Show simple item record

dc.contributor.advisorFernandes, José Carlospt_BR
dc.contributor.authorGoss, Julianapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Artes, Comunicação e Design. Programa de Pós-Graduação em Comunicaçãopt_BR
dc.date.accessioned2021-12-13T19:52:57Z
dc.date.available2021-12-13T19:52:57Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/70722
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. José Carlos Fernandespt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Artes, Comunicação e Design, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Defesa : Curitiba, 15/12/2020pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p.147-155pt_BR
dc.description.abstractResumo: A tecnologia fez surgir novos modos de ler. É o vínculo entre as linguagens analógicas, digitais, orais, sonoras ou visuais. A educação aliada à comunicação, com a produção de conteúdo por parte dos alunos, estimula o senso crítico e o protagonismo do adolescente diante deste novo cenário. Em Curitiba, a Olimpíada Filosófica promove a produção de vídeos em sala de aula a partir dos conceitos aprendidos na disciplina de Filosofia. O evento é uma mostra de vídeos realizada anualmente desde 2011 na capital paranaense. A olimpíada não é competitiva e é organizada pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre o Ensino de Filosofia da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Professores de Filosofia da rede pública de ensino trabalham os conceitos da disciplina atrelados à prática de cinema e, no final do ano letivo, os estudantes concluem o aprendizado produzindo vídeos. Nesta pesquisa, foram realizadas entrevistas em profundidade estruturadas com os docentes e com 12 estudantes que participaram do processo de produção dos vídeos em três turmas do ensino médio dos Colégios Estaduais Professora Ottília Homero da Silva e Amyntas de Barros (ambos em Pinhais, na Grande Curitiba) e no Colégio Estadual do Paraná (na capital paranaense). As instituições participam desde a primeira edição da olimpíada. A partir da análise de conteúdo das entrevistas e da análise crítica da narrativa dos vídeos produzidos pelos estudantes, a pesquisa busca responder como os conteúdos da aula de Filosofia e os processos de aprendizagem próprios da disciplina são construídos e representados na forma de narrativa audiovisual por estudantes do ensino médio. Tem-se como objetivo geral identificar o que representam essas narrativas: naturalização, idealização ou desconstrução do real. A categorização tem como base os conceitos do filósofo e escritor, Rubem Alves, e do filósofo e sociólogo Zygmunt Bauman. Os autores pontuam que a naturalização pode ser entendida como a valorização de fórmulas para entender o mundo, por vezes embasadas no senso comum. Na idealização, destaca-se o raciocínio indutivo, partindo de experiências já vividas que explicam o futuro. Já na desconstrução, existe o processo de estranhamento, com a interpretação das bases do real. A pesquisa constatou que a prática da produção de vídeos em sala de aula pode estimular o olhar dos estudantes desconstruído para o real. No entanto, esse processo ainda é muito pautado pelo universo micro - na relação "eu" com o "outro". Palavras-chave: 1. Comunicação 2. Educação 3. Ensino médio 4. Filosofia 5. Tecnologiapt_BR
dc.description.abstractAbstract: Technology has created new ways of reading. It is the link between analogue, digital, oral, sound or visual languages. Education combined with communication, with the production of content by the students, stimulates the critical sense and the protagonism of the adolescent in the face of this new scenario. In Curitiba, the Philosophical Olympiad promotes the production of videos in the classroom based on the concepts constructed in the discipline of philosophy. The event is a video show held annually since 2011 in the capital of Paraná. The Olympics is not competitive and is organized by the Center for Studies and Research on Philosophy Teaching at the Federal University of Paraná. Philosophy teachers from public schools work on the concepts of the discipline linked to the practice of cinema and, at the end of the school year, students conclude their learning by producing videos. In this work, structured indepth interviews were conducted with teachers and 12 students who participated in the video production process in three high school classes at State Schools Professor Ottília Homero da Silva and Amyntas de Barros (both in Pinhais ?? near by Curitiba) and the Paraná State College (in the capital of Paraná). Institutions have participated since the first edition of the Olympics. From the content analysis of the interviews and the critical analysis of the narrative of the videos produced by the students, this research seeks to answer how the contents of the philosophy class and the learning processes proper to the discipline are constructed and represented in the form of audiovisual narrative by high school students. The general objective is to identify what these narratives represent: naturalization, idealization or deconstruction of the real. The categorization is based on the concepts of the philosopher and writer, Rubem Alves, and the philosopher and sociologist Zygmunt Bauman. The authors point out that naturalization can be understood as the valorization of formulas to understand the world, sometimes based on common sense. In the idealization, inductive reasoning stands out, starting from experiences already lived that explain the future. In deconstruction, on the other hand, there is the process of strangeness, with the interpretation of the bases of reality. The research found that the practice of producing videos in the classroom can stimulate the students' eyes deconstructed to the real. However, this process is still very much guided by the micro universe - in the "I" relationship with the "other". Keywords: 1. Communication 2. Education 3. High school 4. Philosophy 5. Technologypt_BR
dc.format.extent1 arquivo (236 p.) : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectEnsino médiopt_BR
dc.subjectFilosofiapt_BR
dc.subjectTecnologiapt_BR
dc.subjectComunicaçãopt_BR
dc.titlePensamento em audiovisual : expressões de mídia e educação de estudantes do ensino médio participantes da Olimpíada Filosófica de Curitibapt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record