Show simple item record

dc.contributor.advisorSakata, Lisandro Massanoript_BR
dc.contributor.authorYamamoto, Gustavo Yuzo Gapski, 1990-pt_BR
dc.contributor.otherMello, Glauco Reggianipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Curso de Especialização em Segmento Anterior e Glaucomapt_BR
dc.date.accessioned2022-06-24T19:58:07Z
dc.date.available2022-06-24T19:58:07Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/73547
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Lisandro Massanori Sakata Coorientador: Prof. Dr. Glauco Reggiani Mellopt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Curso de Especialização em Segmento Anterior e Glaucomapt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : Este estudo populacional de desenho transversal teve como objetivo comparar as taxas de diagnóstico prévio de glaucoma, hipertensão arterial sistêmica (HAS) e diabete melito (DM) com suas prevalências em 1636 pacientes acima de 40 anos da cidade de Piraquara na região sul do Brasil. Os participantes foram submetidos a entrevista médica, aferição da pressão arterial (PA) e glicemia capilar, exame biomicroscópico em lâmpada de fenda, tonometria de aplanação de Goldmann, e fundoscopia. Os pacientes suspeitos de glaucoma foram encaminhados para exame oftalmológico completo em um hospital terciário na cidade de Curitiba. O diagnóstico de glaucoma foi realizado a partir da presença de dano estrutural ou funcional seguindo a classificação da ISGEO. O diagnóstico de HAS foi realizado em pacientes com PA sistólica =140mmHg, PA diastólica =90mmHg, ou em pacientes já em tratamento com anti-hipertensivos. O diagnóstico de DM foi realizado em pacientes com glicemia capilar acima de 200mg/dl, ou em pacientes com diagnóstico prévio em tratamento. O glaucoma foi detectado em 56 pacientes (3.4%; 95%CI, 2.5-4.3), HAS em 960 pacientes (58.7%; 95%CI 56.2-61.1), e DM em 178 pacientes (10.9%; 95%CI 9.4-12.4). Apenas seis dos pacientes com glaucoma (10.7%) conheciam seu diagnóstico, enquanto 700 casos de HAS (72.9%) e 161 casos de DM (90.4%) já possuíam diagnóstico prévio (p<.001, teste chi- quadrado). Desta maneira concluímos que a taxa de diagnóstico prévio de glaucoma foi consideravelmente menor que de HAS ou DM. A alta taxa de glaucoma não diagnosticado representa um problema de saúde publica que deve ser trabalhado para reduzir as taxas de cegueira em países em desenvolvimento.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectGlaucomapt_BR
dc.subjectHipertensãopt_BR
dc.subjectDiabetespt_BR
dc.subjectCegueirapt_BR
dc.titleComparação entre a prevalência de glaucoma, hipertensão arterial sistêmica e diabetes melito, e o conhecimento prévio do diagnóstico em um estudo de base populacional do Sul do Brasilpt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record