Show simple item record

dc.contributor.advisorMattos, Geraldo, 1931-pt_BR
dc.contributor.authorSerrone, Luiz Carlospt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2022-04-11T20:09:11Z
dc.date.available2022-04-11T20:09:11Z
dc.date.issued1992pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/24436
dc.descriptionOrientador: Geraldo M. G. dos Santospt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. Curso de Pós-Graduação em Letras. Defesa : Curitiba, 30/04/1992pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Linguística da língua portuguesapt_BR
dc.description.abstractResumo : A análise das locuções verbais sempre se apresentou problemática: o primeiro verbo da seqüência verbal é sempre auxiliar, formando o sintagma uma única oração? Em caso negativo, que critérios nos possibilitam elucidar tais questões? A essas perguntas, cruciais ã referida análise, nunca se respondeu sem hesitação. Esta dissertação, após historiar os trabalhos mais importantes neste campo, pretende demonstrar que há apenas dois verbos que, numa seqüência verbal, sempre são auxiliares, enquanto dois outros verbos também funcionam como auxiliares quando têm seu sentido original alterado. Tais conclusões foram possíveis graças ã demonstração da existência de dois critérios gerais que explicam o funcionamento dos verbos auxiliares.pt_BR
dc.description.abstractAbstract : The verbal sequence analysis has always been seen as a problem: is the first verb of any sequence always an auxiliary one, forming just one sentence? If not, which criteria will help us to solve that problem? Nobody has ever answered to such questions — which are crucial to the mentioned analysis — without hesitating. This Thesis, after listing the most important brainworks in this area, intends to demonstrate there are just two verbs that can always be analysed as auxiliary ones, while there are two other which can also be analysed the same way, only when their original sense is changed. Those conclusions could be proposed thanks to the demonstration of the existence of two general principles that explain the functioning of auxiliary verbs.pt_BR
dc.format.extent85 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectLinguisticapt_BR
dc.subjectLíngua portuguesa - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectRedação acadêmicapt_BR
dc.subjectCNPqpt_BR
dc.titleCritérios de auxiliaridade em portuguêspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record