Show simple item record

dc.contributor.advisorPereira, Roberto, 1983-pt_BR
dc.contributor.authorStrey, Mateus Rambo, 1993-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Exatas. Programa de Pós-Graduação em Informáticapt_BR
dc.date.accessioned2021-06-21T20:06:24Z
dc.date.available2021-06-21T20:06:24Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/65809
dc.descriptionOrientador: Roberto Pereirapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Exatas, Programa de Pós-Graduação em Informática. Defesa : Curitiba, 29/08/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 56-58pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Ciência da Computaçãopt_BR
dc.description.abstractResumo: A produção, processamento e armazenamento de grandes volumes de dados têm sido uma realidade diária e o surgimento de áreas como Big Data, Internet of Things e e-Science corroboram com a necessidade de interagir com dados em diversos contextos. As influências e consequências dessa interação são estudadas por pesquisadores que atuam na área de Interação Humano-Dados (IHD), preocupados com o fazer sentido, agência e até as consequências técnicas e sociais atreladas a produção e coleta, processamento, visualização e manutenção dos dados, como o direito a privacidade e a propriedade. Considerando a presença cotidiana de contextos compatíveis com a IHD e a diversidade de facetas que a área engloba, se faz necessário que projetistas (analistas, desenvolvedores, engenheiros, arquitetos) de software entendam a problemática da interação com dados de maneira sistêmica e integrada ao conceber uma solução computacional que apoie a IHD. Em um Mapeamento Sistemático de Literatura, foram identificados elementos conceituais que merecem atenção em contextos de IHD (e.g. transparência, legibilidade, privacidade, etc.). Entretanto, nenhum método que pudesse apoiar projetistas de software para considerar esses elementos desde os estágios iniciais do desenvolvimento de software foi encontrado. Nesta pesquisa, foi concebido um framework conceitual - chamado Human-Data Ideation (HDIdea) - que busca apoiar os envolvidos com o projeto de soluções de software em IHD a identificar, entender e especificar elementos que são críticos para o contexto de uso das soluções, de uma perspectiva de diferentes partes interessadas em diferentes estágios do Ciclo de Vida dos Dados. O framework apoia os projetistas na identificação de partes interessadas do projeto, suas motivações e ações relacionadas ao elementos conceituais identificados na IHD, para então analisar os problemas em múltiplos níveis de abstração por meio de um artefato adaptado da Semiótica Organizacional. Quatro estudos empíricos foram conduzidos aplicando o framework em diferentes situações: os primeiros dois para a sua concepção e os últimos dois para seu uso e análise do uso. O primeiro e quarto experimentos foram conduzidos com estudantes de pós-graduação na área de Interação Humano-Computador (IHC), e o segundo e terceiro experimentos foram conduzidos com graduandos em Ciência da Computação durante uma disciplina de Engenharia de Requisitos. Os graduandos foram escolhidos por representarem o público-alvo do framework e os pós-graduandos devido ao seu conhecimento abrangente da área de IHC, relevante para a IHD. Os resultados sugerem que o framework é promissor ao apoiar os participantes em atividades de entendimento de problema, aumentando a preocupação com os elementos importantes para a IHD e auxiliando o processo de desenvolvimento de software contextualizado na área, aproximando conceitos e processos das áreas de IHC e Engenharia de Software. Como principais contribuições da pesquisa: (I) um mapeamento da literatura de IHD; (II) um framework conceitual que apoia projetistas de software no entendimento de problemas em contextos de IHD; e (III) uma ferramenta que apoia o processo de Mapeamento ou Revisão Sistemática de Literatura e que ajuda a difundir a prática. Palavras-chave: Interação Humano-Dados. Framework Conceitual. Entendimento de problema. Interação Humano-Computador. Requisitos de Software.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The production, processing and storage of large volumes of data has been a daily reality and the emergence of areas such as Big Text, Internet of Things and e-Science enhance the need to interact with data in different contexts. The influences and consequences of this interaction are studied by researchers working in the area of Human-Data Interaction (HDI), concerned with sensemaking, agency and even the technical and social consequences linked to data production and collection, processing, visualization and disposal, such as rights to privacy and data property. Considering the daily presence of HDI-compliant contexts and the diversity of facets it encompasses, it is necessary that software designers (analysts, developers, engineers, architects) understand the problem of interacting with data in a systemic and integrated manner when creating a computing solution that supports HDI. In a Systematic Mapping of Literature, conceptual elements that deserve attention in HDI contexts were identified (e.g. transparency, legibility, privacy, etc.). However, no method that could support software designers to consider these elements from the early stages of software development was found. In this research, a conceptual framework named Human-Data Ideation was created to support the ones involved with the design of HDI software solutions to identify, understand and specify elements that are critical for the solution's usage context, ffrom the perspective of different stakeholders in different stages of Data Lifecycle. The framework supports designers to identify project stakeholders, their motivations and actions related to the conceptual elements identified in the HDI, to then analyze their problems in multiple levels of abstraction through an artifact adapted from Organizational Semiotics. Four practical studies were conducted applying the framework in different situations: the first two for its conception and the last two for its use and analysis of the use. The first and fourth experiments were carried out with post-graduate students in the area of Human-Computer Interaction (HCI) and the second and third experiments were carried out with graduates in Computer Science during a discipline of Requirements Engineering. The undergraduates were chosen because they represented the target audience of the framework and post-graduate students for their comprehensive knowledge of the HCI area, relevant for HDI. Results suggest that the framework is promising to support the participants in problem understanding activities, raising the concern with important elements for HDI and assisting the process of developing software, bringing closer concepts and processes in the areas of HCI and Software Engineering. As the main contributions from this research: (I) a mapping of the HDI literature; (II) a conceptual framework to support software designers in problem understanding for HDI contexts; and (III) a tool that supports the systematic literature review process and helps spread the practice. Keywords: Human-Data Interaction. Conceptual Framework. Problem understanding. Human- Computer Interaction. Software requirements.pt_BR
dc.format.extent114 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectInteração homem-máquinapt_BR
dc.subjectFramework (Programa de computador)pt_BR
dc.subjectEngenharia de requisitospt_BR
dc.subjectCiência da Computaçãopt_BR
dc.titleHuman-data ideation : um framework conceitual para apoiar o entendimento de problemas em interação humano-dadospt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record