Show simple item record

dc.contributor.advisorGuirro, Erica Cristina Bueno do Prado, 1975-pt_BR
dc.contributor.authorPaula, Liliane Aparecida Oliveira de, 1988-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor Palotina. Programa de Pós-Graduação em Biotecnologiapt_BR
dc.date.accessioned2022-06-06T13:10:36Z
dc.date.available2022-06-06T13:10:36Z
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/76258
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Erica Cristina Bueno do Prado Guirropt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Palotina, Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia. Defesa : Palotina, 24/02/2022pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 37-40pt_BR
dc.description.abstractResumo: A tendinopatia é uma afecção comum de tecidos moles causada por lesões repetitivas, por excesso de uso, esforço ou traumas. Ocorrem com frequência em humanos e animais atletas. O tratamento conservativo convencional é baseado no uso de anti-inflamatórios não esteroidais (AINES). A fotobiomodulação com laser de baixa potência tem mostrado bons resultados no tratamento de tendinopatias, mas ainda requer mais pesquisas. O objetivo do presente estudo foi avaliar e comparar o efeito da fotobiomodulação no tratamento de tendinopatia induzida por colagenase com o uso de anti-inflamatório não esteroidal. No dia zero (D0), 81 ratos Wistar foram distribuídos em cinco grupos GC (controle - sem indução de tendinopatia e sem tratamento), GL (indução de tendinopatia e sem tratamento), GMI (indução de tendinopatia e tratamento com 2mg/kg meloxicam, SID, de D0 a D5), GMII (indução de tendinopatia e tratamento com 2mg/kg meloxicam, SID, de D2 a D7) e GFB (indução de tendinopatia e tratamento com fotobiomodulação utilizando laser de baixa potência a 808nm/3J/100mW em D2, D4, D6 e D8). Para indução da tendinite os grupos GL, GMI, GMII e GFB receberam injeção de colagenase (1mg/mL) na porção medial do tendão calcâneo, sendo este procedimento realizado sob anestesia geral com isoflurano. Os animais foram avaliados por meio de teste de locomoção em D4 e D18; avaliação ultrassonográfica em D7, D14 e D21; e, após eutanásia, avaliação histopatológica em D7, D14 e D21. No teste de locomoção não houve diferença entre grupos. Na avaliação ultrassonográfica, os achados foram compatíveis com tendinopatia e, entre tempos verificou-se que a irregularidade das fibras em GC no D7 foi menor que a verificada em D14 e em D21; e o edema em GL no D7 foi maior que o encontrado em D21. Na comparação entre tratamentos, verificou-se que em D7 a ecogenicidade de GC foi maior que o de GMII; em D14 o escore de GC foi maior que o de GFB; e em D14 e D21 o escore de irregularidade das fibras de GC foi maior que o verificado em GL. Em relação à avaliação histopatológica, entre tempos, a proporção das fibras colágenas em GMI em D7 foi maior que D21; no arranjo das fibras GMII em D7 foi maior que em D14. Ao comparar os grupos, observou-se que a quantidade de fibras colágenas em D7 o GC foi maior que a de GL, GMII e GFB; em D14 o valor de GC foi maior que o de GMI, GMII e GFB; em D21 a quantidade de fibras colágenas de GC foi superior à de GMI e GFB; no arranjo das fibras em D14 o escore de GMI e de GFB foi maior quer o de GMII; o arredondamento dos fibroblastos em D7 o escore de GFB foi maior que o GMII; a densidade de fibroblastos em D7 o escore de GFB foi maior que o de GMII. Conclui-se que a fotobiomodulação é benéfica no tratamento de tendinopatia induzida por colagenase em ratos, mostrou-se promissora na diminuição da inflamação e do edema, no aumento da densidade fibras de colágeno e melhora na estrutura das fibras, apesar de não otimizar a locomoção dos animais.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Tendinopathy is a common soft tissue condition caused by repetitive injuries, overuse, strain, or trauma. It often occur in humans and animal athletes. Conventional conservative treatment is based on the use of non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs). Low-level laser photobiomodulation has shown good results in the treatment of tendinopathies, but still requires further research. The aim of the present study was to evaluate and compare the effect of photobiomodulation and use of non-steroidal anti-inflammatory drugs in the treatment of collagenase-induced tendinopathy. On day zero (D0), 81 Wistar rats were divided into five groups: GC (control - no tendinopathy induction and no treatment), GL (tendinopathy induction and no treatment), GMI (tendinopathy induction and treatment with 2mg/kg meloxicam, SID, from D0 to D5), GMII (induction of tendinopathy and treatment with 2mg/kg meloxicam, SID, from D2 to D7) and GFB (induction of tendinopathy and treatment with photobiomodulation using low power laser at 808nm/3J/100mW in D2, D4, D6 and D8). To induce tendinitis, groups GL, GMI, GMII and GFB received collagenase injection (1mg/mL) in the medial portion of the calcaneal tendon, this procedure being performed under general anesthesia with isoflurane. The animals were evaluated by locomotion test on D4 and D18; ultrasound evaluation on D7, D14 and D21; and, after euthanasia, histopathological evaluation on D7, D14 and D21. In the locomotion test, there was no difference between groups. In the ultrasound evaluation, the findings were compatible with tendinopathy and, between times, it was found that the irregularity of the fibers in GC on D7 was lower than that observed on D14 and D21; and the edema in GL on D7 was greater than that found on D21. Comparing treatments, it was found that in D7 the echogenicity of GC was greater than that of GMII; on D14, the GC score was higher than the GFB; and in D14 and D21, the irregularity score of the GC fibers was higher than the one verified in GL. Regarding the histopathological evaluation, between times, the proportion of collagen fibers in GMI at D7 was greater than D21; in the arrangement of GMII fibers in D7 it was greater than in D14. When comparing the groups, it was observed that the amount of collagen fibers in D7 the GC was greater than that of GL, GMII and GFB; in D14 the value of GC was higher than that of GMI, GMII and GFB; in D21 the amount of collagen fibers of GC was superior to that of GMI and GFB; in the arrangement of fibers in D14, the score of GMI and GFB was higher than that of GMII; the rounding of the fibroblasts in D7 the GFB score was higher than the GMII; the density of fibroblasts in D7 the GFB score was higher than that of GMII. It is concluded that photobiomodulation is beneficial in the treatment of collagenase-induced tendinopathy in rats, it has shown promise in reducing inflammation and edema, increasing collagen fiber density and improving fiber structure, despite not optimizing locomotion of the animals.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTendão de Aquilespt_BR
dc.subjectTendinopatiapt_BR
dc.titleEfeito da fotobiomodulação e do Meloxicam em tendinite aguda induzida por colagenase em ratos Wistarpt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record