Show simple item record

dc.contributor.authorGomes, João Victor Pacheco, 1981-pt_BR
dc.contributor.otherDelazari, Luciene Stamato, 1971-pt_BR
dc.contributor.otherSchmidt, Marcio Augusto Reolonpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicaspt_BR
dc.date.accessioned2021-04-08T19:28:17Z
dc.date.available2021-04-08T19:28:17Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/67764
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Luciene Stamato Delazaript_BR
dc.descriptionCoorientador: Prof. Dr. Marcio Augusto Reolon Schmidtpt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas. Defesa : Curitiba, 19/02/2020pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 188-204pt_BR
dc.description.abstractResumo: A representação dos espaços indoor tornou-se uma tendência aliada ao desenvolvimento tecnológico, que permite que tecnologias avançadas deem suporte ao mapeamento e à representação. É o caso da realidade aumentada (RA) uma das formas de representação dos espaços indoor que permite a visualização de um ambiente de mistura com informações digitais e as características do espaço real. Acredita-se ser possível adequar algumas características na representação dos espaços indoor no contexto da RA para sistemas de navegação em dispositivos móveis. Devido ao tamanho reduzido da tela os símbolos pictóricos surgem como uma alternativa para indicar posições de pontos de referência no espaço representado sem a necessidade do uso da legenda. O problema proposto está em como utilizar os símbolos pictóricos nas representações de espaços indoor em RA. Sendo, portanto, o objetivo deste trabalho determinar como a simbologia pictórica pode auxiliar na localização de pontos de referência para navegação em ambiente indoor, representados em sistemas de realidade aumentada. Para isso, utilizou-se de um conjunto de símbolos pictóricos que foram adequados segundo as leis da Gestalt e adaptados para representação em RA. Foram realizados dois testes no espaço indoor da Universidade Federal do Paraná com RA simulada. No primeiro teste o objetivo era avaliar se as taxonomias de pistas, deph cues, conforme aplicadas nas representações bidimensionais possuíam um resultado similar no contexto da RA. O teste foi realizado por via de formulário online utilizando diferentes cenários. O segundo teste verificou a capacidade de percepção dos símbolos com fundo transparente em cenários de contraste variado, o raciocínio espacial e orientação nesses espaços com a aplicação dos símbolos propostos e tarefas aos participantes. Os resultados indicaram que as taxonomias de pistas são eficazes no contexto da RA quando há discrepância no tamanho dos símbolos representados. Além disso, indicou que, apesar das condições ambientais influenciarem na representação e no reconhecimento de feições, é possível aplicar os símbolos pictóricos para obter o raciocínio espacial, orientação e tomada de decisão nos espaços indoor. Palavras chave: realidade aumentada; indoor; símbolos pictóricos; pontos de referência.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The representation of indoor spaces has become a trend combined with technological development, which allows advanced technologies to support mapping and representation. This is the case of augmented reality (AR), one of the forms of representation of indoor spaces that allows the visualization of a mixing environment with digital information and the characteristics of the real space. It is believed that it is possible to adapt some characteristics in the representation of indoor spaces in the context of AR for navigation systems on mobile devices. Due to the reduced size of the canvas, pictorial symbols appear as an alternative to indicate positions of reference points in the represented space without the need for using the legend. The proposed problem is how to use the pictorial symbols in the representations of indoor spaces in RA. Therefore, the objective of this work is to determine how pictorial symbology can help in locating reference points for navigation in an indoor environment, represented in augmented reality systems. For that, it was used a set of pictorial symbols that were adapted according to Gestalt laws and adapted for representation in RA. Two tests were carried out in the indoor space of the Federal University of Paraná with simulated AR. In the first test, the objective was to evaluate whether the taxonomies of clues, deph cues, as applied in two-dimensional representations, had a similar result in the context of AR. The test was performed using an online form using different scenarios. The second test verified the perception capacity of the symbols with transparent background in scenarios of varied contrast, the spatial reasoning and orientation in these spaces with the application of the proposed symbols and tasks to the participants. The results indicated that clue taxonomies are effective in the context of AR when there is a discrepancy in the size of the symbols represented. In addition, he indicated that, although environmental conditions influence the representation and recognition of features, it is possible to apply pictorial symbols to obtain spatial reasoning, orientation and decision making in indoor spaces. Keywords: augmented reality; indoor; pictorial symbols; reference points.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (229 p.) : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectRealidade aumentadapt_BR
dc.subjectSinais e simbolospt_BR
dc.subjectMapeamento digitalpt_BR
dc.subjectGeodésiapt_BR
dc.titleSímbolos pictóricos para a representação de pontos de referência aplicados à realidade aumentada para espaços indoorpt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record