Show simple item record

dc.contributor.advisorBencostta, Marcus Levy Albino, 1936-pt_BR
dc.contributor.authorStein, Cristiane Antunes, 1981-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2021-01-29T16:39:44Z
dc.date.available2021-01-29T16:39:44Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/69175
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Marcus Levy Bencosttapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa : Curitiba, 26/03/2020pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 326-335pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta tese investiga a Imprensa Escolar, um conjunto de jornais escolares paranaenses, que traziam em suas edições textos diversos escritos por professores e estudantes. O recorte temporal da pesquisa (1939 - 1942) corresponde aos exemplares depositados na Divisão Paranaense da Biblioteca Pública do Paraná. Mesmo existindo algumas instituições que já publicavam periódicos, a obrigatoriedade se deu a partir do documento de Hostílio Araújo. O propósito deste estudo foi verificar os textos e imagens que estavam presentes nos jornais e qual era sua intencionalidade. Busquei também analisar o conteúdo cívico-patriótico presente nos jornais, já que a Imprensa Escolar foi uma iniciativa do regime do Estado Novo, na figura do Interventor Manoel Ribas, e estava intrinsicamente relacionado a ele, utilizando inclusive suas datas comemorativas como datas de publicação das edições, e tendo como principal temática o Presidente Getúlio Vargas e seu governo. Os textos presentes nestes periódicos paranaenses possibilitam o entendimento de como a propaganda política chegava nos espaços escolares, eram recebidos e reverberados pelos alunos de tais instituições. Além do olhar para a dimensão política presente nos periódicos das instituições, busquei analisar, por meio do olhar das crianças e jovens, as práticas escolares que eram vivenciadas e relatadas por eles em seu cotidiano escolar. A forma como os espaços educativos eram pensados, planejados e organizados, os conteúdos e metodologias utilizadas em sala de aula, os momentos de ludicidade e lazer, os discursos e práticas vinculados à higiene e saúde, as festas e comemorações, a relação dos estudantes com sua cidade, são objetos de análise deste estudo. O olhar de crianças e jovens a respeito das práticas vivenciadas nos espaços educativos oportunizam a percepção dos estudantes acerca de seu percurso educativo e sua relação com a sociedade da época. Sendo assim, é possível vislumbrar sobre outro prisma como se deu a educação no Estado Novo para além daquilo que era determinado na legislação educacional do período. As fontes utilizadas nesta pesquisa foram os volumes da Imprensa Escolar, jornais, fotografias, legislação, obras dos ideólogos do Estado Novo, obras de caráter didático e discursos proferidos pelas autoridades no período pesquisado. Com relação ao aporte teórico, dialoguei especialmente com o conceito de representação de Roger Chartier e de táticas e estratégias de Michel de Certeau. A tese aqui defendida é a de que a obrigatoriedade da publicação de jornais escolares e sua reunião em volumes que comemoravam datas importantes para o Estado Novo, foi uma realização exclusivamente paranaense, constituindo-se como uma das ferramentas de circulação e inculcação das ideias do regime com o intuito da manutenção do mesmo, consolidando-se como um instrumento de propaganda política e divulgação das ideias e das práticas educativas paranaenses. Palavras-chave: Imprensa Escolar. Jornais Escolares. Estado Novo. Práticas Educativas. Cultura cívica. Paraná.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This thesis investigates the School Press, a set of school newspapers from Paraná, which brought in their editions several texts written by teachers and students. The time frame of the research (1939 - 1942) corresponds to the copies of newspapers deposited in the Parana Division of the Public Library of Paraná. Even though there are some institutions that already published journals, the requirement was based on the document by Hostílio Araújo. The purpose of this study was to verify the existing texts and images in the newspapers and what their intentionality was. I also sought to analyze the civic-patriotic content present in the newspapers, since the School Press was an initiative of the Estado Novo regime, in the figure of Interventor Manoel Ribas, and was intrinsically related to it, including using commemorative dates as publication dates of the editions, and having as main theme President Getúlio Vargas and his government. The texts present in these Paraná periodicals make it possible to understand how political advertising arrived in school spaces, were received and reverberated by students from such institutions. In addition to looking at the political dimension present in the institutions' journals, I I tried to analyze, through the eyes of children and young people, the school practices that were experienced and reported by them in their school routine. The way the educational spaces were thought, planned and organized, the contents and methodologies used in the classroom, the moments of playfulness and leisure, the speeches and practices related to hygiene and health, the parties and celebrations, the relationship of students with city, are analyzed in this study. The views of children and young people regarding the practices experienced in educational spaces provide opportunities for students to perceive their educational path and their relationship with society at the time. Therefore, it is possible to see from a different perspective how was education in the Estado Novo, that went beyond what was determined in the educational legislation of the period. The sources used in this research were the volumes of the School Press, newspapers, photographs, legislation, works by the ideologues of the Estado Novo, works of a didactic character and speeches given by the authorities in the period surveyed. With regard to the theoretical contribution, I dialogued especially with the "concept of representation" by Roger Chartier and "tactics and strategies" by Michel de Certeau. The thesis defended here is that the mandatory publication of school newspapers and their meeting in volumes that celebrated important dates for the Estado Novo, was an achievement exclusively from Paraná, constituting itself as one of the of circulation and manifestation of the regime's ideas in order to maintain it, consolidating itself as an instrument of political propaganda and dissemination of educational ideas and practices from Paraná. Keyword: School Press. School Newspapers. Estado Novo. Educational Practices. Civic Culture. Paraná.pt_BR
dc.format.extent359 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectJornalismo e educaçãopt_BR
dc.subjectJornalismo escolarpt_BR
dc.subjectImprensa - Paraná - Históriapt_BR
dc.subjectEducação e Estadopt_BR
dc.subjectEducação - Históriapt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleA imprensa escolar no Paraná : práticas escolares e cultura cívica no Estado Novo (1939-1942)pt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record