Show simple item record

dc.contributor.authorPisetta, Jaqueline Alves, 1996-pt_BR
dc.contributor.otherAndrade, Andréa Faria, 1972-pt_BR
dc.contributor.otherCamboim, Silvana Philippi, 1977-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicaspt_BR
dc.date.accessioned2022-01-21T15:05:13Z
dc.date.available2022-01-21T15:05:13Z
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/72265
dc.descriptionOrientadora: Prof(a). Dr(a). Andrea Faria Andradept_BR
dc.descriptionCoorientadora: Prof(a). Dr(a). Silvana Philippi Camboimpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas. Defesa : Curitiba, 25/02/2021.pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Os dispositivos móveis, como smartphones, tablets e monitores heads-up, surgiram para suprir a demanda de praticidade das atividades, acompanhando o aumento da mobilidade do cotidiano e o desenvolvimento de novas plataformas digitais. Os mapas também seguiram estes avanços tecnológicos, passaram da visualização impressa, para produção e acesso em ambiente digital, podendo ser visualizados em diferentes dispositivos digitais. Neste contexto, estudos sobre a usabilidade de mapas em ambiente mobile são importantes, pois é uma ferramenta para utilização dos mapas que vem se expandindo nos últimos anos. Por isso, é necessário realizar estudos, em relação ao mapeamento topográfico, para determinar padrões para simbologia que permitam a detecção, discriminação e reconhecimento de seus elementos e garantam a relação entre o projeto cartográfico e a comunicação cartográfica, por meio de linguagem cartográfica, de forma a garantir sua eficácia. Definir um padrão para simbologia no Brasil, que seja coerente com as suas características culturais, irá auxiliar as tarefas de navegação e ampliar a acessibilidade aos mapas destes usuários. Por isso, o objetivo desta pesquisa foi adaptar e propor símbolos pictóricos, em mapas de referência, compatíveis com a visualização em interfaces de dispositivos móveis. Os símbolos pictóricos foram adaptados e criados com base nas Teorias da Gestalt e da Semiótica, buscando garantir seu reconhecimento de maneira simples, otimizando o processo de comunicação cartográfica. Para verificar a eficiencia do conjunto de símbolos, foram realizadas três etapas sendo elas o Teste de Compreensão, para verificar a relação semântica dos símbolos com seus referentes e o reconhecimento do símbolo com a retirada do quadrado envolvente no contexto mobile, o Teste de Produção, teve o objetivo de produzir os símbolos que não foram validados no primeiro teste, e o Teste de Tarefas de Leitura de Mapas para averiguar a detecção, discriminação e reconhecimento do conjunto de símbolos pictóricos. A partir dos resultados, se pode verificar que o conjunto de símbolos pictóricos proposto nesta pesquisa, é eficaz quando utilizado em mapas visualizados em dispositivos móveis e desktop.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Mobile devices, such as smartphones, tablets and heads-up monitors, have emerged to supply the demand for practical activities, following the increase in everyday mobility and the development of new digital platforms. The maps also followed these technological advances, passed from the paper visualization, to production and access in digital environments, being able to be visualized in different digital devices. In this context, studies on the usability of the map user in a mobile environment are important, as it is a tool for the use of maps that has been expanding in recent years. Therefore, it is necessary to carry out studies, in relation to topographic mapping, to determine patterns for symbology that allow the detection, discrimination and recognition of its elements and guarantee the relationship between cartographic design and cartographic communication, through cartographic language, of to ensure its effectiveness. Defining a standard for symbology in Brazil, which is consistent with the cultural characteristics of Brazilians, will help navigation tasks and increase accessibility to these users' maps. Therefore, the objective of this research is to adapt and propose pictorial symbols for symbolization, in reference maps, compatible with the visualization in interfaces of mobile devices. The pictorial symbols were adapted and created based on Gestalt and Semiotic Theories, seeking to guarantee their recognition in a simple way, optimizing the cartographic communication process. To verify the efficiency of the set of symbols, three steps were performed, first the Comprehension Test, to verify the semantic relationship of the symbols with their referents and the recognition of the symbol with the removal of the surrounding square in the mobile context, second the Production Test, carried out in order to produce the symbols that were not validated in the first test, and the last Map Reading Task Test to ascertain the detection, discrimination and recognition of the set of pictorial symbols. Then it was verified that the final set of pictorial symbols proposed in this research, is effective when used in maps visualized on interfaces of mobile and desktop devices.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectGeodésiapt_BR
dc.subjectSinais e simbolospt_BR
dc.subjectMapeamento digitalpt_BR
dc.subjectSistemas de comunicação sem fiopt_BR
dc.titlePercepção de símbolos pictóricos para o mapeamento de referência em dispositivos móveispt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record