Show simple item record

dc.contributor.authorArins, Carlos Eduardo Hofartpt_BR
dc.contributor.otherBorzone, Carlos Alberto, 1955-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Campus Pontal do Paraná - Centro de Estudos do Mar. Curso de Graduação em Oceanografiapt_BR
dc.date.accessioned2022-07-26T12:19:11Z
dc.date.available2022-07-26T12:19:11Z
dc.date.issued2006pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/77286
dc.descriptionOrientador: Carlos Alberto Borzonept_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Centro de Estudos do Mar, Curso de Oceanografia com Habilitação em Gestão Ambiental Costeirapt_BR
dc.description.abstractA pesca artesanal tem demonstrado grande importância socioeconómica para o litoral brasileiro, possuindo um importante papel na produção de alimentos e gerando empregos diretos que normalmente absorvem uma mão de obra pouco qualificada proveniente das áreas urbanas ou rurais. No complexo estuarino da bala de Paranaguá. litoral do Paraná, apesar de possuir pouca expressão no cenário nacional, a atividade adquiriu importância no panorama regional, contribuindo com a geração de milhares de empregos diretos. Dentre as pescarias realizadas no complexo estuarino, a captura dos siris, caranguejos pertencentes à familia Portunidae, destaca-se como um dos recursos amplamente explorados e de grande importância socioeconômica para diversas localidades. O presente estudo propõe-se a caracterizar a atividade da pesca dos siris neste complexo estuarino. Para isso foram analisados 5 desembarques da pesca dirigida aos siris nos meses de Agosto de 2004, Fevereiro e Março de 2005 nas localidades de Antonina, Guaraqueçaba e vila São Miguel, totalizando 476 siris. Para efeito de comparação da composição e estrutura populacional dentro e fora do complexo estuarino, foram analisados 607 siris coletados na plataforma continental rasa paranaense em Agosto de 2004 e em Fevereiro de 2005, num estudo especifico sobre a pesca do camarão sete-barbas Xiphopenaues kroyeri. Todos os individuos tiveram seu sexo e estágio de desenvolvimento determinados, assim como sua largura, comprimento e peso foram mensurados. Para a caracterização das técnicas de pesca utilizadas na captura dos siris, foram realizadas 102 entrevistas com os pescadores dos três pontos de amostragem no interior do complexo estuarino. A espécie dominante nos desembarques do complexo estuarino foi Callinectes danae, seguida por C, sapidus. Nas amostras provenientes da plataforma continental, C. ornatus teve a maior freqüência, seguido de C. danae. Esta última espécie mostrou as maiores abundâncias de machos no interior do estuário, e de fêmeas ovigeras na plataforma. Por outro lado. fêmeas ovigeras de C.sapidus ocorreram apenas na plataforma. Esta diferença na distribuição pode ser atribuída a uma migração ativa das fêmeas fecundadas para águas de maior salinidade, embora a coleta seletiva dos pescadores com possivel descarte das fêmeas ovigeras possa ter viciado este resultado. A grande maioria dos pescadores entrevistados utiliza puças na captura do recurso, empregados largamente com a utilização de canoas a remo. As iscas mais utilizadas são sobras de diversas espécies de peixes, destacando-se o bagre (Ariidae) devido ao seu baixo valor de comercialização. Grande parte dos pescadores assegura pescar sozinho, contando.com a ajuda das esposas para o beneficiamento da came dos siris, que é a forma mais comum de comercialização do produto da pesca, geralmente comercializada no mercado de peixes de Paranaguá ou através da figura de atravessadores provindos de diversas localidades. A maioria dos entrevistados assegura a influência de variáveis ambientais como maré, fase da lua e condição climática no acesso ao recurso. Citam também o preço baixo pago pelo produto da pesca como o principal problema que atinge a atividade. De forma geral, as técnicas utilizadas na pesca dirigida aos siris no complexo estuarino da bala de Paranaguá são bastante homogêneas entre as trés localidades estudadas, apresentando singularidades apenas no quesito que diz respeito à comercialização do produto resultante. Estas singularidades estão possivelmente atreladas às diferenças de urbanização e localização das comunidades pesqueiras. Palavras chave: siris; Callinectes; pesca artesanal; técnicas de pesca; complexo estuarino da bala de Paranaguá.pt_BR
dc.format.extent106 f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectCrustaceopt_BR
dc.subjectSiript_BR
dc.subjectOceanografia biológicapt_BR
dc.titleA pesca dos siris (Crustacea, Portunidae) no Complexo Estuarino da Baía de Paranaguá, Paraná, Brasilpt_BR
dc.typeMonografia Graduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record