Show simple item record

dc.contributor.advisorBerticelli, Danilene Gullich Donin, 1979-pt_BR
dc.contributor.authorOliveira, Patrícia Gallo de, 1999-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor Palotina. Curso de Graduação em Ciências Exataspt_BR
dc.date.accessioned2022-07-13T20:17:29Z
dc.date.available2022-07-13T20:17:29Z
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/76321
dc.descriptionOrientador: Prof(a). Dr(a). Danilene Gullich Donin Berticellpt_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor Palotina, Curso de Graduação em Ciências Exataspt_BR
dc.descriptionInclui referências: p.39-40pt_BR
dc.description.abstractResumo : O método de cálculo a partir de estratégias mentais, já foi considerado um requisito fundamental para o aprofundamento de conhecimentos matemáticos em vários tópicos da matemática. Atualmente, nota-se que este processo vem sendo menos executado comumente, e pouco instruído nas escolas. Uma hipótese se deve ao fato de a grande maioria da população possuir um celular equipado com calculadora de fácil acesso, a qualquer momento. Assim, busca-se realizar um estudo exploratório acerca do cálculo mental, contrapondo-o com a utilização da calculadora do celular, tendo em vista a crescente evolução digital, bem como a presença abrangente deste recurso no meio social e, consequentemente, escolar. Procura-se analisar a influência da tecnologia digital presente no cotidiano social, mais precisamente a calculadora do celular, e seus impactos no processo de realização de cálculos mentais, ou seja, se o simples fato de poder ter uma calculadora na palma da mão, intervém no processo de desenvolvimento deste tipo de cálculo realizado no dia a dia, ou até mesmo se ele é substituído pelo aparelho. Para tanto, utilizou-se uma abordagem de cunho qualitativo e quantitativo, havendo participação da comunidade em um questionário. Dessa forma, é necessário também demonstrar alguns apontamentos sobre o processo de integralização da matemática no intelecto do indivíduo, que normalmente começa na escola, ou seja, mesmo que se deseje estudar como são realizados cálculos no dia a dia das pessoas, é preciso entender como elas começam a aprender a fazer isso, e, portanto, é necessário um olhar para o processo de realização de cálculos abordado normalmente nas escolas, recorrendo aos documentos oficiais. Assim, busca-se através de um questionário, observar qual o recurso é empregado pelas pessoas, no geral, para o exercício de cálculos básicos ou simples em seu cotidiano, nesse período em que toda sociedade é movida pela tecnologia digital e possui acesso a ferramentas como calculadoras, o estudo mostrou fortes indícios de que a grande maioria das pessoas tendem a utilizar a calculadora do celular para resolver a maioria dos cálculos, quando são expostos a estas situações.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectMatemáticapt_BR
dc.subjectCálculopt_BR
dc.subjectAritmetica mentalpt_BR
dc.titleAnálise das implicações da calculadora do celular no processo de cálculo mentalpt_BR
dc.typeMonografia Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record