Show simple item record

dc.contributor.authorCeschin, Adriane, 1968-pt_BR
dc.contributor.otherRaboni, Sônia Marapt_BR
dc.contributor.otherNogueira, Keite da Silva, 1980-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Medicina Interna e Ciências da Saúdept_BR
dc.date.accessioned2021-03-19T19:17:21Z
dc.date.available2021-03-19T19:17:21Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/69919
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Sonia Mara Rabonipt_BR
dc.descriptionCoorientadora: Profa. Dra. Keite da Silva Nogueirapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Medicina Interna e Ciências da Saúde. Defesa : Curitiba, 06/11/2020pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 73-84pt_BR
dc.description.abstractResumo: A infecção por C. difficile (ICD) representa a principal causa de diarreia associada a antibióticos (DAA) em adultos, e está intimamente relacionada ao aumento da mortalidade, hospitalização prolongada e aumento dos custos em saúde. O objetivo desse estudo foi avaliar a prevalência, características clínicas associadas e desfechos da ICD em hospitais de Curitiba. Foi instituído junto à comissão de controle de infecção e laboratório de microbiologia das 8 instituições participantes um protocolo de coleta de fezes e dados clínicos de pacientes internados apresentando diarreia após uso de antimicrobianos. As amostras foram avaliadas por testes imunoenzimáticos (EIE) e amplificação de ácidos nucleicos por PCR de acordo com algoritmos recomendado por diretrizes internacionais. Os dados clínicos foram coletados em ficha específica, compreendendo fatores de risco locais associados a infecção, tratamento e evolução da diarreia. Foram incluídos no estudo 351 pacientes adultos (? 18 anos), dos quais 85 (24,2%) apresentaram teste GDH positivo. Entre essas amostras, 62 amostras foram positivas para toxinas (26 foram positivas por EIE e PCR e 36 amostras foram positivas apenas na PCR) assim sendo 289 amostras (82,3%) negativas para ICD. A prevalência de ICD nesta coorte de pacientes internados com DAA foi de 17,7% (62/351). Foram fatores de risco independentes para ICD a colonização por bacilos Gram negativos resistentes a carbapenêmicos, uso de cefalosporinas de amplo espectro e carbapenêmicos. Diarreia grave foi apresentada por 64,5% dos pacientes com ICD, 8% evoluindo para colite com necessidade de terapia intensiva. Obteve-se a cura primária em 83,8% (52/62) e dos pacientes que foram acompanhados 20,8% (10/48) apresentaram recorrência da infecção. Não houve associação entre o tratamento usado para ICD e a recorrência ou mortalidade. A mortalidade avaliada em 30 dias correspondeu em 24% (15/62) dos casos positivos, sendo 4,8% (3/62) relacionadas diretamente a ICD. Os dados relatados neste estudo demonstram uma alta frequência de ICD em pacientes hospitalizados de alto risco, com impacto na mortalidade destes indivíduos. Ampla investigação desta infecção deve ser realizada buscando a implantação de medidas de controle e intervenção precoce neste grave evento. Palavras-chave: Clostridioides difficile, colite pseudomembranosa, infecção por Clostridioides difficile (ICD), infecção recorrente por Clostridioides difficile (rICD).pt_BR
dc.description.abstractAbstract: C. difficile infection (CDI) is the leading cause of antibiotic-associated diarrhea (AAD) in adults, and is closely related to increased mortality, prolonged hospitalization, and high health care costs. The objectives of this study were to evaluate the prevalence, associated clinical characteristics, and outcomes of CDI in hospitals in Curitiba. A protocol of stool collection and clinical data of inpatients with diarrhea after the use of antimicrobials was instituted with the infection control commission and microbiology laboratory of the 8 participating institutions. The samples were evaluated by immunoenzymatic tests (IEE) and nucleic acid amplification by PCR according to algorithms recommended by international guidelines. Clinical data were collected in a specific file, comprising local risk factors associated with infection, treatment, and outcome. The study included 351 adult patients (?18 years), of which 85 (24.2%) were GDH positive. Among these samples, 62 samples were positive for toxins (26 by EIA and PCR and 36 samples were positive by PCR only), thus 289 samples (82.3%) were negative for CDI. The prevalence of CDI in this cohort of AAD patients was 17.7% (62/351). Independent risk factors for DCI were colonization by Gram-negative carbapenem-resistant bacilli, the use of broad-spectrum cephalosporins, and carbapenems. Severe diarrhea was presented by 64.5% of patients with CDI, 8% evolving to colitis requiring intensive care. The primary cure was obtained in 83.8% (52/62) and among patients who were followed up, 20.8% (10/48) presented recurrence of infection. There was no association between recurrence and mortality rate in 60 days, independent of the treatment. The 30-day mortality corresponded to 24% (15/62) of the positive cases, being 4.8% (3/62) related to CDI. The study reports a great frequency of CDI in highrisk hospitalized patients, with an impact on the mortality rate. A broad investigation of this infection should be carried out seeking the implementation of control measures and early intervention in this severe event. Keywords: Clostridioides difficile, pseudomembranous colitis, Clostridioides difficile infection (CDI), recurrent Clostridioides difficile infection (rCDI).pt_BR
dc.format.extent98 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectClostridiumpt_BR
dc.subjectInfecçõespt_BR
dc.subjectEpidemiologiapt_BR
dc.subjectRecidivapt_BR
dc.subjectClínica Médicapt_BR
dc.titleInfecção por Clostridioides (Clostridium) difficile em pacientes internados : epidemiologia, características clínicas e recorrênciapt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record