Show simple item record

dc.contributor.advisorFernandes, Luiz Alberto, 1954-pt_BR
dc.contributor.authorXavier, Fernanda Caroline Boratopt_BR
dc.contributor.otherDíaz-Martinez, Enriquept_BR
dc.contributor.otherBrilha, Josépt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geologiapt_BR
dc.date.accessioned2022-08-03T16:38:49Z
dc.date.available2022-08-03T16:38:49Z
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/77531
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Luiz Alberto Fernandespt_BR
dc.descriptionCoorientadores: Dr. Enrique Díaz-Martínez, Prof. Dr. José Brilhapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geologia. Defesa : Curitiba, 11/04/2022pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: O estado do Paraná, localizado no sul do Brasil, possui uma área de aproximadamente 200.000 km2, com uma população superior a 11 milhões de habitantes. O registro de sua história geológica teve início há cerca de 2,8 Ga. Os registros, ainda que descontínuos, constituem o embasamento da plataforma Sul-americana, que aflora no leste do estado. São representadas por rochas de alto grau metamórfico com idade arqueana/paleoproterozoica, também pelo magmatismo ácido de idade proterozoica, assim como pelas bacias vulcanossedimentares e sedimentares restritas formadas no Ordoviciano, durante a transição entre o final do ciclo Brasiliano e a cratonização da plataforma Sul-americana, ao final das atividades orogênicas. Estas rochas serviram de substrato para a deposição de rochas sedimentares e vulcânicas, aflorantes na porção central e oeste do Paraná, representadas pela Bacia do Paraná, bacia sedimentar intracratônica com formação no início do período Ordoviciano terminando no Cretáceo. No final do Cretáceo são formados os depósitos sedimentares do noroeste do estado acumulados na Bacia Bauru. Por fim, no Cenozoico, formam-se sedimentos inconsolidados de origem continental e marinha, que encobrem parcialmente as unidades acima, como por exemplo a Bacia de Curitiba. Nesta pesquisa foi realizada a inventariação, avaliação quantitativa e caracterização dos geossítios que compõem o patrimônio geológico de valor científico do Paraná, segundo os critérios representatividade, raridade, integridade e grau de conhecimento científico. Além disso, foram quantificados os valores educativos e turístico e a vulnerabilidade destes locais. O Paraná é o segundo estado brasileiro a ter o inventário de patrimônio geológico em escala estadual e o primeiro desenvolvido como tese de doutorado, com um método adaptado a peculiaridades brasileiras. Após criterioso levantamento bibliográfico e consulta a especialistas de diversas áreas da geologia foram definidas oito categorias geológicas com 192 geossítios potenciais, com informações organizadas em banco de dados desenvolvido para este fim. Cada especialista recebeu a parte do banco de dados de sua área de conhecimento para seleção dos geossítios segundo os critérios de: representatividade, raridade, conhecimento científico e integridade; que resultou em uma lista final com 76 locais. Após avaliação quantitativa, em campo, dos locais selecionados 5 elaborou-se a lista final. O primeiro inventário do patrimônio geológico do Paraná deve subsidiar instituições públicas em gestões de geoconservação dos locais eleitos como os melhores registros da história da evolução geológica do estado. O método utilizado, ajustado a condições brasileiras, deve ter boa aplicabilidade em outras unidades da federação, assim contribuirá na elaboração do inventário do patrimônio geológico nacional.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The state of Paraná, located in southern Brazil, has an area of approximately 200,000 km2, with a population of over 11 million inhabitants. The record of its geological history began about 2.8 Ga. The records, although discontinuous, constitute the basement of the South American platform, which outcrops in the east of the state. They are represented by rocks of high metamorphic degree with Archean/Paleoproterozoic age, also by acid magmatism of Proterozoic age, as well as by volcanosedimentary and restricted sedimentary basins formed in the Ordovician, during the transition between the end of the Brasiliano cycle and the cratonization of the South American platform, at the end of the orogenic activities. These rocks served as substratum for the deposition of sedimentary and volcanic rocks, outcropping in the central and western Paraná, represented by the Paraná Basin, an intracratonic sedimentary basin formed in the early Ordovician period ending in the Cretaceous. At the end of the Cretaceous, the sedimentary deposits of the northwestern part of the state are formed and accumulated in the Bauru Basin. Finally, in the Cenozoic, unconsolidated sediments of continental and marine origin are formed, partially covering the above units, as for example the Curitiba Basin. In this research the inventory, quantitative evaluation and characterization of the geosites that compose the geological heritage of scientific value of Paraná was carried out, according to the criteria representativeness, rarity, integrity and degree of scientific knowledge. In addition, the educational and touristic values and the vulnerability of these sites were quantified. Paraná is the second Brazilian state to have a state-scale geological heritage inventory and the first developed as a doctoral thesis, with a method adapted to Brazilian peculiarities. After a careful bibliographic survey and consultation with specialists in various areas of geology, eight geological categories with 192 potential geosites were defined, with the information organized in a database developed for this purpose. Each specialist received part of the database from their area of knowledge for selection of geosites according to the criteria of: representativeness, rarity, scientific knowledge and integrity; which resulted in a final list with 76 sites. This resulted in a final list with 76 sites. After quantitative field evaluation of the selected sites, the final list was drawn up. The first inventory of the geological heritage of Paraná should subsidize public institutions in 7 geoconservation management of the sites elected as the best records of the state's geological evolution history. The method used, adjusted to Brazilian conditions, should have good applicability in other units of the federation, thus contributing to the preparation of the inventory of the national geological heritage.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languageMultilinguapt_BR
dc.languageTexto em português e inglêspt_BR
dc.languageporengpt_BR
dc.subjectGeologiapt_BR
dc.subjectGeoconservaçãopt_BR
dc.subjectPatrimônio geológicopt_BR
dc.subjectParanápt_BR
dc.subjectGeologiapt_BR
dc.titleInventário do patrimônio geológico do Paranápt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record