Show simple item record

dc.contributor.authorSantos, Matheus Lincoln Borges dos, 1987-pt_BR
dc.contributor.otherZattar, Izabel Cristinapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produçãopt_BR
dc.date.accessioned2019-11-07T18:49:01Z
dc.date.available2019-11-07T18:49:01Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/64283
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Izabel Cristina Zattarpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. Defesa : Curitiba, 27/05/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 101-105pt_BR
dc.description.abstractResumo: Os ecossistemas de inovação (EI) vêm se tornando um ativo competitivo da economia baseada em conhecimento. Eles podem ser definidos como o conjunto de interações entre diferentes atores para a geração da inovação. Nesse ambiente, o empreendedorismo e a cooperação são os comportamentos chaves e a inovação seu principal produto. Sua presença contribui para o desenvolvimento econômico e social das cidades, por isso, há um crescente esforço em diferentes regiões para a criação, desenvolvimento e manutenção destes ecossistemas. Esta pesquisa identificou, através da análise da literatura e documental a existência de 8 agentes os quais fazem parte de EI, governo, universidades, indústria, instituições de apoio, empreendedores, instituições de fomento, consumidores e sociedade civil organizada. Esses agentes se organizam em quatro grupos de ação: liderança, criação de valor, suporte à criação de valor e empreendedorismo. Estes grupos de ação são os papeis desempenhados pelos agentes de inovação dentro dos EI. Os papeis se desdobram em tarefas que representam as responsabilidades destes agentes frente ao processo de surgimento da inovação. Com a aplicação da metodologia PASSI foram identificados 4 papeis de liderança que desempenha 12 tarefas; 4 papeis de criação de valor e 10 tarefas respectivas; 2 papeis de suporte à criação de valor que realizam 10 diferentes tarefas; 2 papeis de suporte à criação de valor com 6 tarefas correspondentes e 2 papeis de empreendedorismo que possuem 7 tarefas. O modelo foi validado por 16 especialistas que possuem sua contribuição para a área de inovação chancelada pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores, para então, ser construído o diagrama relacional dos ecossistemas de inovação. Além da possibilidade da implementação e simulação computacional, o modelo construído permite a reflexão a respeito das ações esperadas de diferentes agentes para que se possa observar o surgimento e o desenvolvimento de um EI. Destacam-se nessas tarefas, um governo que fomente a inovação, as parcerias público-privadas e desburocratize os processos, uma universidade que lidere processos de transferência de tecnologia, empresas que valorizem a mão de obra de pesquisa e desenvolvimento e consumidores que gerem demandas e validem inovações lançadas para o mercado. Estas contribuições fornecem subsídios para o desenvolvimento de políticas públicas para inovação, desenvolvimento de pesquisas a respeito do EI e conhecimento para a gestão e o desenvolvimento destes espaços. Palavras chaves: ecossistemas de inovação; modelagem baseada em agentes; inovação; metodologia PASSI; papeis de inovação; agentes de inovação.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Innovation ecosystems (EI) have become a competitive asset of the knowledge-based economy. They can be defined as the set of interactions between different actors for the generation of innovation. In this environment, entrepreneurship and cooperation are the key behaviors and innovation their main product. Their presence contributes to the economic and social development of cities, so there is a growing effort in different regions for the creation, development and maintenance of these ecosystems. This research identified, through literature and documentary analysis, the existence of 8 agents that are part of EI, government, universities, industry, support institutions, entrepreneurs, development institutions, consumers and organized civil society. These agents are organized into four action groups: leadership, value creation, support for value creation, and entrepreneurship. These action groups are the roles played by innovation agents within EI. The roles unfold in tasks that represent the responsibilities of these agents in the process of the emergence of innovation. With the application of the PASSI methodology, 4 leadership roles were identified that perform 12 tasks; 4 roles of creation of value and 10 respective tasks; 2 roles to support value creation that perform 10 different tasks; 2 roles of support to create value with 6 corresponding tasks and 2 roles of entrepreneurship that have 7 tasks. The model was validated by 16 experts who have their contribution to the area of innovation chanceled by the National Association of Entities Promoting Innovative Enterprises, for then, to build the relational diagram of innovation ecosystems. Besides the possibility of implementation and computational simulation, the constructed model allows the reflection about the expected actions of different agents so that the emergence and the development of an EI can be observed. A government that fosters innovation, public-private partnerships and bureaucratic processes, a university that leads technology transfer processes, companies that value the research and development workforce and consumers that generate demands and validated innovations launched for the market. These contributions provide support for the development of public policies for innovation, development of research on the IE and knowledge for the management and development of these spaces. Keywords: innovation ecosystems; agent-based modeling; innovation; PASSI methodology; innovation roles; agents of innovation.pt_BR
dc.format.extent112 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectInovaçãopt_BR
dc.subjectEmpreendedorismopt_BR
dc.subjectLiderançapt_BR
dc.subjectEngenharia de Produçãopt_BR
dc.titleModelagem conceitual baseada em agentes de um ecossistmea de inovaçãopt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record