Show simple item record

dc.contributor.advisorLagreze, Franciscopt_BR
dc.contributor.authorAfonso, Taís Serpa, 1992-pt_BR
dc.contributor.otherPetersen, Rodolfo Luis, 1962-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Centro de Estudos do Mar. Programa de Pós-Graduação em Sistemas Costeiros e Oceânicospt_BR
dc.date.accessioned2019-11-08T20:41:56Z
dc.date.available2019-11-08T20:41:56Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/64316
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Franciso José Lagreze-Squellapt_BR
dc.descriptionCoorientador: Dr. Rodolfo Luis Petersenpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Sistemas Costeiros e Oceânicos. Defesa : Pontal do Paraná, 28/03/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: A aquicultura compreende o cultivo de organismos aquáticos, considerada uma grande promessa para suprir a demanda de proteína saudável necessária à nutrição regular do ser humano. A sustentabilidade e a resiliência das comunidades ostreicultoras dependem de mecanismos que permitam gerenciar os estoques naturais combinando produção e conservação. Desta forma é fundamental conhecer o ciclo reprodutivo para o sucesso da ostreicultura. Este trabalho avaliou o ciclo reprodutivo de ostras Crassostrea gasar oriundas da Baía das Laranjeiras (25 ° 30?s; 48 °30?w) tendo sido três pontos amostrais: Ilha Rasa, Medeiros e Ponta Oeste da Ilha do Mel. De novembro de 2017 a outubro de 2018, ostras adultas (n=30) foram coletadas mensalmente, totalizando 360 ostras. Temperatura e salinidade foram registrados in loco com CTD na ocasião das coletas. Em laboratório, foi realizada a biometria dos animais e através de análise molecular, as ostras foram identificadas a nível de espécie. A análise histológica do tecido gonadal foi realizada com lâminas coradas em hematoxilina de Harris e eosina. A variação da salinidade foi significativa (p<0,05) sendo em Ponta Oeste a média de 28, Medeiros 23 e em Ilha Rasa 21. Não houve diferença significativa na temperatura entre os pontos amostrais sendo a média de 25°C. As ostras foram classificadas da espécie C. gasar (100%). A análise histológica revelou fêmeas (57%), machos (20%) e sexo indeterminado (22%). A reprodução de C. gasar na latitude do CEP ocorreu de forma intermitente com desova intensa nos meses quentes (média 26,72°C) e no mês de junho quando ocorreu declínio da temperatura da água do mar (20°C). Houve estágio de repouso tanto em machos quanto em fêmeas no inverno e ostras parasitadas por Bucephalus sp. (n=25) onde em alguns casos o parasitismo impossibilitou a sexagem. Estudos sobre o ciclo reprodutivo das ostras e sua variação genética são de extrema importância para os cultivos e para a preservação dos estoques naturais. Com os resultados do ciclo reprodutivo em três ambientes diferentes, obtivemos informações que podem auxiliar na exploração racional da espécie na região do CEP, bem como o momento ideal para a reprodução induzida em laboratório para produção de sementes. Foi possível verificar também as melhores épocas (março, abril, maio, outubro e novembro) para inserção dos coletores artificiais (como garrafas pet) na água com o intuito dos ostreicultores utilizarem destas sementes para posterior engorda em cultivo. Com isso, é esperado que o extrativismo no ambiente diminua contribuindo com a resiliência das comunidades de ostras presente nos manguezais do litoral do Paraná. Palavras-chave: ostras nativas. ostreicultura. estágio sexual. desova. extrativismo.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Aquaculture comprises the cultivation of aquatic organisms, considered a great promise to supply the demand for healthy protein necessary for the regular nutrition of the human being. The sustainability and resilience of oyster farming communities depends on mechanisms that allow natural stocks to be managed by combining production and conservation. In this way it is fundamental to know the reproductive cycle for the success of ostreicultura. This work evaluated the reproductive cycle of Crassostrea gasar oysters from the Bay of Laranjeiras (25 ° 30 's, 48 ° 30'w) and three sampling points: Ilha Rasa, Medeiros and Ponta Oeste of Honey Island. From November 2017 to October 2018, adult oysters (n = 30) were collected monthly, totaling 360 oysters. Temperature and salinity were recorded on the spot with CTD at the time of collection. In the laboratory, the biometry of the animals was performed and through molecular analysis, the oysters were identified at the species level. Histological analysis of the gonadal tissue was performed with blades stained in Harris haeatoxylin and eosin. Salinity variation was significant (p <0.05), with a mean of 28 in Medeiros 23 and in Rasa Island in the West Point. There was no significant difference in temperature between the sampling points, with an average of 25 ° C. Oysters were classified as C. gasar (100%). Histological analysis revealed females (57%), males (20%) and undetermined sex (22%). C. gasar reproduction in CEP latitude occurred intermittently with intense spawning in the hot months (mean 26.72 ° C) and in June when sea water temperature declined (20 ° C). There was resting period in both males and females in the winter and oysters parasitized by Bucephalus sp. (n = 25) where in some cases parasitism prevented sexing. Studies on the reproductive cycle of oysters and their genetic variation are of extreme importance for crops and the preservation of natural stocks. With the results of the reproductive cycle in three different environments, we obtained information that can help in the rational exploration of the species in the CEP region, as well as the ideal moment for induced reproduction in the laboratory for seed production. It was also possible to verify the best seasons (March, April, May, October and November) for the insertion of the artificial collectors (like pet bottles) in the water with the intention of the ostreicultores to use these seeds for later fattening in cultivation. Thus, extractivism in the environment is expected to decrease contributing to the resilience of the oyster communities present in the mangroves of the Paraná coast. Keywords: native oysters. oyster farming. sexual stage. spawning. extractivism.pt_BR
dc.format.extent34 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectOstrapt_BR
dc.subjectOstra - Criaçãopt_BR
dc.subjectEcologiapt_BR
dc.titleAvaliação do ciclo reprodutivo de ostras Crassostrea gasar em três locais de cultivo na Baía das Laranjeiras (PR)pt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record