Show simple item record

dc.contributor.authorJamur, Helenice Ramires, 1982-pt_BR
dc.contributor.otherBrito, Gláucia da Silva, 1961-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2021-01-29T16:58:21Z
dc.date.available2021-01-29T16:58:21Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/69229
dc.descriptionOrientadora: Prof.ª Dra. Glaucia da Silva Britopt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa : Curitiba, 29/05/2020pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 170-177pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta investigação tem como objetivo propor indicadores que possam ser considerados na produção de materiais didáticos digitais para a educação a distância. A pergunta de pesquisa pode ser sintetizada de seguinte forma: ??Que indicadores que podem ser considerados para a produção de materiais didáticos hipertextuais? Para responder a essa questão, optou-se pela estratégia de estudo de caso em uma instituição de Ensino Superior particular brasileira, que oferece cursos na modalidade em questão e faz uso de materiais digitais hipertextuais produzidos para o uso em meio digital. Para a produção de dados, diversas fontes de informação e instrumentos foram utilizados. Na primeira fase, considerada um estudo exploratório, utilizou-se um questionário como instrumento de coleta de informação para conhecer o campo estudado, a partir do qual foi possível melhorar o instrumento e construir o perfil dos estudantes participantes da pesquisa. Na segunda fase, com o instrumento ajustado, feita uma nova análise para compor os dados necessários à terceira fase. Nessa etapa, também foram feitas entrevistas com pessoas-chave do processo de produção de materiais digitais para compreender a organização e os fluxos de produção do material, além da análise documental do próprio material digital. A terceira e última fase foi a realização de entrevistas em um grupo focal com 5 participantes selecionados a partir das suas respostas nas primeiras fases desta investigação. Essa etapa serviu para triangular dados obtidos nas fases anteriores sobre as avaliações dos estudantes em relação ao material didático digital e concluir os indicadores que se estabelece a partir das formas de uso desses materiais. Os referenciais teóricos utilizados foram de Lévy (2010), Lemos (2013) e Castells (2003), apoiando-nos com os conceitos de cibercultura, hipertexto, hipermídia. Os conceitos de material didático e a discussão sobre os materiais digitais dialogam com Choppin (2004), Rodríguez, Bonafé e Garcia (2016). Os conceitos e discussões sobre os materiais digitais vem das pesquisas de Area (2017), Mayer (2009, 2014) e Silva (2000). A classificação de hipertexto utilizada seguiu a teoria de Primo (2003) e as conceituações de hipertexto são de Gomes (2011) e Xavier (2009, 2014) dialogando com Coscarelli (2012), Novais (2009) e Ribeiro (2005, 2006) em relação às diferentes formas de leitura no meio digital. A análise teve como base a concepção de educação de Freire (1996). Os resultados obtidos a partir da teoria e ampliados a partir das respostas dos estudantes formaram indicadores em quatro dimensões: autoria, linguagem, interface e interação. Dessas dimensões, encontramos como pontos relevantes a percepção dos estudantes como a vantagem do material digital na EaD em termos de flexibilidade e mobilidade, a necessidade de se produzir os materiais considerando os acessos em diferentes dispositivos, a relação direta do material com a avaliação da aprendizagem, e a necessidade de se promover oportunidade de interação. ?? Palavras-chave: Educação a distância. Hipertexto. Material didático. Interação.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This investigation aims to propose indicators that can be considered in the development of digital teaching materials for distance learning. The research question can be summarized as follows: What indicators can be considered for the development of hypertextual teaching materials? To answer this question, a case study strategy at a private Brazilian Higher Education institution was chosen, which offers courses in distance learning and uses hypertextual digital materials produced for digital media use. For the data production, several information sources and instruments were used. In the first phase, wich was considered an exploratory study, a questionnaire was used as an information collection instrument to know the studied field, from which it was possible to improve the instrument and build the profile of the students participating in the research. In the second phase, with the instrument adjusted, a new sending and analysis were made to compose the data necessary for the third phase. At this stage, interviews were also conducted with key-people in the process of producing digital materials to understand the organization and production flows of the material, in addition to documentary analysis of the digital material itself. The third and final phase was the application of interviews in a focus group with 5 participants selected from their answers in previous phases of this investigation. This step served to triangulate data obtained in the previous phases on student evaluations in relation to digital didactic material and to conclude the indicators established based on how these materials are used. The theoretical frameworks used were Lévy (2010), Lemos (2013) and Castells (2003), supporting the cyberculture, hypertext and hypermedia concepts. The didactic material's concepts and the digital materials discussion dialogue with Choppin (2004), Rodríguez, Bonafé and Garcia (2016). The concepts and discussions about digital materials come from the research from Area (2017), Mayer (2009, 2014) and Silva (2000). The hypertext classification used followed the Primo's theory (2003) and the concepts of hypertext are from Gomes (2011) and Xavier (2009, 2014), dialoguing with Coscarelli (2012), Novais (2009) and Ribeiro (2005, 2006), in relation to the different forms of reading in the digital environment. The analysis was based on Freire's (1996) conception of education. The results obtained from the theory and expanded from the students' answers were indicators in four dimensions: authorship, language, interface and interaction. From these dimensions, we find as relevant points the perception of students as the advantage of digital material in distance learning in terms of flexibility and mobility; the need to produce the materials, considering the accesses in different devices; the direct relationship of the material with the evaluation of the learning; and the need to promote opportunities for interaction. Keywords: Distance Learning. Hypertextual. Teaching Material.pt_BR
dc.format.extent194 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectEnsino a distância - Estudo e ensino (Superior)pt_BR
dc.subjectEnsino à distância - Inovações tecnológicaspt_BR
dc.subjectTecnologia da informaçãopt_BR
dc.subjectMaterial didáticopt_BR
dc.subjectInternet na educaçãopt_BR
dc.subjectEstudantespt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleIndicadores para a produção de materiais didáticos digitais na educação à distância : interação e hipertexto a partir do ponto de vista dos estudantespt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record