Show simple item record

dc.contributor.authorRyba, Bernardete, 1954-pt_BR
dc.contributor.otherTorquato, Clóris Portopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2020-03-03T15:47:47Z
dc.date.available2020-03-03T15:47:47Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/65972
dc.descriptionOrientadora: Professora Dra. Clóris Porto Torquatopt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Letras. Defesa : Curitiba, 06/09/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 156-160pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Estudos Linguísticospt_BR
dc.description.abstractResumo: O interesse pelo tema desta pesquisa surgiu devido ao grande contingente de descendentes de poloneses presentes na Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) - Campus de União da Vitória, na qual sou docente no Curso de Letras. Grande parte dos imigrantes poloneses vieram ao Brasil e ao Paraná para suprir a mão-de-obra agrícola, após a libertação dos escravos; muitos dos seus descendentes são agricultores e, entre os filhos desses agricultores, estão alguns de nossos acadêmicos. Nesta tese realizamos uma investigação qualitativa, com enfoque interpretativo, com o objetivo geral de: Verificar e compreender como acadêmicos descendentes de poloneses negociam suas identidades, em uma universidade pública estadual paranaense; em nosso caso, UNESPAR/Campus de União da Vitória). Os objetivos específicos são: a) Verificar como ocorreu/ocorre o uso da Língua Polonesa e da Língua Portuguesa no cotidiano dos acadêmicos descendentes de poloneses (pesquisados); b) Analisar como se situam os acadêmicos descendentes de poloneses (pesquisados) frente a determinados aspectos ideológico-culturais (crença religiosa, participação em eventos que possuam festas, músicas, danças, culinária) tradicionalmente poloneses; c) Interpretar qual é o sentimento de ser descendente de poloneses e estudar em uma universidade pública estadual. A metodologia empregada se utiliza de princípios básicos da Etnografia: registro, interpretação e reflexão sobre os dados obtidos. Utilizamos, para a obtenção de dados,narrativas curtas produzidas por nove acadêmicos. A hipótese é que nas narrativas dos sujeitos pesquisados aflorassem determinadas posturas que mostrassem traços identitários e linguístico-culturais, bem como são negociadas as suas identidades no cotidiano (dentro e fora da universidade). Em nosso embasamento teórico, exploramos vários autores; citaremos apenas alguns. Para "Cultura": Cuche (1999), Eagleton (2003), Bhabha (2014), Canclini (2015) e as pesquisas de Campos (1998) e Moura (2009). Para "Identidades e Ideologias Linguísticas": Konder (2002), Moita Lopes (2002), Scherer (2003), Bakhtin (2003, 2004, 2010), Hall (2006, 2009), Silva (2009), Bhabha (2014) e Costa (2018). Para o "Panorama sócio-histórico da vinda dos imigrantes ao Brasil/Paraná": Wachowicz (1970a, 1970b, 1981). "Negociação de Identidades": Blackledge (2004), Canagarajah (2004), Egbo (2004), Pavlenko (2004) e Blommaert (2013). Para "Narrativas curtas": Georgakopoulou (2014). De forma sucinta, os resultados convergem para o uso da língua polonesa em famílias nas quais há a presença de avós; ocorre participação nas práticas religiosas, principalmente católicase em eventos tipicamente poloneses; existe gratidão e carinho pelos antepassados e sentimento de "acomodação" e/ou "silenciamento" na relação entre estar na universidade e ser descendente de poloneses. Consideramos que este estudo é relevante do ponto de vista social, pois busca ouvir vozes historicamente silenciadas, vozes dos descendentes de poloneses que se fixaram no Paraná. E inédito, pois, em meio ao escasso número de pesquisas voltadas a eles (imigrantes poloneses e seus descendentes), não encontramos discussões que enfoquem a negociação de identidades dos estudantes universitários. Importante também lembrar que as discussões que interpretam os dados poderão ser usadas pela UNESPAR, "criada" (junção de faculdades já existentes) através da Lei Estadual nº 13.283/2001 e que está, portanto, em processo de formação, para melhor conhecer seus sujeitos e promover políticas para auxiliá-los a integrar-se nos campos social e do trabalho. Palavras-chave: Acadêmicos descendentes de poloneses. Descendentes de poloneses no Paraná. Negociação de identidades.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The interest in the subject of this research emerged in view of the large contingent of Polish descendants present at the Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) - Campus de União da Vitória, in wich I am a college professor in the Curso de Letras. Most Polish immigrants came to Brazil and Paraná to supply agricultural labor after the liberation of slaves; many of their descendants are farmers, and among their sons and daughters are some of our college students. In this thesis, we conducted a qualitative investigation with interpretative approach, with the general objective of: Verify and understand how college students of Polish descendants negotiate their identities in a state public university in Parana, in our case, UNESPAR/Campus de União da Vitória. The specific objectives are: a) To verify how the use of the Polish language and the Portuguese language occurred/occurs in the daily lives of the college students searched; b) To analyze how are the college students of Polish descendant (searched) behave certain ideological-cultural aspects (religious belief, participation in events that have parties, songs, dances, cooking) traditionally Polish; c) To interpret what it feels like to be Polish descendant and study at a state public university.The methodology employed uses the basic principles at Ethnography: registration, interpretation and reflection on the obtained data. We used, for data collection, short narratives produced by nine college students. The hypothesis is that in the narratives of the researched subjects, certain postures emerged that showed identity and linguistic-cultural traits, as well as their daily identities are negotiated (inside and outside the university). In our theoretical background, we use several authors; just a few: For "Cultura": Cuche (1999), Eagleton (2003), Bhabha (2014), Canclini (2015), and the researches of Campos (1998) and Moura (2009). For "Identidades e Ideologias Linguísticas": Konder (2002), Moita Lopes (2002), Scherer (2003), Bakhtin (2003, 2004, 2010), Hall (2006, 2009), Silva (2009), Bhabha (2014) e Costa (2018). For "Panorama sóciohistórico da vinda dos imigrantes ao Brasil e ao Paraná": Wachowicz (1970a, 1970b, 1981). "Negociação de Identidades": Blackledge (2004), Canagarajah (2004), Egbo (2004), Pavlenko (2004) and Blommaert (2013). For "Narrativas curtas": Georgakopoulou (2014). Succinctly, the results converge on the use of the Polish language in families with grandparents; participation in religious practices, mainly Catholic and in typically Polish events; there is gratitude and affection for the ancestors and a feeling of "accommodation" and/or "silence" in the relationship between being in university and being of Polish descendant. We consider this study to be socially relevant because it seeks to listen historically silenced voices, the voices of Polish descendants who settled in Parana. And, unprecedent research, because amind the scarce number of researches aimed at them (Polish immigrants and their descendants) we did not find discussions that focuses on negotiation of college students. It is also important to remember that the discussions that interpret the data may be used by UNESPAR, "created" (it is a junction of existing colleges), trough Lei nº 13.283/2001, and it is, therefore, in the process of forming, to better know its subjects and promote policies to assist them in the social and work fields. Keywords: College students of Polish descendants. Polish descendants in Parana. Identity Negotiation.pt_BR
dc.format.extent173 p. : il. color.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectLetraspt_BR
dc.subjectEducação - Estudantes - Identidadept_BR
dc.subjectImigrantes poloneses - Brasil - Históriapt_BR
dc.titleAcadêmicos descendentes de poloneses : negociação de identidades em uma universidade pública estadual paranaensept_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record