Show simple item record

dc.contributor.authorDeosti, Aline, 1983-pt_BR
dc.contributor.otherFoltran, Maria José, 1954-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2020-03-03T17:51:21Z
dc.date.available2020-03-03T17:51:21Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/65140
dc.descriptionOrientadora: Maria José Gnatta Dalcuche Foltranpt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Letras. Defesa : Curitiba, 07/08/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 167-176pt_BR
dc.description.abstractResumo: Nossa pesquisa começou a delinear-se a partir de uma questão bastante comum entre professores de língua portuguesa nas últimas décadas: ensinar ou não ensinar gramática? Com um pouco de leitura (Franchi, 2006 [1978]; Geraldi, 1984 [1981]; Possenti, 1996; Antunes, 2003; Mendonça, 2006, Perini, 2016), nossa dúvida foi satisfatoriamente sanada com uma resposta repetida de forma enfática por esses profissionais: sim, devemos ensinar gramática. A partir dessas reflexões, começamos a perceber que esses autores apontavam diferentes objetivos para o ensino de gramática: a formação científica do aluno (Perini, 2016, Borges Neto; 2012) e o desenvolvimento da habilidade linguística: escrita, leitura e oralidade. (Franchi, 2006 [1978]; Geraldi 1984 [1981]; Antunes, 2003; Medonça, 2006). Considerando que existam objetivos distintos relacionados às práticas pedagógicas para o ensino de gramática, começamos a nos questionar como o tratamento didático desse conteúdo pode dar conta de atingir o que se espera da aula de gramática. Assim, a partir da análise de exercícios de gramática destinados à Educação Básica, buscamos investigar, nesta tese, que tipo de tratamento didático é aplicado ao conteúdo de gramática e explicitar os objetivos centrais desse ensino. Nosso corpus é constituído de atividades de gramática presentes em unidades didáticas das Produções Didático-pedagógicas desenvolvidas por professores da Rede Estadual de Ensino do Paraná em processo de formação continuada no Programa de Desenvolvimento Educacional dos anos de 2007 a 2014. Tomando como fio condutor de reflexão as questões de pesquisa, discutimos as noções de análise linguística, os conceitos de gramática internalizada, gramática normativa, gramática descritiva, perpassados pelas concepções de língua. Discutimos também as propostas de ensino gramatical, pautando-nos teoricamente em trabalhos de João Wanderley Geraldi (1984 [1981], 1997), Antunes (2003, 2014), Mendonça (2006, 2007), Faraco (2008, 2017), Borges Neto (2012), Wachowicz (2012), Foltran (2013), Perini (2016) e Carlos Franchi (2006 [1978]). Após análise das Produções Didático-pedagógicas do PDE/PR, concluímos que o tratamento didático do conteúdo gramatical pode abranger tanto um ensino de gramática voltado para o desenvolvimento de habilidades linguísticas, escrita, leitura e oralidade, quanto um ensino pautado exclusivamente na metalinguagem gramatical e suas classificações. Palavras-chave: Ensino de Gramática; Análise linguística; PDE.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research started from a very common question among Portuguese language teachers in recent decades: to teach or not to teach grammar? Reading Franchi (2006 [1978]); Geraldi (1984 [1981]); Possenti (1996); Antunes (2003); Mendonça (2006) and Perini (2016) we had our question satisfactorily answered: Yes, we should teach grammar. From these reflections, we realized that these authors pointed different goals of grammar teaching: the student's scientific education (Perini, 2016; Borges Neto, 2012) and the development of language skills: writing, reading and speaking (Franchi, 2006 [1978]; Geraldi, 1984 [1981]; Antunes, 2003 and Mendonça, 2006). Then, considering that there are different approaches of grammar teaching and different aims related to the pedagogical practices of grammar teaching, we investigate what types of didactic treatment can be observed in the activities carried out in the classroom and what the main goals of grammar teaching. Our corpus comprises grammar activities found in the teaching units of the Didactic-pedagogical Productions written by teachers of state schools in the State of Paraná who took part in a continued education process which was part of the Educational Development Program (PDE) between the years of 2007 and 2014. The research question that guided our reflection - "What is/are the goal(s) of teaching grammar?" - led us to discuss notions of linguistic analysis, the concepts of internalized, prescriptive and descriptive grammars, intertwined with concepts of language. We also discuss grammar teaching approaches, based on the works of João Wanderley Geraldi (1984 [1981], 1997), Antunes (2003, 2014), Mendonça (2006, 2007), Faraco (2008), Borges Neto (2012), Wachovciz (2012), Foltran (2013), Perini (2016) and Carlos Franchi (2006 [1978]). We observed that the didactic treatment of grammar content can mean both a meaningful teaching of grammar aimed at developing linguistic abilities, writing, reading and speaking and a not-so meaningful teaching, based exclusively on metalanguage and grammar categories. Keywords: Grammar Teaching; Linguistic Analysis; PDE.pt_BR
dc.format.extent193 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectBrasil. Ministério da Educaçao. Plano de Desenvolvimento da Educaçaopt_BR
dc.subjectLíngua portuguesa - Gramáticapt_BR
dc.subjectLíngua portuguesa - Estudo e ensino - Paranápt_BR
dc.subjectLetraspt_BR
dc.titleO objetivo do ensino de gramática : uma análise do PDE/PR de língua portuguesapt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record