Show simple item record

dc.contributor.otherMendonça, Francisco de Assis, 1960-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geografiapt_BR
dc.creatorWarnavin, Larissapt_BR
dc.date.accessioned2022-12-01T18:49:56Z
dc.date.available2022-12-01T18:49:56Z
dc.date.issued2010pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/24276
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Francisco Mendonçapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias da Terra, Programa de Pós-Graduaçao em Geografia. Defesa: Curitiba, 06/05/2010pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls. 120-128pt_BR
dc.description.abstractResumo: O estudo apresentado procura realizar um levantamento sobre os diferentes tipos de discursos ambientais na Geografia Brasileira. A Geografia como sendo uma ciência que estuda a relação espacial entre sociedade e natureza, teve incorporado a sua abordagem mais moderna os estudos sobre meio ambiente. Dentre a temática da pesquisa apresentada, o objetivo foi realizar uma identificação dos aspectos do discurso ambiental presentes historicamente na Geografia Brasileira, através da sistematização de artigos desta Revista Brasileira de Geografia (compreendendo o período entre 1941 e 2005). Supostamente a Geografia, quando vista como ciência da sociedade e/ou da natureza, passa por uma renovação no que diz respeito aos estudos sobre meio ambiente; a partir da segunda metade do século XX grande parte dos estudos da Geografia destinavam-se aos estudos da sociedade e dos Recursos Naturais; apesar das discussões anteriores, a Geografia Ambiental ganha corpo a partir dos anos de 1990 com a difusão das geotecnologias e a intensificação da preocupação global com o meio ambiente. Portanto procurou-se a realização de um resgate histórico e epistemológico da questão ambiental na Geografia Brasileira, através de métodos vindos da Análise do Discurso, pode-se fazer uma leitura das diferentes formas de abordagem de meio ambiente na Geografia.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This study tried to survey the different types of environmental discourses in the Brazilian Geography. Geography as a science that studies the spatial relationship between society and nature, had built his ore modern approach to studies on the environment. Among the themes of the research presented, the goal was to perform an identification of aspects of environmental discourse historically present in the Brazilian Geography through the systematization of this Brazilian Journal of Geography (including the period between 1941 and 2005). Supposedly the geography, when viewed as a science of society and / or nature, goes through a renewal with respect to studies on the environment, since the second half of the twentieth century most studies of geography were for studies of Society and Natural Resources, despite the earlier discussions, the Environmental Geography is formed from the early 1990s with the dissemination of geo-technologies and the intensification of global concern with the environment. So, sought the realization of historical and epistemological review of environmental issue in Brazilian Geography, coming through methods of discourse analysis, can make a reading of the different ways to approach of the environment in Geography.pt_BR
dc.format.extent128f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectAmbientalismopt_BR
dc.subjectMeio ambientept_BR
dc.subjectRecursos naturaispt_BR
dc.subjectGeografiapt_BR
dc.titleDiscurso ambiental na geografia brasileira : uma abordagem a partir da Revista Brasileira de Geografia (1941-2005)pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record