Show simple item record

dc.contributor.advisorCruz, Elaine Drehmer de Almeida, 1962-pt_BR
dc.contributor.authorAntunes, Bárbara Cris Skora, 1993-pt_BR
dc.contributor.otherMiranda, Fernanda Moura D'Almeida, 1979-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Prática do Cuidado em Saúdept_BR
dc.date.accessioned2022-04-05T18:49:33Z
dc.date.available2022-04-05T18:49:33Z
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/73449
dc.descriptionOrientadora: Prof.ª Dr.ª Elaine Drehmer de Almeida Cruzpt_BR
dc.descriptionCoorientadora: Prof.ª Dr.ª Fernanda Moura D’Almeida Mirandapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Prática do Cuidado em Saúde. Defesa : Curitiba, 27/08/2021pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 138-156pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Prática Profissional de Enfermagempt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta pesquisa apresenta o produto "Protocolo clínico para detecção e tratamento de sepse em adultos nas Unidades de Pronto Atendimento", resultante de dissertação realizada em mestrado profissional. A sepse é caracterizada por disfunção orgânica decorrente da resposta desregulada à infecção, e cuja investigação, diagnóstico e tratamento oportunos são tempo dependentes para o prognóstico satisfatório. A pesquisa teve por objetivo construir e validar protocolo para detectar e tratar, de modo precoce, sepse em adultos atendidos em Unidades de Pronto Atendimento da capital paranaense, porta de entrada para pacientes em situação de urgência e emergência ao Sistema Único de Saúde. Trata-se de pesquisa metodológica para a elaboração e validação de conteúdo, desenvolvida em três fases de acordo com o referencial de Pasquali. No polo teórico (1) foi construído o protocolo, com base em revisão integrativa da literatura e publicações de sociedades científicas no tema. O julgamento do conteúdo, inicialmente composto por 74 itens, se deu por meio de comitê de juízes especialistas, a partir de duas rodadas da técnica Delphi e emprego da Escala de Likert. Sequencialmente, no polo empírico (2), foi realizado Grupo Focal para debate do conteúdo e do fluxo de atendimento, por gerentes e profissionais assistenciais em urgência e emergência. Após ajustes, o protocolo foi submetido a julgamento do conteúdo e pré-teste simulado pelos participantes do Grupo Focal, com emprego da Escala de Likert. No polo analítico (3) foi calculado o Índice de Validade de Conteúdo da versão final e da aplicabilidade do protocolo, considerado válido, obtendo-se escore geral de 95%. O protocolo é composto por 82 itens e de fluxogramas das ações aplicáveis às Unidades de Pronto Atendimento nos setores recepção, acolhimento com classificação de risco, atendimento médico, qualificação diagnóstica e emergência clínica. Os elementos do protocolo referem-se à detecção de disfunção orgânica, com aplicação de escore de alerta; diagnóstico e tratamento iniciado no prazo de uma hora; e ações para estabilizar o paciente e seu encaminhamento para assistência hospitalar. O produto elaborado e validado, com a participação de especialistas e profissionais da prática assistencial, é inovador frente a não haver, nas Unidades de Pronto Atendimento da capital paranaense, protocolo com esta finalidade. Sua contribuição está vinculada à aplicação na prática assistencial, e dela resultará a identificação de sinais de alerta, diagnóstico e tratamento de sepse, conjunto de ações fundamentais para salvar vidas. O conteúdo é adaptável e o protocolo pode ser adotado em diversos serviços de urgência e emergência, e não somente no âmbito do Sistema Único de Saúde. Concluiu-se que o produto desta pesquisa se caracteriza como instrumento de direcionamento e tomada de decisão, com potencial para reduzir diversidades na tomada de decisão clínica e direcionar as ações de cuidado. Considerando que na sepse ''tempo é vida'', pacientes, serviços e sociedade podem se beneficiar com a aplicação desta ferramenta assistencial na rede de saúde de urgência e emergência, impactando na qualidade de vida e prognóstico do paciente.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research presents the product "Clinical protocol for detection and treatment of sepsis in adults in Emergency Care Units", resulting from a dissertation carried out in the professional master's degree. Sepsis is characterized by organic dysfunction resulting from the unregulated response to infection, and whose timely investigation, diagnosis and treatment are time-dependent for satisfactory prognosis. The research aimed to build and validate a protocol to detect and treat, early, sepsis in adults treated in Emergency Care Units in the capital of Paraná, a gateway for patients in urgent and emergency situations to the Unified Health System. This is a methodological research for the elaboration and validation of content, developed in three phases according to Pasquali's reference. In the theoretical pole (1) the protocol was constructed, based on an integrative review of the literature and publications of scientific societies on the subject. The content judgment, initially composed of 74 items, took place through a committee of expert judges, based on two rounds of the Delphi technique and use of the Likert Scale. Sequentially, in the empirical pole (2), a Focus Group was held to discuss the content and flow of care, by managers and care professionals in urgency and emergency. After adjustments, the protocol was submitted to content judgment and the simulated pre-test by the focus group participants, using the Likert Scale. In the analytical pole (3) the Content Validity Index of the final version and the applicability of the protocol were calculated, considered valid, obtaining a general score of 95%. The protocol is composed of 82 items and flowcharts of the applicable to the Emergency Care Units in the reception, reception with risk classification, medical care, diagnostic qualification and clinical emergency sectors. The elements of the protocol refer to the detection of organic dysfunction, with application of alert score; diagnosis and treatment initiated within one hour; actions to stabilize the patient and optimize their referral to hospital care. The product elaborated and validated, with the participation of specialists and professionals of care practice, is innovative in the face of not having, in the Emergency Care Units of the capital of Paraná, a protocol for this purpose. Its contribution is linked to the application in care practice; and it will result in the identification of warning signs, diagnosis and treatment, a set of fundamental actions to save lives. The content is adaptable, and the protocol can be adopted in other emergency and emergency services, and not only within the scope of the Unified Health System. It was concluded that the product of this research is characterized as an instrument of direction and decision making, with the potential to reduce diversity in clinical decision-making and contributes to direct care actions. Considering that in sepsis ''time is life'', patients, services and society can benefit from the application of this care tool in the urgent and emergency health network, impacting the patient's quality of live and prognosis.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (245 p.) : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSepsept_BR
dc.subjectServiços médicos de emergênciapt_BR
dc.subjectProtocolos médicospt_BR
dc.subjectEstudos de Validaçãopt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.titleConstrução e validação de protocolo de investigação e resposta à sepse em adultos para Unidades de Pronto Atendimentopt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record