Show simple item record

dc.contributor.advisorKlock, Umbertopt_BR
dc.contributor.authorAnzaldo Hernández, Josépt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.contributor.otherZawadzki, Sonia Fariapt_BR
dc.date.accessioned2013-05-27T19:03:44Z
dc.date.available2013-05-27T19:03:44Z
dc.date.issued2013-05-27
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/14400
dc.description.abstractPor muitos anos a lignina tem sido utilizada como combustível para a geração de energia na indústria da celulose. Porém no transcorrer dos anos, as empresas de celulose têm aumentado a capacidade produtiva, isto traz como conseqüência que, algumas delas tenham excedentes de lignina que pode ser aproveitada na obtenção de outros materiais. Atualmente são comercializadas as ligninas técnicas (lignina Kraft e lignosulfonatos) que têm mercado específico como agentes de flotação, dispersante, condicionadores de solos, carga de alguns materiais e polímeros, inclusive adesivos de fenol formol. Porém, estas ligninas contêm nas suas estruturas, compostos de enxofre o que pode atrapalhar seu desempenho ou a síntese desses subprodutos. É justo aqui que as ligninas livres de enxofre, como as Organosolv, podem ser uma alternativa interessante, porque além de serem livres de enxofre são mais puras e mais reativas com grande número de grupos hidroxilas livres. O objetivo geral deste trabalho foi: a síntese e caracterização de poliuretanos adesivos para madeira a base de lignina. Sob a hipótese de que a lignina adicionada em diferentes proporções na formulação incrementará a resistência adesiva. Desta forma, madeira de Eucalyptus dunni Maiden, foi tratada pelo processo Organosolv para extrair lignina livre de enxofre por neutralização, evaporação e filtragem. As características químicas desta lignina foram avaliadas para estabelecer os parâmetros de reação na síntese dos poliuretanos. Foram sintetizados dois tipos diferentes de poliuretano de lignina com dois tipos de polióis: polibutadieno líquido hidroxilado (PBLH) e polietileno glicol (PEG) com di-isocianato tolueno (TDI). Segundo os resultados obtidos das provas de adesão dos poliuretanos sintetizados com lignina foram três vezes mais fortes do que o adesivo de poli vinil álcool (PVA) comercial para teores de lignina ate 5% no caso do poliuretano Lignina-PBHL e até 10% de lignina para Lignina-PEGpt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectLigninapt_BR
dc.subjectEucalyptus dunniipt_BR
dc.subjectAdesivospt_BR
dc.titleLignina organosolv de Eucalyptus dunnii maiden, alternativa para a síntese de adesivos de poliuretano para madeirapt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record