Show simple item record

dc.contributor.advisorTelles, Daniel Hauer Queiroz, 1980-pt_BR
dc.contributor.authorSaito, Victor Akio Costa, 1991-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Curso de Especialização em Análise Ambientalpt_BR
dc.date.accessioned2021-12-03T12:52:22Z
dc.date.available2021-12-03T12:52:22Z
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/72662
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr Daniel Hauer Queiroz Tellespt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Curso de Especialização em Análise Ambiental.pt_BR
dc.descriptionInclui referências: 41-43pt_BR
dc.description.abstractResumo: Os impactos ambientais negativos causados pelas rodovias ocorrem de várias formas, sendo mais evidente o atropelamento de fauna e desmatamento, entretanto, o problema é mais complexo e envolve a geração do efeito de barreira, reduz a conectividade de hábitats, provoca a interrupção de fluxos gênicos e muitos outros revezes. Diante destes desafios provocados pelas estradas foi proposto neste trabalho a apresentação das alternativas de engenharia para mitigação dos impactos ocasionados pela implantação de rodovias que a bibliografia e a experiência de obras de engenharia na área já executaram ou já propuseram. A pesquisa foi dividida inicialmente em revisão da literatura realizando a pesquisa desde uma visão mais macro como ecologia da paisagem, passando por redes e corredores ecológicos até chegar em ecologia de estradas e nas soluções de mitigação necessárias. Além disso, teve como objetivo específico avaliar a relação das rodovias com o desmatamento e entender o efeito espinha de peixe nesse processo. Resultados indicaram que para cada problema causado pela construção e operação existem alternativas que mitigam os impactos provocados. Além disso, verificou-se que é viável a hipótese de que rodovias são indutoras de desmatamentos, entretanto, é preciso refinar a pesquisa para ser possível afirmar a direta relação entre tais variáveis.pt_BR
dc.description.abstractAbstract : The negative environmental impacts caused by highways occur in many ways, with the most evident being the roadkill and deforestation. However, the problem is more complex and involves the barrier effect, reduces the connectivity of habitats, causes the interruption of gene flows and many other issues. The research was initially divided into a literature review carrying out the research from a more macro view as landscape ecology, passing through ecological networks and corridors until arriving at road ecology and the necessary mitigation solutions. In addition, its specific objective was to evaluate the relationship between highways and deforestation and understand the fishbone effect in this process. Results indicated that for each problem caused by road construction and operation there are alternatives that mitigate the impacts caused. In addition, it was found that the hypothesis that roads are deforestation inducers is viable, however, it is necessary to refine the research to be able to affirm the direct relationship between these variables.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (43 p.) : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectCorredores ecológicospt_BR
dc.subjectAnimais - Mortalidadept_BR
dc.subjectRodovias - Aspectos ambientaispt_BR
dc.subjectAnalise ambientalpt_BR
dc.titleAlternativas de engenharia na minimização de impactos ambientais na implementação de rodoviaspt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record