Show simple item record

dc.contributor.advisorCabrini, Daniela de Almeida, 1970-pt_BR
dc.contributor.authorFerreira, Juliana de Cassia Pinto, 1994-pt_BR
dc.contributor.otherOtuki, Michel Fleithpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Farmacologiapt_BR
dc.date.accessioned2022-08-26T14:57:36Z
dc.date.available2022-08-26T14:57:36Z
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/76791
dc.descriptionOrientadora: Profa Dra Daniela de Almeida Cabrinipt_BR
dc.descriptionCoorientador: Prof. Dr. Michel Fleith Otukipt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Farmacologia. Defesa : Curitiba, 30/11/2021pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: As alterações na pigmentação da pele podem ser o resultado de anormalidades em um determinado estágio da formação da melanina, destruição dos melanócitos ou degradação defeituosa da melanina. Estudos anteriores demonstraram que todos os constituintes do sistema das cininas são expressos constitutivamente na pele normal e patológica, sugerindo que os peptídeos cininas podem estar envolvidos em importantes funções primárias da pele e eventos patológicos. No entanto, não há estudos relatando a participação dos receptores de cininas no processo de despigmentação da pele. Neste contexto, o presente estudo foi desenhado com o objetivo de determinar o papel dos receptores das cininas no modelo do vitiligo induzido por monobenzona. Os resultados obtidos mostraram que camundongos knockout para os receptores de cininas B1 e B2, assim como os camundongos knockout para os receptores duplos de cininas, apresentaram despigmentação local da pele maior do que o tipo selvagem (WT) após aplicação tópica diária de creme de monobenzona a 40% (MBZ) por 50 dias. Da mesma forma, foi observado nível mais baixo de conteúdo de melanina na epiderme de camundongos knockout para o receptor B1 ou B2 tratados com MBZ. Digno de nota, os camundongos KOB1B2R exibiram níveis diminuídos de melanina na pele normal, e o tratamento com MBZ não alterou isso. Comparativamente, a ablação genética dos receptores de cininas B1 e B2 levou à redução da geração de EROs em animais tratados com MBZ. Novamente, os camundongos KOB1B2R apresentaram níveis mais baixos de EROs em condições fisiológicas da pele. A deficiência dos receptores de cinina B1 e B2 mostrou aumento do infiltrado de células dérmicas na pele com vitiligo. Da mesma forma, a ausência do receptor B1 foi associada ao maior acúmulo de IL-4, IL-6 e IL-17 em animais tratados com MBZ. Relevantemente, a ausência de ambos os receptores B1 e B2 foi associada a um efeito protetor, pois preveniu o aumento nos níveis de citocinas induzido pelo tratamento com MBZ.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Changes in skin pigmentation can be the result of abnormalities at a certain stage of melanin formation, destruction of melanocytes or a defective degradation of melanin. Previous studies have shown that all kinin system constituents are constitutively expressed in the normal and pathological skin, suggesting that kinin peptides may be involved in important primary function of the skin and pathological events. However, there are no studies reporting the participation of the kinin receptors in skin depigmentation process. In this context, the present study was designed in order to determine the role of kinin receptors in the monobenzone-induced vitiligo-like model. The obtained results showed that kinin B1 and B2 receptor knockout mice, as well as double kinin receptors knockout mice presented higher local skin depigmentation than wild type (WT) after daily topical application of 40% monobenzone (MBZ) cream over 50 days. Similarly, was observed lower level of melanin content in epidermis of B1 receptor or B2 receptor knockout mice treated with MBZ. Of note, KOB1B2R mice displayed decreased levels of melanin in the normal skin, and MBZ treatment did not change it. Comparably, the genetic ablation of B1 and B2-kinin receptors leads to reduced ROS generation in animals MBZ- treated. Again, the KOB1B2R mice presented lower ROS levels in physiological skin conditions. Both kinin B1 and B2 receptor deficiency showed increased dermal cell infiltrate in vitiligo skin. In the same way, lack of the B1 receptor was associated with greater accumulation of IL-4, IL-6 and IL-17 in animals treated with MBZ. Relevantly, the absence of both B1 and B2 receptors was associated with a protective effect, as it prevented the increase in cytokine levels induced by MBZ treatment.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectCininaspt_BR
dc.subjectMelaninapt_BR
dc.subjectPele - Doençaspt_BR
dc.subjectFarmacologiapt_BR
dc.titleAnálise da despigmentação da pele causada por monobenzona em camundongos nocautes para os receptores das cininaspt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record