Show simple item record

dc.contributor.advisorBorzone, Carlos Alberto, 1955-pt_BR
dc.contributor.authorMartins, Ana Luiza Gandarapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservaçãopt_BR
dc.date.accessioned2019-03-07T13:52:37Z
dc.date.available2019-03-07T13:52:37Z
dc.date.issued2007pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/19795
dc.descriptionOrientador: Carlos Alberto Borzonept_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação. Defesa: Curitiba, 2007pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografia e anexospt_BR
dc.description.abstractResumo: O Parque Nacional de Superagüi, localizado no estado do Paraná, é uma das poucas unidades de proteção integral do Brasil que abrange ecossistemas costeiros. No entanto, após 18 anos de sua criação, a regularização fundiária e o Plano de Manejo ainda não foram realizados. Para auxiliar o levantamento de dados para a criação do Plano de Manejo, realizou-se uma avaliação sobre os padrões morfodinâmicos e a variabilidade da macrofauna em duas situações, verão e inverno, ao longo do arco praial com distintos graus de exposição no Parque Nacional de Superagüi. Para isto quatro áreas foram selecionadas, duas na praia exposta da Ilha de Peças e duas na praia exposta da Ilha de Superagüi. Em cada área foram coletadas amostras de macrofauna, densidade de Ocypode quadrata, amostras de sedimento, perfil praial, características das ondas, profundidade e salinidade do lençol freático. Os resultados mostram uma marcada variabilidade nas características físicas e biológicas ao longo da costa exposta do Parque. A área sul da Ilha de Peças apresenta maior influência da desembocadura da Baía de Paranaguá e da maré. As demais áreas são mais influenciadas pela ação de ondas. A riqueza de espécies foi determinada principalmente pelos crustáceos e a abundância por uma espécie dominante de poliqueta (Scolelepis goodbodyi). A Ilha de Peças foi mais marcada pela presença de crustáceos, enquanto que a Ilha de Superagüi teve o grupo de moluscos melhor representado. A comparação da comunidade macrofaunal entre o Parque e praias antropizadas do Paraná mostrou que as praias do parque apresentam maior abundância e riqueza que algumas áreas. No entanto, esta variação também pode estar associada a oscilações interanuais naturais das populações. A densidade de O. quadrata em algumas áreas do parque é maior que algumas praias urbanizadas do Rio Grande do Sul. As praias do Parque Nacional de Superagüi ainda não haviam sido estudadas quanto à ecologia da macrofauna. Este trabalho apresentou dados espaciais e temporais restritos, porém serve como base para a identificação das principais espécies que ocupam este habitat e suas abundâncias relativas. Sugere-se que no Plano de Manejo do parque seja considerado que estas praias sustentam uma diversidade alta em comparação a algumas praias antropizadas do estado do Paraná. Sendo assim, sua conservação deve ser mantida a partir do controle dos usos e impactos no ambiente praial, como a retirada dos detritos, o lixo, o turismo e suas conseqüências. Sugere-se também um monitoramento sobre a macrofauna, avifauna migratória e população de O. quadrata, considerando um espectro espacial e temporal maior. Por fim, sugere-se a presença de salva- vidas em épocas de alta visitação, pois estas praias apresentam fortes correntes geradas por ondas e marés, o que pode causar o arrastamento e até morte de banhistas.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The Superagüi National Park, located in the state of Paraná, is one of the few Brazilian protected areas that enclose coastal ecosystems. However, after 18 years of its creation, the agrarian regularization and the Management Plan are not completed. To facilitate the development of the Management Plan, an evaluation on the morphodynamic standards and macrofauna variability were carried through the National Park of Superagüi's exposed sand beaches during one summer and winter. A total of four beaches were sampled, two on Peças Island and two on Superagüi Island. In each area macrofauna, Ocypode quadrata density, sediment, beach profile, wave characteristics, water table depth and salinity were sampled. Abstract: The results show variability in the physical and biological characteristics between areas. The southern site on Peças Island's showed greater influence of Paranaguá's Bay mouth and the tide. The other three areas are influenced primarily by waves. Crustaceans showed more richness and one species of polychaete (Scolelepis goodbodyi) were most dominant. The crustaceans were more representative at Peças Island, while at Superagüi Island were mollusks. A comparison of the macrofaunal community between the park and some human impacted beaches of Paraná showed that the park supports greater abundance and diversity in its beaches. However, this variation can also be associated with natural interannual oscillations of populations. The O. quadrata density is greater than some urbanized sand beaches of the state of Rio Grande do Sul. The macrofaunal ecology of sand beaches within the Superagüi National Park has not been studied. This work presented restricted spatial and temporal data, however it serves as base for identification of the main species that occupy this habitat and their relative abundance. This work suggests that the high diversity, in comparison to some human impacted sand beaches of Paraná, should be considered in the Managemnent Plan. Ultimately, the uses and human impacts must be controlled to maintain and conserve this habitat. The consequences of these impacts and the withdrawal of wrack deposit, the origin of trash, tourism should be examined. We suggest a monitoring program using the macrofaunal and migratory seabirds' community and O. quadrata population density, which encompass a greater spatial and temporal scale. Finally, we suggest the presence of live guards during the high season, because these beaches have strong wave and tide currents that can be very hazard to bathers.pt_BR
dc.format.extent77f. : il. algumas color., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectEcologiapt_BR
dc.subjectMacrofauna benticapt_BR
dc.subjectPraias arenosaspt_BR
dc.subjectEcossistemas costeirospt_BR
dc.subjectBiodiversidade - Conservaçãopt_BR
dc.titleA macrofauna bentônica das praias arenosas expostas do Parque Nacional de Superagüi - PR : subsídios ao plano de manejopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record