Show simple item record

dc.contributor.advisorCamargo, Mauricio Garcia dept_BR
dc.contributor.authorFaller, Daiane Gracielipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Campus Pontal do Paraná - Centro de Estudos do Mar. Curso de Graduação em Oceanografiapt_BR
dc.date.accessioned2022-06-21T11:23:13Z
dc.date.available2022-06-21T11:23:13Z
dc.date.issued2009pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/76497
dc.descriptionMonografia (Graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Centro de Estudos do Mar, Curso de graduação em Oceanografia.pt_BR
dc.description.abstractEste estudo buscou avaliar a dieta alimentar do caranguejo Ucides cordatus no pico e no término do período reprodutivo em manguezais da Bala de Guaraqueçaba. As amostragens foram realizadas através de dois sistemas distintos, consistindo em um transecto (março/2009) para amostragem dos fatores abióticos e serrapilheira instantánea na superfície sedimentar e uma amostragem aleatória para a coleta dos individuos de U. cordatus (dezembro/2008 e março/2009). Em laboratório material vegetal foi analisado e identificado quanto à espécie e grau de maturação os exemplares de U. cordatus foram identificados quanto ao sexo e pesados. Os estômagos e intestinos foram extraídos e fracionados em sub-amostras de 1 mm, 500 µm, 200 µm, 100 um e <100 pm para o conteúdo estomacal e 200 µm, 100 µm. <100 µm para o intestinal. A serrapilheira disponível na superfície sedimentar teve predominância de folhas de R. mangle, seguida de folhas de L. racemosa, mesmo em áreas em que a espécie L. racemosa dominou. A expressiva quantidade de fêmeas ovigeras de U. cordatus, presentes na Coleta de dezembro em relação à Coleta de março mostrou que em dezembro há um pico reprodutivo da espécie, enquanto que março se caracteriza como o final do época reprodutiva. A alimentação dos indivíduos coletados não variou entre os sexos, mas o grau de repleção estomacal das fêmeas mostrou diferenças marcantes entre as duas coletas. A visível diferença na ingestão de alimentos entre as duas coletas é explicada pelo comportamento das fêmeas durante a época reprodutiva, quando permanecem dentro das galerias, enquanto que o aumento significativo da frequência alimentar no final do período reprodutivo pode ter acontecido para repor a energia gasta durante a reprodução. Os machos não apresentaram diferenças significativas de alimentação entre as coletas, mas as áreas diferiram, fato este que pode estar ligado à disponibilidade de alimento. A porcentagem de sedimento no conteúdo foi elevada, constalando que o sedimento está presente na alimentação do caranguejo-uçá, através da ingestão acidental ou não. A identificação dos itens alimentares mostrou que folhas de R. mangle são predominantes, permitindo inferir que são preferidas por caranguejo U. cordatus, ou que é o alimento com maior disponibilidade no sedimento. Folhas de A. schaueriana, também aparecem frequentemente, o que indica que o caranguejo se alimenta de folhas desta planta quando dien disponíveis. podendo Uma pequena parcela dos estómagos apresentou fragmentos de plásticos, a ingestão ser acidental durante a alimentação. Uma parte considerável do conteúdo intestinal retoma ao ambiente somente triturada, com partículas acima de 200 µm, promovendo o enriquecimento do substrato. Os resultados encontrados no presente trabalho evidenciaram a importância do caranguejo Ucides cordatus na dinâmica energética do manguezal, interagindo com outros organismos através da sua alimentação. O que evidencia como a conduta alimentar dos individuos da espécie se modifica conforme os eventos bioecológicos que estão sujeitos. Palavras-chave: Manguezal, Serrapilheira instantânea, Ucides cordatus, Alimentação, Reprodução.pt_BR
dc.format.extent67f. : Il., grafs. tabs., maps.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectUcides cordatuspt_BR
dc.titleAvaliação do hábito e frequência alimentar do caranguejo Ucides cordatus durante e pós período reprodutivo em manguezais da Baía de Guaraqueçaba, complexo estuarino de Paranaguá (Paraná)pt_BR
dc.typeMonografia Graduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record