Show simple item record

dc.contributor.advisorCavichioli, Rodney Ramiro, 1957-pt_BR
dc.contributor.authorRendón Mera, Diana Isabelpt_BR
dc.contributor.otherQueiroz, Dalva Luiz dept_BR
dc.contributor.otherBurckhardt, Daniel Hieronymuspt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Entomologia)pt_BR
dc.date.accessioned2022-04-05T14:27:50Z
dc.date.available2022-04-05T14:27:50Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/74733
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Rodney Ramiro Cavichioli.pt_BR
dc.descriptionCoorientadores: Dra. Dalva Luiz de Queiroz, Dr. Daniel Burckhardt.pt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Entomologia). Defesa : Curitiba, 29/03/2019.pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 62-64.pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Entomologia.pt_BR
dc.description.abstractResumo: Mitrapsylla Crawford, 1914 é um gênero do Novo Mundo encontrado desde o sul dos Estados Unidos até Paraguai. É o terceiro maior gênero da subfamília Ciriacreminae, com 24 espécies descritas. O gênero foi revisado pela última vez por Brown & Hodkinson em 1988 para as espécies do Panamá, onde forneceram uma nova e mais detalhada descrição do gênero, além de informações sobre a distribuição e plantas hospedeiras. Porém, o gênero é ainda pobremente conhecido, sendo que, para apenas 16 espécies as plantas hospedeiras são conhecidas, todas dentro de Leguminosae e, até 2019, a maioria das espécies descritas de Mitrapsylla eram exclusivas da América Central, dando a impressão que o gênero seria mais diverso nesta região. No entanto, isto resultou ser um artefato da falta de conhecimento, em particular, da fauna sul-americana, já que após um extensivo trabalho de campo do projeto "Manejo e biodiversidade de Psylloidea no Brasil" da Embrapa Florestas, realizado em 15 estados do Brasil num período de 5 anos, muitas espécies novas de Mitrapsylla foram encontradas. Recentemente, várias espécies associadas com o pau-de-óleo (Copaifera spp.) foram descritas, elevando o número de espécies de Mitrapsylla no Brasil de 3 para 12. Contudo, muitas outras espécies continuam a serem estudadas. Assim, o presente trabalho teve como objetivo realizar um estudo taxonômico das espécies de Mitrapsylla no Brasil, redescrevendo as espécies já conhecidas e descrevendo as novas espécies, assim como registrando as plantas hospedeiras e atualizando sua distribuição geográfica. No total, foram revisados 6830 espécimes, correspondendo a quatro espécies descritas, uma delas M. longicauda que representa um novo registro para o país, e 27 espécies novas. Descrições foram realizadas para todas as espécies, para o qual foram confeccionadas 124 lâminas. Uma descrição atualizada do gênero é proporcionada. Uma chave de identificação para machos é fornecida, junto com fotografias e desenhos de todas as espécies. Foram registrados seis gêneros hospedeiros adicionais, todos pertencentes à família Leguminosae e distribuídos em diferentes tribos das subfamílias Caesalpinioideae e Papilionoideae. Plantas hospedeiras foram confirmadas para 14 das espécies novas, e são registradas as potenciais para seis espécies novas e uma conhecida. O gênero foi encontrado em todos os estados brasileiros onde foi prospectado, porém, apesar de que o trabalho de campo tenha sido principalmente focado na Região Sul, a maioria das espécies foi encontrada em áreas tropicais, sugerindo que Mitrapsylla é predominantemente tropical. Por último, o presente estudo atualiza o número de espécies descritas de Mitrapsylla para 51, elevando o gênero, em termos de número de espécies, do terceiro para o primeiro lugar dentro de Ciriacreminae. Já para o Brasil, junto com as espécies descritas recentemente por Burckhardt & Queiroz, o número de espécies de Mitrapsylla registradas aumentou de 3 para 40. Considerando que este número foi elevado por um fator de mais de 10, a estimativa de cerca de 1000 espécies de psilídeos ocorrendo no Brasil parece possível.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Mitrapsylla Crawford, 1914 is a New World genus found from the southern United States to Paraguay. It is the third largest genus of the subfamily Ciriacreminae with 24 described species. The genus was last revised by Brown & Hodkinson in 1988 for the species of Panama, where they provided a new and more detailed description of the genus, as well as information on distribution and host-plants. However, the genus is still poorly known, since host-plants are known for only 16 species, all within Leguminosae, and, by 2019, most of the described species of Mitrapsylla were exclusive to Central America, giving the impression that the genus would be more diverse in this region. However, this proved to be an artefact of the lack of knowledge, in particular, of the South American fauna, since after an extensive fieldwork of the project "Management and biodiversity of Psylloidea in Brazil" of Embrapa Florestas, conducted in 15 states of Brazil in a period of 5 years, many new species of Mitrapsylla were found. Recently, several species associated with Copaifera spp. were described, increasing the number of species of Mitrapsylla in Brazil from 3 to 12. However, many other species are yet to be studied. Thus, the present work aimed to conduct a taxonomic study of the species of Mitrapsylla in Brazil, redescribing the known species and describing the new ones, as well as registering the host-plants and updating their geographical distribution. In total, 6830 specimens were revised, corresponding to four described species, one of them M. longicauda that represents a new country record, and 27 new species. All species were described, for which 124 slides were made. An updated description of the genus is presented. An identification key for males is provided, along with photographs and drawings of all species. Six additional host genera were recorded, all belonging to the Leguminosae and distributed within different tribes of subfamilies Caesalpinioideae and Papilionoideae. Host-plants have been confirmed for 14 of the new species, and the potential host-plants of six new and one known species are recorded. The genus was found in all Brazilian states where it was prospected. However, although fieldwork was mainly focused on the Southern region, most species were found in tropical areas, suggesting that Mitrapsylla is predominantly tropical. Finally, the present study brings the number of described species of Mitrapsylla to 51, raising the genus, in terms of number of species, from third to first place within Ciriacreminae. As for Brazil, along with the recently described species by Burckhardt & Queiroz, the number of recorded Mitrapsylla species increased from 3 to 40. Considering that this number was elevated by a factor of more than 10, the estimative of about 1000 species of psyllids occurring in Brazil seems possible.pt_BR
dc.format.extent97 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languageInglêspt_BR
dc.subjectInsetospt_BR
dc.subjectTaxonomia numericapt_BR
dc.subjectCiências biológicaspt_BR
dc.titleRiqueza inesperada do gênero Mitrapsylla (Hemiptera: Psyllidea: Psyllidae) no Brasilpt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record