Show simple item record

dc.contributor.advisorAssis, Helena Cristina da Silva de, 1963-pt_BR
dc.contributor.otherRibeiro, Ciro Alberto de Oliveira, 1960-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservaçãopt_BR
dc.creatorSilva, Cesar Aparecido dapt_BR
dc.date.accessioned2023-06-21T16:59:51Z
dc.date.available2023-06-21T16:59:51Z
dc.date.issued2007pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/10940
dc.descriptionOrientadora : Helena Cristina da Silva de Assispt_BR
dc.descriptionCo-orientador : Ciro Oliveira Ribeiropt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação. Defesa: Curitiba, 2007pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografia e anexopt_BR
dc.description.abstractResumo: Os recursos hídricos podem constituir o destino final de diversos poluentes oriundos da atividade antrópica. Acidentes ambientais, como o derramamento de cerca de quatro milhões de litros de petróleo ocorrido em 2000 no Arroio Saldanha, Paraná, Brasil, agrava ainda mais a problemática ambiental. Biomarcadores vem sendo utilizados para avaliar os efeitos dos poluentes em organismos aquáticos. Este estudo avaliou a qualidade da água em três pontos: Arroio Saldanha, tributário do Rio Barigui, ponto zero do derramamento de petróleo, a montante e a jusante do local de derramamento de petróleo, situados no Rio Barigui, através de exposição de 96 horas de Astyanax sp., utilizando biomarcadores bioquímicos e morfológicos e análises químicas da água. A água foi coletada nos três pontos e levado ao laboratório para realização dos bioensaios. Os bioensaios foram realizados com um grupo controle (água reconstituída) e duas concentrações da água teste (100 e 50%) de cada ponto de coleta. Os biomarcadores bioquímicos analisados foram as atividades da acetilcolinesterase (AChE) no músculo, etoxiresorufina-O-deetilase (EROD), catalase (CAT), glutationa S-transferase (GST) e lipoperodoxidação (LPO) no fígado dos peixes. Análises histopatológicas foram realizadas nas brânquias e fígado. Nas análises químicas foram encontrados hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, metais e surfactantes nas águas analisadas. As atividades específicas da CAT e da GST aumentaram (P<0.05) nos peixes expostos às concentrações testadas do Arroio Saldanha, enquanto à jusante e à montante do ponto de derramamento de petróleo observou-se aumento somente das atividades específicas da CAT e LPO (P<0,0001), sugerindo estresse oxidativo nos peixes expostos a essas águas. A atividade da EROD não foi significativamente diferente do grupo controle (P>0,05). O aumento da LPO nos peixes expostos às águas à jusante e à montante do local de derramamento de petróleo, sugere que os peixes estão expostos a xenobióticos que formam radicais livres e que, provavelmente, o sistema de defesa antioxidante está deficiente, acarretando danos às membranas e a outros constituintes celulares. As análises histológicas nos peixes expostos às águas teste mostraram em todos os pontos e nas concentrações analisadas, alterações nas brânquias, tais como aneurismas, fusão lamelar e necrose, enquanto no fígado necrose, infiltração leucocitária e centros de melanomacrófagos. Os resultados encontrados sugerem que a área do derramamento de petróleo ainda não foi totalmente biorremediada, e que a sua montante e jusante sofrem de contaminação crônica, uma vez que existe atividade industrial adjacente.pt_BR
dc.description.abstractHidric resources can receive an expressive load of pollutants from antropical activity. Environmental accidents, such the spilling of about four million liters of oil occurred in 2000 in Arroio Saldanha, Paraná, Brazil, aggravates the environmental problematic. Biomakers have been used to evaluate the effect of the pollutants in aquatic organisms. This work evaluated the water quality in three sites: Arroio Saldanha, Barigui River tributary, zero point from oil spill, its upstream and downstream from the site of the oil spill, localizated in Barigui River, through the 96 hours exposure of Astyanax sp., using biochemical and morphological biomarkers and chemical analysis of water. The water was collected in the three points and brought to the lab for the bioassays. The bioassays were realized with a control group (reconstituted water) and two concentrations of the water-test (100% and 50 %) for each collected site. The biochemical biomarkers analyzed were the activity of acetylcholinesterase (AChE) in fish muscle, ethoxyresorufin O-deethylase (EROD), catalase (CAT), glutathione S-transferase (GST) and lipid peroxidation (LPO) in fish liver. Histopathological analyses were carried out in the fish gills and liver. Polynuclear aromatic hydrocarbons, metals and surfactants were detection in water-test. The specific activity of the CAT and GST increased (P<0.05) in the fishes exposed to the concentrations tested from Arroio Saldanha, while in downstream and upstream sites only the CAT activities and LPO (P<0.0001) increased, suggesting oxidative stress in the fish exposed to these waters. However, the EROD activity was not significantly different from the control group (P>0.05). The increasing of LPO in the fish exposed to upstream and downstream waters of the oil spilling, suggests an exposure to xenobiotics that form free radicals. Probably the antioxidant defense system is deficient, causing damages of the membranes and others cellular constituents. The histological analyses showed in the fishes exposed to the water-test in all the points and also in the analyzed concentrations, alterations in the gills such as aneurisms, lamellar fusion and necrosis. In the liver necrosis, leukocytes infiltration and melanomacrophage centers were observed. The results suggest that the area of the oil spilling was not totally bioremediated, and its upstream and downstream suffer from chronic contamination, due to adjacent industrial activity.pt_BR
dc.format.extentix, 57f. : il., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectÁgua - Poluiçãopt_BR
dc.subjectMarcadores biologicospt_BR
dc.subjectEcologiapt_BR
dc.subjectEstresse oxidativopt_BR
dc.titleAvaliação da qualidade da água após cinco anos de derramamento de petróleo no município de Araucária - PRpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record