Show simple item record

dc.contributor.advisorPacheco, Vicente, 1952-pt_BR
dc.contributor.authorLemes, Patrícia Barbosapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Especialização em Gestão de Negóciospt_BR
dc.date.accessioned2019-11-07T17:24:41Z
dc.date.available2019-11-07T17:24:41Z
dc.date.issued2008pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/64277
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Vicente Pachecopt_BR
dc.descriptionMonografia (Especializaçao) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Sociais Aplicadas, Curso de Especializaçao em Gestao de Negóciospt_BR
dc.description.abstractResumo: O turismo destaca-se pelo alto crescimento e pela considerável velocidade que este ocorre. O setor vem movimentando milhões de pessoas e bilhões de dólares a cada ano. Mundialmente cerca de 98% das empresas de turismo são de pequeno e media porte, e geralmente são gerenciadas pelos donos, existindo dificuldades quanta ao usa e distribuição de ferramentas gerenciais, que estão diretamente ligadas ao porte da empresa. As exigências de competitividade determinam que os profissionais que representam a organização tenham respostas para os anseios dos clientes, através de serviços de qualidade. Essa qualidade significa tomar decisões, conhecer produtos, serviços e processos, apresentar soluções e corrigir problemas rapidamente. Um setor que se encontra saturado e busca novas oportunidades para o crescimento e principalmente a sobrevivência, tem valorizado mecanismos que se asseguram a competitividade e visem a captação e retenção dos clientes, ou seja, o diferencial entre um hotel e outro está nos serviços. Na maneira pela qual os colaboradores atendem aos clientes externos. Pode estar na amabilidade, na cortesia, no comprometimento dos colaboradores com a organização Porem para satisfazer os clientes e fundamental que os colaboradores estejam satisfeitos, motivados e entendam a importância do serviço prestado para as empresas hoteleiras. O presente estudo analisou os modelos de gerenciamento em 10 hotéis voltados para o turismo de negócios, buscando conhecer o desenvolvimento das politicas de gestão nestas organizações e identificando e compreendendo o perfil do gerente de hotéis voltado para este tipo de turismo dentro do contexto turístico geral, destacando quais as principais características para a direção de uma unidade hoteleira dentro do mercado ambiente competitivo. A pesquisa baseou-se na literatura referente ao assunto, resgatando conceitos de hotelaria, clientes, turismo, turismo de negócios, gerenciamento e gerenciamento hoteleiro. Buscou-se identificar o estilo gerencial que atende as necessidades tanto do ambiente externo quanto do ambiente interne, tendo como foco principal a satisfação do cliente. Os objetivos específicos procuraram definir qual o perfil mais adequado para os gerentes das unidades hoteleiras voltadas para o turismo de negócios. Para a definição do perfil foram efetuadas visitas em unidades hoteleiras para a coleta de dados referente ao assunto estudado. As conclusões básicas apontam para uma relação entre gestor X qualidade, satisfação e competitividade, afinal o empreendimento com melhor resultado da qualidade e o mesmo que possui satisfação no trabalho por parte dos colaboradores.pt_BR
dc.format.extent89 f : il. color., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectIndústria hoteleira - Administraçãopt_BR
dc.subjectTurismopt_BR
dc.titleIndicadores gerenciais para hotéis voltados ao turismo de negóciospt_BR
dc.typeMonografia Especializaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record