobbi (2002, 2009) about researches with children; Lüdke and André, (1986), Lessard-Hébert, Goyette and Boutin (1990) about the qualitative research. The tools used for data collection were the participative observation, semi-structured interview, commented drawings and monitored visit. For data analysis, the Meaning Focus inspired in the methodology proposed by Aguiar and Ozella (2006) and used by Moro (2009) was used as a theoretical-methodological approach. In the research four meaning focuses were constituted, each one with its respective final indicators: Toys and games (Nicer versus more boring; Free choice versus prohibitions); Contact with nature (new learning); Affective relations (family in CMEI; Babies’ room); Instituted routine (waiting moments; CMEI’s rules; spaces for boys and spaces for girls). Supported by Vigostsky’s studies (2001) about language and thought, this research concluded that as the participant children were asked or as they talked with colleagues about the spaces of the CMEI, they were also thinking about these spaces. Therefore, the meanings they gave to these spaces were built and reelaborated by them as they talked about them. The meaning focuses and their final indicators led to the thinking that ludicity (meaning focus of Toys and games); affectivity (meaning focus of affective relations); recognition of the social convivence rules (meaning focus of instituted routines) and the curiosity and imagination (meaning focus of contact with nature) can be considered constitutive elements of the childhood, in which children give meanings and senses to the institutional space they attend.pt_BR
dc.format.extent166 f. : il. [algumas color.], grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectEducação de criançaspt_BR
dc.subjectEspaços educativospt_BR
dc.subjectAtividades lúdicaspt_BR
dc.subjectImaginação nas criançaspt_BR
dc.subjectDistúrbios afetivos em criançaspt_BR
dc.subjectSentidos (Psicologia)pt_BR
dc.subjectDissertações - Educaçãopt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleA organização do espaço na educação infantil : o que contam as crianças?pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record