Show simple item record

dc.contributor.authorSoares, Bruno Araujo, 1994-pt_BR
dc.contributor.otherMoura, Juliana Ferreira de, 1975-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologiapt_BR
dc.date.accessioned2021-06-30T23:36:13Z
dc.date.available2021-06-30T23:36:13Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/71334
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Juliana Ferreira de Mourapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia. Defesa : Curitiba, 31/03/2020pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 75-85pt_BR
dc.description.abstractResumo: A hanseníase é uma doença infecciosa crônica causada pela infecção do bacilo Mycobacterium leprae. Embora inúmeros avanços tenham ocorrido em direção ao combate da doença, a transmissão do M. leprae continua ativa e centenas de milhares de pessoas são diagnosticadas anualmente com hanseníase. O desenvolvimento de técnicas diagnósticas mais sensíveis e específicas é fundamental para o estabelecimento de estratégias de vigilância e monitoramento mais eficientes para o controle da hanseníase. Assim, o presente estudo utilizou técnicas de mapeamento de epitopos para identificar novos antígenos do M. leprae para uso em testes de diagnóstico sorológico. Dois novos peptídeos, os Peptídeos 1 e 2, foram identificados, acoplados a uma proteína carreadora e caracterizados por ensaios imunoquímicos quanto ao seu potencial diagnóstico. Os dois peptídeos foram capazes de ser reconhecidos de forma estatisticamente diferente (p<0,05) pelos soros de indivíduos hansenianos, em comparação a soros de voluntários sadios e tuberculosos por ensaios de ELISA e de Dot blotting. As porcentagens de detecção seguiram conforme o espectro imunológico dos indivíduos, sendo o Peptídeo 1 reconhecido por 81,82% dos pacientes MB e 41,18% dos PB, enquanto o Peptídeo 2 reagiu com 80% e 58,33% dos MB e PB, respectivamente. Além disso, a associação dos dois peptídeos em um mesmo teste aprimorou a performance de distinção entre doentes e saudáveis. Por último, um ELISA de competição demonstrou que indivíduos hansenianos produzem anticorpos específicos contra os dois peptídeos. Estes resultados apontam para a descoberta de dois novos antígenos com capacidade de serem reconhecidos por anticorpos de indivíduos hansenianos e que podem ser empregados para o desenvolvimento de plataformas mais sensíveis e específicas para o diagnóstico sorológico da hanseníase.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Leprosy is a chronic infectious disease caused by the Mycobacterium leprae bacillus. Although great advances have been achieved forward leprosy control, M. leprae transmission is still occurring and hundreds of thousands of people are newly diagnosed every year. The development of more sensible e specific diagnostic techniques is essential for establishing efficient monitoring and vigilance strategies aiming for leprosy elimination. Thus, the present work employed epitope mapping approaches to identify new M. leprae antigens to serological diagnosis. Two new peptides, called Peptides 1 and 2, were identified, coupled to a carrier protein, and evaluated by immunochemical assays for characterizing their diagnosis potential. Both peptides were recognized statistically different (p<0,05) by leprosy serum, compared to healthy and tuberculosis controls in ELISA and Dot blotting assays. Recognition patterns were in agreement with the disease spectrum as Peptide 1 was recognized by 81,82% of MB and 41,18% of PB, while Peptide 2 reacted with 80% and 58,33% of MB and PB, respectively. Combining Peptides 1 and 2 in the same ELISA test was able to enhance the distinction between leprosy and healthy individuals. A final competitive ELISA experiment demonstrated the production of specific antibodies by leprosy individuals against both peptides. Therefore, two new antigens capable of being recognized by leprosy antibodies were identified and proved to be applicable for the development of more sensible and specific serological diagnostic platforms for leprosy.pt_BR
dc.format.extent85 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectHanseníasept_BR
dc.subjectSorodiagnosticopt_BR
dc.subjectPeptídeospt_BR
dc.subjectTecnologia químicapt_BR
dc.titleAnálise da antigenicidade de peptídeos lineares de proteínas de Mycobacterium leprae para aplicação no diagnóstico sorológico da hanseníasept_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record