Show simple item record

dc.contributor.advisorHasegawa, Marcos Minoru, 1969-pt_BR
dc.contributor.authorPozza, Daniel Bellucco, 1996-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômicopt_BR
dc.date.accessioned2021-07-19T15:51:58Z
dc.date.available2021-07-19T15:51:58Z
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/71357
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Marcos Minoru Hasegawapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de CIências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico. Defesa : Curitiba, 25/02/2021pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 69-78pt_BR
dc.description.abstractResumo: O trabalho investiga o impacto da composição do gasto público no crescimento econômico e na desigualdade de renda dos municípios do estado de São Paulo para o período de 2002 a 2017. A metodologia empregada é a de dados em painel estático, dinâmico e espacial. As estimações sugerem que apenas os gastos com capital promovem crescimento econômico. As outras despesas públicas não apresentaram robustez nos resultados, indicando que não afetam de forma significativa o crescimento do produto interno bruto ou do rendimento formal. Os modelos de regressão espacial exibem evidências de efeitos transbordamento positivo do PIB per capita, entretanto, esses efeitos são negativos ao considerar apenas municípios que não fazem parte nenhum arranjo populacional, ou seja, não possuem forte integração intermunicipal. Além disso, os resultados do painel dinâmico apontam para um processo de lenta convergência de renda dos municípios paulistas. O estudo apresenta indícios de que as disparidades regionais de renda do estado de São Paulo se reduziram para o período analisado. Palavras-chaves: composição do gasto público. crescimento econômico. disparidades regionais. dados em painel.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The work investigates public expenditure composition's impact on economic growth and income inequality in the municipalities of São Paulo's state for the period from 2002 to 2017. The methodology used is a static, dynamic, and spatial panel model. Estimates suggest that only capital expenditures promote economic growth. Other public expenditures did not show robust results, indicating that they do not significantly affect the gross domestic product or formal income growth. The spatial regression models show evidence of positive spillover effects of GDP per capita. However, these effects are adverse when considering only municipalities that are not part of any population arrangement. That is, they do not have inter-municipal solid integration. Besides, the dynamic panel results point to a process of slow convergence of income in the cities of São Paulo. The study shows evidence that the regional income disparities in São Paulo's state have narrowed over the period analyzed. Key-words: public expenditure composition. economic growth. regional disparities. panel data.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (88 p.) : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDesenvolvimento econômicopt_BR
dc.subjectDespesa públicapt_BR
dc.subjectDisparidades econômicas regionaispt_BR
dc.subjectCrescimento e Desenvolvimento Econômicopt_BR
dc.subjectAdministração municipal - São Paulo (SP)pt_BR
dc.titleDisparidades regionais do Estado de São Paulo : uma abordagem sobre crescimento econômico e composição do gasto público municipalpt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record