Show simple item record

dc.contributor.advisorDiniz Filho, Luis Lopes, 1966-pt_BR
dc.contributor.authorSilva, Mariza Ferreira dapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geografiapt_BR
dc.date.accessioned2021-12-14T13:10:47Z
dc.date.available2021-12-14T13:10:47Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/66062
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Luis Lopes Diniz Filhopt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geografia. Defesa : Curitiba, 26/08/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 339-344pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta tese, de natureza analítico-interpretativa e descritiva, tem como objetivo avaliar a cientificidade da geografia crítica tendo por base a teoria da ciência de Karl Popper e as críticas desse autor ao marxismo. A geocrítica é uma tendência do pensamento geográfico que se define pelo objetivo de elaborar uma crítica radical ao capitalismo pelo estudo do espaço e das formas de apropriação da natureza e, em que pese sua elevada heterogeneidade teórico-metodológica, tem no marxismo o seu referencial epistemológico, político-ideológico e ético mais importante. Nesse sentido, a pesquisa selecionou os trabalhos de dois geógrafos bastante representativos dessa corrente, Milton Santos e David Harvey, como foco de uma avaliação crítica cujos parâmetros são o critério da falseabilidade de Popper e as contestações desse autor ao método marxista. As teorias desses geógrafos críticos constituem referências privilegiadas para o entendimento dos efeitos das influências marxistas, no pensamento crítico radical. A tese propõe ainda esclarecer qual é a visão sobre a geografia crítica guiada na análise desses autores, tendo em vista que tal exercício possibilitará compreender as interpretações sobre essa corrente que ao realçarem sua heterogeneidade e centrarem foco em questões epistemológicas (como a de saber se o espaço é apenas um reflexo da sociedade ou se possui também um papel ativo) diminuem a disposição para que se efetue uma reavaliação profunda dessa corrente à luz da crise do marxismo e das experiências socialistas. Palavras-chave: Epistemologia. Geografia Crítica. Ideologia. Milton Santos. David Harvey.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This thesis, of an analytic-interpretative and descriptive nature, aims to evaluate the scientificity of critical geography based on Karl Popper's theory of science and his criticism of Marxism. Geocriticism is a tendency of geographical thought that is defined by the objective of elaborating a radical critique of capitalism through the study of space and the forms of appropriation of nature and, in spite of its high theoretical-methodological heterogeneity, Marxism has its epistemological reference, political-ideological and most important ethical. In this sense, the research selected the works of two very representative geographers, Milton Santos and David Harvey, as the focus of a critical evaluation whose parameters are the criterion of Popper's falsifiability and the author's challenges to the Marxist method. The theories of these critical geographers are prime references for understanding the effects of Marxist influences on radical critical thinking. The thesis also proposes to clarify what is the view on critical geography guided by the analysis of these authors, considering that such an exercise will make it possible to understand the interpretations about this current which, by emphasizing its heterogeneity and focusing on epistemological questions (such as whether the space is merely a reflection of society or if it also has an active role) diminish the willingness to undertake a profound reevaluation of this current in light of the crisis of Marxism and socialist experiences. Keywords: Epistemology. Critical Geography. Ideology. Milton Santos. David Harveypt_BR
dc.format.extent344 p. : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectGeografiapt_BR
dc.subjectEpistemologiapt_BR
dc.subjectIdeologiapt_BR
dc.subjectGeografiapt_BR
dc.titleA cientificidade da geografia crítica em questão : avaliação das contribuições de Milton Santos e David Harvey com base na teoria da ciência de Karl Popperpt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record