Show simple item record

dc.contributor.advisorHass, Iris, 1973-pt_BR
dc.contributor.authorMachado, Vivian Czarneskipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Curso de Especialização em Genética para Professores de Biologia do Ensino Médiopt_BR
dc.date.accessioned2022-07-27T16:39:31Z
dc.date.available2022-07-27T16:39:31Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/77348
dc.descriptionOrientador: Iris Hasspt_BR
dc.descriptionMonografia (Especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Curso de Especialização em Genética para Professores de Ensino a Distância.pt_BR
dc.description.abstractResumo: Vivemos um momento histórico cultural, onde o acesso à informação e as formas lúdicas de envolvimento, estão cada vez mais presente em nossa sociedade, a tal ponto que na educação se faz necessário, lançar mão de novas ferramentas de ensino. Dentro desta perspectiva, ao propor os jogos didáticos, os alunos demostram maior interesse nos assuntos abordados, e muitas vezes dúvidas em relação ao conteúdo após trabalharem com os jogos. O aprender a Genética, em algumas situações, pode ser bastante trabalhoso, principalmente em relação a sua terminologia e em alguns momentos o conteúdo não apresenta uma contextualização com o cotidiano dos estudantes, exigindo do professor a busca por novas metodologias para atingir os objetivos da disciplina. Assim, esse artigo tem como objetivo realizar uma revisão bibliográfica de publicações de jogos didáticos sobre o ensino da Genética, a partir de fontes digitais que tenham como tema a utilização de jogos didáticos para alunos do Ensino Médio; analisar a viabilidade do instrumento para alunos e professores. Para esta análise foram consultadas fontes como GOOGLE Acadêmico e o site da Revista Genética na Escola por serem as fontes digitais usuais de professores do Ensino Médio, utilizando como palavraschaves: jogo didático; jogo pedagógico; ensino em genética. A análise dos trabalhos teve como resultado vinte e duas publicações, disponibilizados em forma de quadros para cada trabalho, composto por: Título do estudo, Conteúdo de Genética, Método Avaliativo, Tipo de estudo, Instituição, Periódico, Classificação (Qualis – período quadriênio 2013-2016) do Periódico, Ano de Publicação, Autores e Síntese do Estudo. Com o levantamento realizado, percebe-se a iniciativa no que diz respeito a produção de material na área de Educação e no Ensino de Biologia porém, existe uma dificuldade em obter artigos com a utilização das palavras-chaves proposta na presente metodologia, já que artigos que aparecem quando utilizada as palavraschaves "jogos didáticos" não aparecem quando utilizada as palavras-chaves "jogos pedagógicos" e alguns artigos se repetem na utilização de ambas palavras. Verificamos também que em alguns artigos, os jogos didáticos não estão disponibilizados de forma direta e detalhados, dificultando ou impossibilitando o leitor de reproduzi-lo para a utilização em sala de aula. Um ponto positivo encontrado neste levantamento se refere quanto a reprodução de determinados jogos, pois, são utilizados materiais de fácil acesso, e os jogos que envolvem perguntas e respostas, podem ser adaptados para outros conteúdos da disciplina de Biologia. Diante do exposto, consideramos que os jogos didáticos são ferramentas viáveis e importantes no Ensino de Genética, que merecem um espaço maior na prática pedagógica dos professores, sendo desta forma urgente a melhoria ao acesso e divulgação a jogos didáticos.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectGenéticapt_BR
dc.subjectJogos educativospt_BR
dc.subjectFormação de professorespt_BR
dc.titleA utilização de jogos didáticos no ensino da genétic para alunos do ensino médio : uma revisão bibliográficapt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record