Show simple item record

dc.contributor.advisorVasques, Érika de Castro, 1980-pt_BR
dc.contributor.authorCorrêa, Thays, 1996-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná (Campus Jandaia do Sul). Curso de Graduação em Engenharia de Alimentospt_BR
dc.date.accessioned2022-07-01T21:03:57Z
dc.date.available2022-07-01T21:03:57Z
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/76730
dc.descriptionOrientador: Profª. Drª Érika de Castro Vasquespt_BR
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Raimundo Alberto Tostespt_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Campus Jandaia do Sul, Curso de Graduação em Engenharia e Alimentospt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 30-42pt_BR
dc.description.abstractResumo : No final de 2019, o mundo se viu diante de um possível surto pandêmico e em pouco tempo o cenário global já era extremamente preocupante, o mundo estava diante do popularmente conhecido Coronavírus ou COVID-19. Hábitos como higienização de mãos, alimentos e embalagens se tornaram rotina para as pessoas, a fim de evitar a contaminação pelo vírus. Mesmo não havendo estudos comprovatórios, que os alimentos podem ser considerados veículos transmissores da doença, toda a cadeiaprodutiva se viu diante de desafios para evitar o contágio e garantir alimentos seguro para a população. Levando isto em consideração, o objetivo deste estudo foi entender e avaliar a percepção dos estudantes universitários sobre estas mudanças ocorridas no setor alimentício durante a pandemia de COVID-19 no Brasil. O estudo contou com a participação de jovens universitários de todo o país, entretanto a partir dos resultados selecionou-se como público alvo universitários da Região Sul, onde verificou-se que estes estudantes tem praticado o isolamento social, bem como fazem uso de aplicativos de deliverys, passaram a ter uma alimentação mais saudável durante a pandemia e ainda se preocupam com as práticas de manipulação adequadas de alimentos, além disso relataram que o aumento nos custos dos alimentos, impactaram no orçamento. Assim, conclui-se que o estado pandêmico mudou o modo de vida e os hábitos de consumo dos estudantes universitários sulistas.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectCOVID-19 (doença)pt_BR
dc.titlePercepção de estudantes universitários dos Sul do Brasil em relação a Covid-19pt_BR
dc.typeMonografia Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record