Show simple item record

dc.contributor.advisorHiga, Antonio Rioyeipt_BR
dc.contributor.authorMartinez, Diego Tyszkapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.contributor.otherResende, Marcos Deon Vilela dept_BR
dc.date.accessioned2013-06-12T16:50:03Z
dc.date.available2013-06-12T16:50:03Z
dc.date.issued2013-06-12
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/6914
dc.description.abstractAcacia mearnsii De Wild. (acácia-negra) é uma espécie florestal originária da Austrália, sendo tradicionalmente plantada no estado do Rio Grande do Sul. Plantada comercialmente desde 1930, faz parte do complexo florestal e econômico do estado, envolvendo milhares de pequenos e médios produtores rurais, além dos reflorestamentos realizados pelas indústrias. Em 1983, tiveram início os programas de melhoramento genético da espécie no Brasil. Baseado em estudos referentes a procedências instaladas, verificou-se o potencial da introdução de novas fontes de sementes. Foram instalados, em 1994, testes combinados de procedências e progênies localizadas em três fazendas nos municípios de Cristal e Piratini-RS. Aos 7 anos de idade, foram avaliadas 21 características referentes à produtividade e a qualidade da madeira e do tanino, para selecionar as melhores progênies, para comporem um Pomar de Sementes por Muda. A procedência APS (testemunha) apresentou melhor qualidade da madeira e tanino, apresentando produtividade pouco inferior à outras procedências. A avaliação das progênies através do procedimento REML/BLUP permitiu identificar as melhores famílias para serem selecionadas, de acordo com suas herdabilidades, visando maximizar o ganho de seleção. Os ganhos de seleção estimados variaram para cada fazenda, sendo muito baixos para a fazenda Sossego, intermediários para a fazenda Ouro Verde e maiores para a fazenda Serraria. Para a fazenda Ouro Verde e Serraria, os métodos de seleção que proporcionaram maiores ganhos foram o de seleção individual em DAP (diâmetro a 1,30 m de altura, em cm) e o índice de seleção baseado em DAP e teor de tanino a 12% de umidade. Para a fazenda Sossego, os métodos com maiores ganhos foram o individual para teor de tanino a 12% de umidade, individual para densidade e índice de seleção combinado para densidade e teor de tanino a 12% de umidadept_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectEngenharia Florestal - Tesespt_BR
dc.subjectGenetica florestalpt_BR
dc.subjectMadeira - Qualidadept_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectAcacia-negrapt_BR
dc.subjectAcacia-negra - Melhoramento genéticopt_BR
dc.subjectTaninopt_BR
dc.titleSeleção genética de Acácia mearnsii De Wild. (acácia-negra) visando o aumento da qualidade e produtividade de madeira e tanino no Rio Grande do Sulpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record