Show simple item record

dc.contributor.advisorSchunig, Fernando Raimundopt_BR
dc.contributor.advisorBreda, Sonia Mariapt_BR
dc.contributor.authorFernandes, Ivan Ricardopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Especialização em Planejamento e Controle da Segurança Públicapt_BR
dc.date.accessioned2020-06-23T17:04:44Z
dc.date.available2020-06-23T17:04:44Z
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/67282
dc.descriptionOrientadores: Fernando Raimundo Schunig, Sonia Maria Bredapt_BR
dc.descriptionMonografia(Especialização) - Universidade Federal do Paraná,Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Curso de Especialização em Planejamento e Controle da Segurança Publicapt_BR
dc.description.abstractResumo: Estudo sobre a prevenção de incêndios no Paraná. Toma por base o Sistema de Registro e Estatísticas de Ocorrências do Corpo de Bombeiros (SYSBM), a fim de traçar o perfil de incêndios em edificações no Paraná no período de 2005 a 2010. Revela que: 69% dos incêndios ocorrem em residências; 41% ocorrem nas residências construídas em alvenaria e 39% nas construídas em madeira; 31% ocorrem nos finais de semana; entre 20:00h e 21 :00h ocorre a maior incidência de incêndios em residências; 9,46% dos incêndios em residências ocorrem no mês de agosto; 26,4% ocorrem no inverno; 38% das ocorrências de incêndio em residências ocorrem em Curitiba e região metropolitana. Para evidenciar a percepção do bombeiro militar sobre a ocorrência de incêndios e fundamentar ações preventivas, aplica questionário a 150 bombeiros militares, representantes das quinze unidades operacionais de todo o Estado. Os resultados mostraram que: todos os pesquisados consideraram importante (76% muito importante e 24% importante) o registro de dados; 65% afirmaram que o Corpo de Bombeiros realiza a análise estatística e 27% desconhecem se as informações são analisadas; 60% afirmaram que as ações de prevenções são realizadas com base na estatística de incêndios ocorridos e 40% afirmaram que não; 95% dos pesquisados responderam que as ocorrências de incêndios diminuiriam se os dados estatísticos forem utilizados nas ações de prevenção e 5% responderam que não. Propõe ações de prevenção baseadas no perfil de incêndios.pt_BR
dc.format.extent67 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectPrevençao de incendio - Paraná (PR)pt_BR
dc.subjectBombeiros - Paranápt_BR
dc.titleAções estratégicas preventivas a partir do perfil dos incêndios em edificações ocorridos no Paraná de 2005 a 2010pt_BR
dc.typeMonografia Especializaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record