Show simple item record

dc.contributor.advisorFernandes, Luiz Cláudio, 1960-pt_BR
dc.contributor.authorPessini, Cristinapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Educação Físicapt_BR
dc.date.accessioned2019-03-07T10:39:45Z
dc.date.available2019-03-07T10:39:45Z
dc.date.issued2007pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/13160
dc.descriptionOrientador: Luiz Cláudio Fernandespt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa: Curitiba, 2007pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografiapt_BR
dc.descriptionÁrea de concentraçao: Exercício e esportept_BR
dc.description.abstractResumo: Aproximadamente 70% dos pacientes com câncer desenvolvem a síndrome da caquexia, a qual é caracterizada por acentuada perda de massa corporal e é responsável por 22% das mortes ocorridas por câncer. Esta síndrome é acompanhada por degradação protéica acentuada e anormalidades no metabolismo de lipídeos e carboidratos. O exercício físico tem sido investigado como forma de prevenção e tratamento de várias condições fisiopatológicas tais como as doenças cardiovasculares e câncer. Estudos com treinamento de força, em indivíduos com câncer, são escassos e estão sendo estudados. Este estudo objetivou investigar o efeito da associação da suplementação de 76mg/kg/dia de ?-hidroxi-?-metilbutirato (HMB) e treinamento de força, sobre o crescimento tumoral e os parâmetros bioquímicos de caquexia em ratos portadores do tumor de Walker 256. Ratos machos adultos foram divididos em 8 grupos: Sedentário (S), sedentário portador de tumor (SW), sedentário suplementado com HMB (SH), sedentário portador de tumor suplementado com HMB (SHW), exercitado (EX), exercitado portador de tumor (EXW), exercitado suplementado (EXH) e exercitado portador de tumor suplementado com HMB (EXHW). O treinamento consistiu na realização de 10 séries de saltos com duração de 30 segundos em tanques com água, com intervalo de 1 minuto entre as séries, com sobrecarga equivalente a 50% da massa corporal acoplado ao tórax, com freqüência de 4 vezes por semana durante 8 semanas. No início da sexta semana de treinamento foi injetado 1mL de suspensão de células do tumor de Walker 256 (3x107 células) nos indivíduos dos grupos com tumor. A ortotanásia foi realizada 15 dias após a inoculação, seguida de coleta de sangue, fígado, músculo esquelético e tumor. Os dados estão apresentados como média ± erro padrão da média (EPM) e foram submetidos à análise de variância de duas vias, seguidos do pós-teste de Bonferroni, com nível de significância para p<0,05. Houve redução significativa do crescimento tumoral nos animais SHW, EXW e EXHW (16,8 ± 1,7g; 17,7 ± 0,2g; 15,3 ± 1,8g, respectivamente) quando comparados ao grupo SW (30,2 ± 3,6g). O grupo SW apresentou hipoglicemia (82,17 ± 3,7 mg/dL), hiperlaticidemia (2,5 ± 0,24 mmol/L), conteúdo de glicogênio hepático reduzido (87,7 ± 1,1 ?mol/g) e hipertriacilglicerolemia (121,8 ± 11,8 mg/dL) caracterizando quadro de caquexia. Não houve alteração na taxa de peroxidação lipídica entre os grupos (p>0,05 vs. SW). A suplementação com HMB e o modelo de exercício de força deste estudo, isolados, apresentaram atividade anti-tumoral reduzindo a taxa de crescimento do tumor. O treinamento foi eficaz em restabelecer o conteúdo de glicogênio hepático e, somente quando associada à suplementação de HMB, foi eficaz na redução da hipertriacilglicerolemia plasmática. Em suma, nossos dados sugerem que a associação da suplementação com HMB e treinamento físico não tiveram efeitos aditivos sobre o crescimento tumoral e parâmetros de caquexia, com exceção apenas da hipertriacilglicerolemia plasmática, e aventamos a hipótese que compartilhem o mesmo mecanismo de ação.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Cachexia is a common feature of cancer patients and about 70% present body wasting which is responsible for 22% of death. Cachexia is characterized by intense catabolism of carbohydrate, lipids and protein stores. Physical activity has been demonstrated to prevent and treat several chronic diseases such as heart disease and cancer. Interesting, studies using protocol of strength in cancer is quite rare. This study aimed to investigate the effect of physical activity associated with 76 mg/kg/day of ?-hidroxi-?-methyilbutirate (HMB) on tumor growth and cancer cachexia in Walker 256 tumor-bearing rats. Adult male rats were separated into 8 groups: sedentary (S), sedentary tumor-bearing (SW), exercised (EX) and exercised tumor-bearing (EXHW). The jump training consisted by six sets of 10 jumps in tank with water with overload equal to 50% of body weight with 1 minute of resting, four times a week during eight weeks. At the 6th week 3x107 cells in 1 ml of an ascitic tumor-bearing rat was inoculated in the right flank of the tumor-bearing groups. Then, 2 weeks later the rats were killed tumor withdrawal and blood collected for biochemical measurements of cachexia as well as liver. Data are presented as mean ± SEM and applied two way analysis followed by Bonferroni post hoc test taking p<0.05 as level of significance. Rats from SHW, EXW and EXHW presented a significant reduction of tumor growth (16.8 ± 1.7g; 17.7 ± 0.2g; 15.3 ± 1.8g, respectively) when compared to SW (30.2 ± 3.6g). SW presented hypoglicemia (82.17 ± 3.7 mg/dL), hyperlaticidemia (2.5 ± 0.24 mmol/L), reduced liver glycogen content (87.7 ± 1.1 ?mol/g) e hypertriacylglycerolemia (121.8 ± 11.8 mg/dL) showing cachexia state. There was no difference in the lipoperoxidation rate between the groups (p>0.05 vs. SW). HMB supplementation as well as anaerobic physical activity in water environment both presented anti-tumoral effect reducing tumor growth rate. Physical training was able to restore liver glycogen content. When associated to HMB supplementation was also able to reduce hypertriacylglycerolemia. Our results suggest that the associaction of HMB supplementation with anaerobic physical activity in water environment did not present additive effect on tumor growth and cancer cachexia, except just hypertriacylglycerolemia. We hypothesize that they might share the same mechanism to caused these effects.pt_BR
dc.format.extentvii, 59f. : il. color., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectCaquexia - Reabilitaçãopt_BR
dc.subjectEducação fisicapt_BR
dc.titleEfeitos da associação de exercício físico e suplementação com B-Hidroxi-B metilbutirato (HMB) sobre crescimento tumoral e caquexia em ratos portadores de tumorpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record