Show simple item record

dc.contributor.advisorKnoblauch, Adriane, 1975-pt_BR
dc.contributor.authorBarros, Carine de Campos Moraes, 1978-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2022-08-08T19:51:51Z
dc.date.available2022-08-08T19:51:51Z
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/76997
dc.descriptionOrientadora: Prof.ª Drª Adriane Knoblauchpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa : Curitiba, 25/04/2022pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta pesquisa teve foco na função Orientadora de Estudos (OE) do PNAIC, um programa de formação continuada para professores alfabetizadores, organizado pelo MEC em parceria com universidades e municípios, que ocorreu entre 2012 e 2017. As OEs eram professoras e também as responsáveis por conduzir o programa com as professoras em formação. O problema apresentado foi: quais aprendizagens foram mobilizadas, apreendidas e/ou remodeladas no exercício da função de orientadoras de estudos do PNAIC concomitantemente ao exercício da docência em turmas de alfabetização? Os dados foram produzidos por meio de questionário eletrônico para mapear os professores da rede pública de Curitiba-PR que se encaixavam nos critérios da pesquisa e seguiram de entrevistas on-line. As narrativas produzidas foram material base para as análises que tiveram cunho qualitativo. Os referenciais teóricos que fundamentaram as análises foram autores que defendem a formação dos professores como um processo contínuo e que acontece durante toda a carreira docente, dentre eles destacam-se (1995; 2009; 2019), Day (2001), Marcelo Garcia (1999) e Gatti (2010), além de estudiosos da sociologia da educação com o conceito de socialização como: Setton (2002a, 2002b; 2005, 2010; 2016), Berthelot (1988), Abrantes (2011) e Lüdke (1996), que nos ajudam a compreender os processos de socialização na constituição docente. Os conceitos de habitus, campo e capital de Pierre Bourdieu também integram as análises. Este corpus teórico possibilitou realizar uma triangulação conceitual da trajetória social das quatro professoras pesquisadas. O objetivo geral que norteou a pesquisa foi: compreender quais aprendizagens foram mobilizadas, apreendidas e/ou remodeladas no exercício da função de orientadoras de estudos do PNAIC concomitantemente ao exercício da docência em turmas de alfabetização. Os resultados indicam que as instâncias socializadoras que fizeram parte da trajetória social das quatro professoras as levaram a participar do PNAIC; as aprendizagens decorrentes dos conteúdos específicos do programa foram remodeladas e ampliadas pelas professoras para outras etapas do ensino fundamental; a experiência da dupla função inscreveu no habitus dessas professoras nuances que as tornaram mais seguras, autônomas e autoras de suas próprias práticas pedagógicas.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research focused on the Orientadora de Estudos (OE) function of the PNAIC, a continuing education program for literacy teachers, organized by MEC in partnership with universities and municipalities that took place between 2012 and 2017. The OEs were responsible for conducting the program with teachers in training. The presented problem was: What learnings were mobilized, learned and/or remodeled in the exercise of the role of PNAIC study advisors concomitantly with the exercise of teaching in literacy classes? Data was produced through an electronic questionnaire to map public school teachers in Curitiba-PR who fit the research criteria and were followed by on- line interviews. The produced narratives were the base material for the qualitative analysis. The theoretical frameworks that supported the analysis were authors who defend teacher training as a continuous process that takes place throughout the teaching career, among who Nóvoa (1995; 2009; 2019), Dias (2001), Marcelo Garcia (1999) and Gatti (2010), as well as scholars of the sociology of education with the concept of socialization such as: Setton (2002a, 2002b; 2005, 2010; 2016), Berthelot (1988), Abrantes (2011) and Lüdke (1996), who help us to understand the processes of socialization in the teacher constitution. Pierre Bourdieu's concepts of habitus, field and capital are part of the analysis and this theoretical corpus made it possible to carry out a conceptual triangulation of the social trajectory of the four teachers surveyed. The general objective that guided the research was: to understand which learnings were mobilized, apprehended and/or remodeled in the exercise of the role of supervisors of studies of the PNAIC concomitantly with the exercise of teaching in schools. The results indicate that the socializing instances that were part of the social trajectory of the four teachers led them to participate in the PNAIC, the learning resulting from the specific contents of the program were remodeled and extended by the teachers to other stages of elementary education and the experience of the dual role inscribed in the habitus of these teachers nuances that made them more secure, autonomous and authors of their own pedagogical practices.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectEducação - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectProfessores - Formaçãopt_BR
dc.subjectAlfabetização - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectProfessores alfabetizadores - Formaçãopt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectPacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Brasil)pt_BR
dc.titleFormar e formar-se : a atuação como orientadora de estudos do PNAIC e a construção da docênciapt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record