Show simple item record

dc.contributor.authorMilla, Debora Cristina Alves da Cunha, 1981-pt_BR
dc.contributor.otherPanke, Luciana, 1972-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Artes, Comunicação e Design. Programa de Pós-Graduação em Comunicaçãopt_BR
dc.date.accessioned2021-03-19T18:49:03Z
dc.date.available2021-03-19T18:49:03Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/69915
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Luciana Pankept_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Artes, Comunicação e Design, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Defesa : Curitiba, 31/07/2020pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 98-106pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta dissertação propõe um estudo das capas do jornal O Globo para verificar como ocorre a narrativa jornalística sobre a imagem pública do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O recorte delimitado é entre 02 de dezembro de 2015 a 13 de julho de 2017, período que compreende a investigação da Operação Lava Jato, o mandato e o impeachment de sua sucessora Dilma Rousseff. Corresponde, ainda, à fase de investigação, processo e condenação do ex-presidente. O objetivo dessa pesquisa é identificar como ocorreu o enquadramento do ator político Lula nas capas do jornal e se há notícias que se configuram como acusações e/ou opiniões que venham causar prejuízos à imagem pública dele no intervalo que antecede sua condenação judicial pelo juiz Sergio Moro. Portanto, aplicamos duas análises, uma de enquadramento noticioso com base em Entman (1993) e outra de análise de conteúdo por eixos. Essa proposta de investigação se dá a partir da acusação proferida por Lula durante depoimento ao juiz Sergio Moro no dia 10 de maio de 2017. De acordo com o ex-presidente, houve uma perseguição midiática, pontuando 530 matérias contrárias à sua imagem no referido jornal. Diante desse cenário, o presente estudo mapeou o contexto social e político, as atribuições à figura de Lula, o posicionamento político do jornal O Globo e o enquadramento noticioso das capas desse veículo de comunicação. Os resultados evidenciaram que do total de 336 notícias, 64% se apresentaram num contexto de valência negativa, sendo 32% neutras e somente 4% positivas. E ainda, das 190 notícias que tinham como assunto predominante a Operação Lava-Jato, 42,6% incitavam a culpabilidade de Lula nos acontecimentos, ou então, o associavam a outro nome, vinculando-o como culpado ou corresponsável no ocorrido. Palavras-chave: Enquadramento noticioso. Imagem pública. Jornalismo político. Lava-Jato. Lula.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This dissertation proposes an analysis on covers of "O Globo" newspaper in order to verify the journalistic approach on former president Luiz Inácio Lula da Silva's public image. Clipping content published between December 2nd, 2015, and July 13th, 2017, period that comprehends the undergoing of "Operação Lava-Jato" investigations, tenure and impeachment of his successor Dilma Rousseff, as well as the time of investigations, court proceedings and conviction of former president Lula.The aim of this research is to determine how did the framing of Lula as a political actor on news covers took place and whether there were reports which inculpate or impair his public image through the period that antecedes his conviction by Judge Sergio Moro. Therefore, are applied two distinct analysis, based on Entman's news framing (1993) and on-axis content analysis. This investigation proposal takes place from a complaint placed by Lula on his deposition to Judge Sergio Moro on May 10th, 2017. According to the former president a media persecution has taken place, pointing 530 articles in opposition to his image in that newspaper. Facing this scenario, the present study mapped the social and political contexts, the attributions to the figure of Lula, the political position of the newspaper "O Globo" and the framing on the covers of this media vehicle. The results showed that of the total of 336 news items, 64% are presented in a negative valence context, being 32% neutral and only 4% positive. And yet, of the 190 news items that had "Operação Lava-Jato" as their predominant subject, 42.6% of them incited the culpability of Lula in the events, or else, associated him with another name, linking him guilty or co-responsible for what happened. Keywords: News framing. Public image. Political Journalism. Operação Lava-Jato. Lula.pt_BR
dc.format.extent120 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectComunicaçãopt_BR
dc.subjectJornalismo politicopt_BR
dc.subjectEnquadramento noticiosopt_BR
dc.subjectImagem públicapt_BR
dc.subjectComunicaçãopt_BR
dc.titleA narrativa do jornal O Globo sobre o ex-presidente Lula durante o processo da Lava-Jatopt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record