Show simple item record

dc.contributor.advisorRamos Junior, Oderypt_BR
dc.contributor.authorMarques, Matheus Lencipt_BR
dc.contributor.otherMoura, Glaci Letchacovskipt_BR
dc.contributor.otherGomes, Guilherme Augusto, 1995-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Medicina Interna e Ciências da Saúdept_BR
dc.date.accessioned2022-07-08T11:22:36Z
dc.date.available2022-07-08T11:22:36Z
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/76062
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Odery Ramos Juniorpt_BR
dc.descriptionCoorientadores: Prof. Glaci Letchacovski Moura e Prof. Dr. Guilherme Francisco Gomespt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Medicina Interna e Ciências da Saúde. Defesa : Curitiba, 25/03/2022pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 34-37pt_BR
dc.description.abstractResumo: Introdução: Diversos estudos recentes relatam a diferença prognóstica e biológica entre as neoplasias malignas originadas do cólon direito e esquerdo. Entretanto, ainda não temos pleno conhecimento se esta diferença de comportamento biológico já se inicia em lesões precursoras ou apenas nos tumores invasivos. Objetivos: Avaliar as diferenças anatômicas, histológicas e clínicas dos pólipos colorretais de acordo com sua lateralidade e suas possíveis correlações com o risco de recidiva. Métodos: Trata-se de estudo de coorte histórica em que foram incluídos pacientes submetidos a ressecção por mucosectomia de pólipos colorretais no serviço de endoscopia de um centro de referência em endoscopia no sul do Brasil entre janeiro de 2010 e dezembro de 2018. Foram consideradas como oriundas do lado direito lesões em ceco, colon ascendente e colon transverso e como oriundas do lado esquerdo lesões de colon descendente, sigmoide e reto. Resultados: Ao todo foram incluídos 825 pacientes. Lesões a direita foram mais frequentes em pacientes com idade superior ou igual a sessenta anos (p = 0,017) e do sexo feminino ( p=0,022) e, ao avaliarmos suas características histológicas, se apresentaram com menor tamanho em relação as lesões do lado esquerdo ( p=0,001) e com menor grau de carcinoma in situ. (p < 0,001). Do total 120 pacientes apresentaram recidiva (14,5%), sendo que destes os de maior fatores associados à probabilidade de recidiva das lesões foram pacientes com idade superior a 80 anos (p=0,024), pacientes do sexo feminino (p=0,037), presença de lesões a direita (p= 0,004) e lesões com a presença de componente de CIS (p=0,025). Conclusão: Os resultados demonstram que na população estudada ocorreu maior recidiva de lesões localizadas a direita, independente do sexo, histologia e tamanho da lesão. Assim como maior recidiva em pacientes acima dos 80 anos, mulheres e lesões com presença de carcinoma in situ, independente de outros fatores.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Introduction: Several recent data report the prognostic and biological difference between malignant neoplasms originating from the right and left colon. However, we are still not fully aware of whether this difference in biological behavior already begins in precursor lesions or only in invasive tumors. Objectives: The present study pretend to evaluate the anatomical, histological and clinical differences of colorectal polyps according to their laterality and their possible correlations with the risk of recurrence. Methods: This is a population-based retrospective cohort in which patients who underwent resection of colorectal polyps by mucosectomy from January 2010 to December 2018 in the endoscopy service of a private hospital in south of Brazil. Lesions from the right side we considered those originating from the cecum, ascending colon and transverse colon and from the left side those from the descending colon, sigmoid and rectum. Results: The study included 825 patients. Lesions from the right colon were more frequent in those aged over 60 years old (p=0.017), female (p=0.022), analyzing their histological characteristics they were smaller compared to lesions on the left side (p=0.001) and with a lower incidence of in situ carcinoma (p<0.001). One hundred and twenty patients had a recurrence, and those with the highest risk were represented by the older than 80 year (p=0.024), female (p=0.037), located on the right side (p=0.004) and with the presence of in situ carcinoma (p=0.025). Conclusion: The results show that in the studied population there was a greater recurrence of polyps originated on the right, regardless of sex, histology and size of the lesion.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectPólipospt_BR
dc.subjectClínica Médicapt_BR
dc.subjectTumorespt_BR
dc.subjectTumores colorretaispt_BR
dc.subjectLateralidadept_BR
dc.titleAvaliação das características clínicas, anatômicas e histológicas dos pólipos colorretais de acordo com sua lateralidade e sua associação com recidiva após mucosectomiapt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record