Show simple item record

dc.contributor.authorVasques, Érika de Castropt_BR
dc.contributor.otherMafra, Marcos Rogeriopt_BR
dc.contributor.otherMafra, Luciana Igarashipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduaçao em Tecnologia de Alimentospt_BR
dc.date.accessioned2010-06-17T11:50:12Z
dc.date.available2010-06-17T11:50:12Z
dc.date.issued2010-06-17
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24010
dc.description.abstractResumo: O biodiesel e proveniente de fontes renovaveis, o que lhe confere a qualidade de ser biodegradavel e nao toxico, alem de praticamente nao produzir efeitos prejudiciais ao ambiente. Entretanto, um dos grandes obstaculos para o uso do biodiesel como um combustivel alternativo e o processo de purificacao envolvido no processo. Atualmente este processo e realizado com um grande volume de agua quente, porem este procedimento esta se tornando inviavel em termos ambientais e economicos, uma vez que o custo da agua vem aumentando consideravelmente. Dessa forma, a adsorcao destaca-se como uma tecnica promissora para a remocao de residuos de glicerol, monoglicerideos e diglicerideos ate os limites exigidos pela legislacao, devido a sua seletividade e simplicidade de operacao. O objetivo deste trabalho e realizar um estudo cinetico e de equilibrio da adsorcao de alguns contaminantes, glicerol mono- e diglicerideos, presentes no biodiesel. O biodiesel utilizado neste trabalho foi produzido a partir do oleo de soja. Foram avaliados diversos adsorventes como zeolita, alumina ativada e carvao ativado de coco de babacu e organico. Alem disso, foram feitas modificacoes quimicas com HNO3 nos carvoes ativados. O estudo cinetico foi conduzido a temperatura de 30 ¢XC. No estudo do equilibrio foram avaliadas as temperaturas de 20 ¢XC, 30 ¢XC e 40 ¢XC, para o glicerol e as temperaturas de 20 ¢XC e 40 ¢XC, para os monoglicerideos. Os resultados indicaram que o carvao ativado organico modificado quimicamente com HNO3 foi o mais eficaz na remocao dos contaminantes, atendendo assim ao limite requerido pela legislacao. Os dados experimentais obtidos indicaram que este processo e fortemente dependente do pH do carvao em solucao aquosa. O processo e favorecido por carvoes com pHs acido (pH =2) em solucao aquosa. Foi obtida uma remocao de glicerol de cerca de 86% utilizando o carvao ativado organico modificado quimicamente. O modelo cinetico de pseudo-primeira ordem foi o que melhor se ajustou aos dados experimentais do monoglicerol (R2 = 0,9245) enquanto que o modelo de pseudo-segunda ordem apresentou um melhor ajuste aos dados experimentais cineticos do glicerol (R2 = 0,9670) e diglicerideos (R2 =0,9485). Para a cinetica do glicerol e monoglicerideos e possivel afirmar que a etapa de difusao intra-particula esta envolvida no processo de adsorcao, apesar de nao ser possivel afirmar que esta seria a unica etapa controladora do processo de adsorcao. O modelo de Freundlich foi o que melhor se ajustou aos dados experimentais de equilibrio de adsorcao. O parametro n para todas as temperaturas foi menor do que 1, indicando uma adsorcao desfavoravel, confirmando o formato obtido pelas isotermas. O estudo termodinamico indicou que o processo e espontaneo e termodinamicamente favoravel. Para o glicerol o valor de ƒ´Ho foi de 42,70 KJ mol-1 indicando que o processo de adsorcao e endotermico, logo a adsorcao e favorecida pelo aumento da temperatura. O valor obtido de ƒ´So de 160, 34 J mol-1 K-1 indicou a afinidade do adsorvente pelo glicerol. Os dados de equilibrio dos monoglicerideos indicaram que o processo nao sofreu influencia significativa da temperatura.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleAdsorção de glicerol, mono e diglicerídeos presentes no biodísel produzido a partir do óleo de sojapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record