Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Daniel Caetano da, 1980-pt_BR
dc.contributor.otherRoman, Lucimara Stolz, 1971-pt_BR
dc.contributor.otherMicaroni, Liliana, 1967-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência dos Materiais - PIPEpt_BR
dc.date.accessioned2021-05-07T17:26:40Z
dc.date.available2021-05-07T17:26:40Z
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/28373
dc.descriptionOrientador: Profª. Drª. Lucimara Stolz Romanpt_BR
dc.descriptionCo-orientadora: Profª. Drª. Liliana Micaronipt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia - PIPE. Defesa: Curitiba, 03/05/2012pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografiaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentraçao: Engenharia e ciencia de materiaispt_BR
dc.description.abstractResumopt_BR
dc.description.abstractResumo: Neste trabalho é apresentado um método eletroquímico de deposição de filmes finos de polibitiofeno (PBT) para aplicação em Dispositivos Fotovoltaicos Orgânicos (OPV) com espessuras entre 20 e 40 nm, apresentando recobrimento homogêneo e uniforme do eletrodo. A eletrodeposição potenciostática do polímero conjugado PBT foi estudada em três meios de eletrossíntese distintos: meio orgânico, meio aquoso e líquido iônico. Para cada meio de síntese testado foram desenvolvidos OPVs na estrutura bicamada com a molécula aceitadora de elétrons C60. Foi realizada a comparação dos dispositivos com eletrodo modificado de Poli(3,4-etileno dioxitiofeno):Poli(4-estireno sulfonato) (PEDOT:PSS) e com o eletrodo controle sem PEDOT:PSS. As propriedades ópticas, elétricas e morfológicas dos OPVs foram obtidas pelo espectro dinâmico, curva características J x V e microscopia de força atômica. Os OPVs utilizando PEDOT:PSS apresentaram melhores propriedades fotovoltaicas sendo o melhor dispositivo obtido com PBT eletrodepositado em meio aquoso com espessura de 21 ±10 nm.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This work presents 3 methods for electrochemical deposition of polybithiophene (PBT) thin films for application in Organic Photovoltaic devices (OPV) with thicknesses ranging between 20 and 40 nm with homogeneous and uniform coating of the electrode. We studied three different routes of eletrosynthesis: organic, aqueous and ionic liquid medium for the electrodeposition of the conjugated polymer. For each one, we have developed OPVs in bilayer structure with the electron acceptor molecule C60. We used modified substrates electrode (ITO|PEDOT: PSS) and the control electrode without PEDOT: PSS. The OPVs optical, electrical and morphological characteristics were investigated by their action spectrum, J x V curves and atomic force microscopy. The OPVs using PEDOT: PSS showed better photovoltaic properties. The best was found for the electropolymerized PBT electropolymerized obtained in aqueous medium with a thickness of 21 ± 10 nm.pt_BR
dc.format.extent17, 88 f. : il. [algumas color.] ; 30 cm.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectFilmes finospt_BR
dc.subjectPolímeros conjugadospt_BR
dc.subjectEletrodeposiçãopt_BR
dc.subjectEngenharia de Materiais e Metalurgiapt_BR
dc.titleSíntese eletroquímica de filmes finos de polímeros e derivados para aplicação em dispositivos fotovoltaicospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record