Show simple item record

dc.contributor.advisorMartinez, Ron, 1968-pt_BR
dc.contributor.authorPazello, Elizabethpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2020-03-03T16:09:29Z
dc.date.available2020-03-03T16:09:29Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/65612
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Ronald Barry Martinezpt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Letras. Defesa : Curitiba, 23/08/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 358-383pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Estudos Linguísticospt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta tese explora as percepções do conceito de internacionalização na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, campus Curitiba (UTFPR-CT), para identificar o impacto desse conceito no modus operandi da instituição com foco no surgimento do cenário linguístico-pedagógico docente e suas características. Aplicada com uma abordagem predominantemente qualitativa, a metodologia da pesquisa caracteriza-se como do tipo exploratório de método misto. Os dados foram gerados a partir de questionário e entrevista, cuja interpretação foi auxiliada por categorias interpretativas por meio de code scheme, axial coding e do software AntConc na explicitação de variáveis no enredamento do conceito de internacionalização na UTFPR-CT. Para sua estruturação, três movimentos organizacionais específicos foram elaborados. O primeiro é a busca de marcas semânticas incorporadas ao conceito de internacionalização em sua intersecção com dois outros construtos sociais pertinentes, nomeadamente, a globalização e a educação universitária. O segundo enfoca o reconhecimento dos impactos do processo de internacionalização no que se refere ao modus operandi da universidade em questão. Por sua vez o terceiro aborda a premência de ressignificação da episteme do cenário pedagógico na internacionalização resultante da configuração linguístico-pedagógica inerente. Em resposta aos objetivos, disponibilizou-se uma revisão de literatura nacional e internacional sobre internacionalização do ensino superior, com foco na relação entre globalização, educação universitária e interculturalidade, além de contemplar a trajetória histórico-social da universidade supracitada frente ao processo de internacionalização institucional. Com base na revisão de literatura, análise e interpretação dos dados concluiu-se que as estratégias para a internacionalização na UTFPR-CT se articulam predominantemente a partir do conceito de modelo de internacionalização passiva em torno de uma mobilidade predominantemente estudantil. Nessa razão, a percepção do conceito de internacionalização na universidade é a de um processo integrador positivo de dimensão internacional e intercultural nas funções de ensino, pesquisa e extensão da instituição no sentido de integrar a universidade ao ethos da globalização. Em vista disso, ao ser associado ao segmento de educação universitária, o conceito de internacionalização incorpora marcas semânticas de educação como serviço prestado em consonância com o modelo neoliberalista de universidade heterônoma. Ainda que o lucro não seja motivação expressiva para a internacionalização dentro da instituição, é unânime o reconhecimento do aumento de competividade em busca de notoriedade em relação a rankings internacionais e ao volume de publicação acadêmica. Os programas de aprendizagem e proficiência em língua estrangeira privilegiam a língua inglesa, o que autoriza a caracterização da UTFPR-CT como um locus de enunciação no qual há a ratificação do papel hegemônico da língua inglesa como meio de instrução em cenário de internacionalização.Com efeito, a necessidade de comando da língua inglesa e o reconhecimento da peculiaridade do cenário pedagógico do professor na internacionalização são mencionados como medulares para o sucesso das ações institucionais de internacionalização. Palavras-chave: Internacionalização. Língua inglesa. Cenário pedagógico do docente na internacionalização. Crenças docentes.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This thesis examines the way the concept of internationalization is perceived at the Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, henceforth UTFPR-CT (Federal University of Technology of Paraná State in Curitiba), to identify its impact on the university 's modus operandi with special attention to the emergence of a new pedagogical and linguistic field in the internationalization scenario which relates to the professor in internationalization settings. The research follows a mixed-method approach whereas data was interpreted from a qualitative perspective. Data stemmed from a questionnaire and an interview whose interpretation and analysis were aided by computer tools such as the code scheme, axial coding, and the software AntConc. Three steps were strategic to structure the research. The first one relates to the finding that semantic traits which are incorporated to the concept of internationalization to better understand its overlapping two other social constructs, namely, globalization and higher education. In turn, the second focuses the recognition of the impacts of the internationalization process as far as the university's modus operandi is concerned. The third entails the call for a resignification of the teacher's pedagogical setting to meet internationalization demands due to a peculiar pedagogical and linguistic environment under construction. In order to attain the objectives, an overall review of national and international literature on internationalization of Higher Education was carried out with special concern on globalization, university education and interculturality. Valuable information on the historical background of UTFPR-CT as well as its standing along the internationalization continuum was carefully added. Relying on the literature review, data analysis and interpretation, it was possible to conclude that UTFPR-CT strategies towards internationalization mostly reflect the outbound internationalization model. As for the institutional perception of the concept, internationalization is defined as an integrating and positive process which binds together international and intercultural fields what includes the sectors of undergraduation, graduation and research in such a way that the university becomes part of the globalization ethos. As the concept of internationalization enters the field of higher education, it incorporates the semantic trait of education as service rendered in consonance with neoliberal views, although the profit does not show as the main aim of internationalization at UTFPR-CT. In turn the increase in competitivity in search of high positions in university rankings or academic publishing is widely acknowledged. It is also a fact that fostering programs for foreign language learning and proficiency enhances the English language. Therefore, the university can be classified as a locus of enunciation where the hegemonic role of the English language as a medium of instruction is reinforced. In fact, the urge to the command of English and the emergence of a peculiar pedagogic teacher setting in internationalization processes are admitted as crucial towards success of institutional actions towards internationalization. Keywords: Internationalization. English Language. Pedagogical teaching environment in international settings. Teachers' beliefs.pt_BR
dc.format.extent397 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectUniversidade Tecnológica Federal do Paranápt_BR
dc.subjectGlobalizaçãopt_BR
dc.subjectLíngua inglesapt_BR
dc.subjectEnsino superior - Paranápt_BR
dc.subjectLetraspt_BR
dc.titleInternacionalização na UTFPR : da cereja do bolo às duas pontas do icebergpt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record