Show simple item record

dc.contributor.advisorPorcile, Gabriel, 1959-pt_BR
dc.contributor.authorLucht Filho, Horstpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Graduação em Ciências Econômicaspt_BR
dc.date.accessioned2022-06-28T18:30:47Z
dc.date.available2022-06-28T18:30:47Z
dc.date.issued2007pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/76612
dc.descriptionOrientador: Jose Gabriel Porcile Meirellespt_BR
dc.descriptionMonografia(Graduaçao) - Universidade Federal do Paraná,Setor de Ciencias Sociais Aplicadas, Curso de Ciencias Econômicaspt_BR
dc.description.abstractResumo: O PIB per capita da Coréia do Sul, comparativamente ao do Brasil, mais que dobrou de 1960 até 2000. A taxa de câmbio é um elemento fundamental para determinação dos investimentos, decisões de consumo de bens quaisquer, aplicações financeiras, determinação do rumo da política fiscal e principalmente monetária. Através deste trabalho é apresentadA uma análise do papel da taxa de câmbio no crescimento dessas duas economias. A pesquisa está fundamentada em teorias de determinação do câmbio, e a base empírica foi extraída principalmente do dados estatísticos do Banco Mundial. O câmbio possui um papel central nas decisões de investimento dos agentes, e impacta o crescimento da economia tanto da Coréia do Sul quanto do Brasil. Por um lado temos o Brasil que sofre grandes desvalorizações de seu câmbio, muitas vezes tendo picos muito elevados de variação, principalmente durante a década de 80 e inicio dos anos 90 (antes do plano Real), enquanto que a Coréia mantém-se coerente com relação a sua política cambial, ou seja, realiza poucas mudanças em sua taxa de câmbio ao longo do tempo, o que permite aos agentes realizarem previsões mais precisas. Por outro lado, é justamente durante o início dos anos 80 que o PIB per capita da Coréia do Sul ultrapassa o do Brasil. O que fica muito claro é a grande instabilidade e volatilidade do câmbio brasileiro frente ao câmbio da Coréia do Sul. O presente trabalho mostra que este ambiente de incerteza (grande volatilidade do câmbio), onde o câmbio desenvolve um papel central, tem impacto sobre o crescimento dos dois países.pt_BR
dc.format.extent62 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectProduto interno bruto - Brasilpt_BR
dc.subjectProduto interno bruto - Coréia (Sul)pt_BR
dc.subjectCâmbiopt_BR
dc.titleEstudo comparativo sobre o impacto das taxas de cambio no crescimento do PIB per capita do Brasil e da Coreia do Sul de 1960 a 2000pt_BR
dc.typeMonografia Graduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record