Show simple item record

dc.contributor.advisorJacinto, Paulo de Andradept_BR
dc.contributor.authorFeldens, Tallys Kalynkapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômicopt_BR
dc.date.accessioned2021-08-10T19:23:59Z
dc.date.available2021-08-10T19:23:59Z
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/71555
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Paulo de Andrade Jacintopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico. Defesa : Curitiba, 01/03/2021pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 145-158pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta dissertação é composta por dois ensaios sobre transplantes de órgãos. A escassez de órgãos é um tema relevante em saúde pública que enfrenta inúmeros desafios: restrições de oferta, demanda imprevisível, pouca ou nenhuma substitutibilidade de bens, heterogeneidade de acesso aos tratamentos, motivações individuais e sociais, entre outros. Visando identificar elementos que venham a contribuir para desenho de estratégias de atuação tanto da sociedade quanto para as políticas públicas, elaboramos dois ensaios abordando alguns destes aspectos. O primeiro ensaio analisa o impacto de intervenções midiáticas de conscientização pela doação de órgãos. Para esta avaliação, serão observados três tipos de intervenção: a campanha nacional empreendida anualmente pelo Ministério da Saúde chamada de "Setembro Verde", o papel da mídia de entretenimento na forma de telenovelas, quando trabalham a questão de doação e transplante de órgãos, e as notícias de grande veiculação sobre histórias reais de transplantados e doadores. Os resultados apontam que as intervenções na forma de novelas são as que alcançam maior impacto, equiparandose ao efeito alcançado ao aparelhar o sistema de saúde com mais recursos. No segundo ensaio, é desenvolvida uma análise sobre as relações de interdependência entre as séries de doadores vivos e doadores falecidos referente à lista de espera para transplantes renais, pulmonares e hepáticos a partir de vetores autoregressivos. Os resultados indicam que existe uma relação de substituição entre doadores de rim vivos e falecidos, enquanto a sua dinâmica afeta e é afetada pela lista de espera. Esse resultado corrobora com as evidências descritas na literatura internacional que tem empregado uma metodologia distinta para essa análise. Ambos os ensaios trazem resultados inéditos permitindo uma melhor compreensão a respeito de alguns aspectos importantes relacionados a doação de órgãos e ao desenho de políticas públicas no Brasil. Palavras-chave: Doação de Órgãos. Economia da Saúde. Campanhas de Saúde. VAR. Função impulso resposta.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This dissertation is composed by two essays about organ transplantation. The organ shortage is a relevant theme in public health, that faces lots of challenges: supply barriers, unpredictable demand, little or no substitutability of goods, heterogeneity of access to the treatments, individual and social motivation amongst others. In order to identify elements that may contribute to designing action strategies of the society and of public policy, we detailed two essays approaching some of these aspects. The first one examines the impact of media interventions for organ donation awareness. For this evaluation, three types of intervention will be noticed: the national campaign carried annually by the Health Ministry, the "Green September"; the role of entertainment media in soap operas format, when they discuss organ donation and transplant issues; and the highly widespread news about true stories of recipients and donors. The results point out that the media intervention in the form of soap opera is the one that reach the highest impact, almost the same impact of improvements in the health care system. In the second essay, it is developed an analysis about the interdependent relationships between the series of living and deceased donors and the waiting list for kidney, lung, and liver transplantation, using autoregressive vectors. Our results indicate that there is a substitution relationship between living and deceased kidney donors, meanwhile its dynamic affects and is affected by the waiting list. This result corroborates the international literature that have used different approaches to this analysis. Both of our two essays bring unseen results, allowing for a better understanding regarding some important aspects related to organ donation and their public policies in Brazil. Keywords: Organ Donation. Health Economics. Health Campaigns. VAR. Impulse response functions.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (158 p.) : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDesenvolvimento econômicopt_BR
dc.subjectDoação de órgãos, tecidos, etcpt_BR
dc.subjectTransplante de órgãos, tecidos, etcpt_BR
dc.subjectEconomiapt_BR
dc.subjectEconomia da saúdept_BR
dc.titleDois ensaios sobre a economia de transplantes de órgãospt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record