Show simple item record

dc.contributor.advisorPenteado, Heloisa Dupaspt_BR
dc.contributor.authorGuelfi, Wanirley Pedroso, 1950-pt_BR
dc.contributor.otherVieira, Carlos Eduardo, 1963-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2022-08-18T18:58:27Z
dc.date.available2022-08-18T18:58:27Z
dc.date.issued2001pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/68403
dc.descriptionOrientadora: Prof.ª Dr.ª Heloísa Dupas Penteadopt_BR
dc.descriptionCoorientador: Prof. Dr. Carlos Eduardo Vieirapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Curso de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 123-129pt_BR
dc.description.abstractResumo: Nesta investigação o objetivo norteador foi compreender a inclusão e permanência da Sociologia como disciplina escolar nos currículos do ensino secundário brasileiro entre 1925-1942, na modalidade propedêutica. Este objeto de estudo insere-se num campo de pesquisa recente e em constituição: a história das disciplinas escolares. A justificativa do recorte temporal e da delimitação do tema fundamentou-se em duas questões: primeira, o período pesquisado foi o único momento, no qual, a Sociologia foi obrigatória, incluída e ministrada; segunda, as pesquisas sobre o tema são incipientes. Diante desse quadro a problemática foi direcionada no sentido de verificar se inclusão da Sociologia nesse período foi associada ao ideário da modernidade, constituindo-se num dos seus símbolos e instrumentos que participa efetivamente no processo de constituição da modernidade no país. Esse tema envolve, ao mesmo tempo, discussões teórico-metodológicas da Ciência de Referência, da Educação e do ensino, portanto, as fontes selecionadas para a investigação restringiram-se: a uma literatura específica sobre esses campos de estudos; a legislação escolar; os programas de ensino; os livros didáticos; um dicionário de Sociologia. Mesmo interligados no contexto histórico referenciado, o conceito predominante nos 1920 foi "modernização" e nos 1930 foi o de "reconstrução nacional". Porém, nas duas décadas a educação foi a palavra mágica para as possíveis "saídas" e as "soluções" dos problemas nacionais. Nesse período o ensino superior e secundário foram priorizados nas reformas educacionais. E a Sociologia como disciplina escolar foi incluída nas séries que preparavam os alunos que pretendiam ingressar no ensino superior nos cursos de: medicina, odontologia, farmácia, engenharia, arquitetura e direito.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The present investigation guides to the understanding of the reason why sociology was inserted and remained as a subject in the Brazilian high school curriculum within the preparatory study category, between 1925 and 1942. School subject's history - the present study is part of researches recently done, and it's being constituted. The reason for choosing a temporal approach and limiting the theme rests on two issues: the first one, the research period was the only moment in which sociology was binding, included and taught; the second one, the researches about the theme school subjects history are incipient. As a consequence of this situation we concentrated our focus on checking if the inclusion of sociology at that period was associated to promoting the idea of modernity in the country, becoming one of its effective symbols and tools. The present theme involves, at the same time, theoretical-methodological discussions on reference, education and teaching sciences. For this reason the history sources selected are restricted to the specific literature about these fields of study, school legislation and didactic books. Although the "modernization" e "national reconstruction" concepts were interconnected in the referenced historic context. The first one prevailed in the twenties and the latter in the thirties. However, in both decades "education" was the magical word for the possible "exits" and "solutions" to the national problems. In this period, the secondary and high school teaching were prioritized on educational reformations. And the sociology was included in the series which prepared. The students who intended to enter in the university to study medicine, odontology, pharmacy, engineering, architecture and advocacy.pt_BR
dc.format.extent194 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectRedação acadêmicapt_BR
dc.subjectSociologia - Estudo e ensino - 1925-1942pt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleA sociologia como disciplina escolar no ensino secundário brasileiro : 1925-1942pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record