Show simple item record

dc.contributor.authorFunke, Willian, 1992-pt_BR
dc.contributor.otherGuimarães, Marcella Lopes, 1974-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Históriapt_BR
dc.date.accessioned2019-10-29T17:56:47Z
dc.date.available2019-10-29T17:56:47Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/64089
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Marcella Lopes Guimarãespt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História. Defesa : Curitiba, 23/08/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 120-131pt_BR
dc.description.abstractResumo: A presente dissertação analisa as adições góticas feitas à Sé de Lisboa durante os reinados de D. Dinis e D. Afonso IV, entre os anos de 1279 e 1357, com patrocínio desses reis e do comerciante lisboeta Bartolomeu Joanes. O Claustro de iniciativa dionisina, a Capela de São Bartolomeu erguida por disposição testamentária de Joanes e a Cabeceira reconstruída por D. Afonso foram feitos no estilo em voga na cristandade latina, o Gótico. Pretende entender as razões que levaram esses agentes a empreender esforços nas referidas obras e qual o lugar que ocuparam no contexto de sua construção. Busca este objetivo através da atenta observação do objeto material e de suas relações com a sociedade que o produziu, através de uma série de questões que se desdobram a partir da pergunta principal. O primeiro capítulo apresenta uma descrição do templo com atenção às suas partes góticas, bem como de modificações pelas quais o edifício passou relacionando-as aos contextos em que se produziram, com o intuito de perceber qual a posição das adições do século XIV no percurso histórico da Sé. A igreja se liga profundamente ao espaço que a circunda e à Lisboa de uma forma geral, o que é o foco do capítulo seguinte, em que é feita uma discussão sobre a cidade e a diocese. Foca na sequência no espaço que a catedral ocupa em Lisboa, as funções do edifício e de seu entorno, importantes para a definição de lugar usada neste trabalho. As funções das adições góticas feitas à Sé de Lisboa que se destacam são ligadas à morte: sepultamento e celebrações em benefício das almas. A partir dessa informação busca-se nos testamentos dos promotores das obras referidas indicações de elementos contextuais que ajudam a responder a questão proposta. Percebe-se a integração ao processo de individualização do destino pós-morte marcado pela consolidação da ideia do Purgatório e da possibilidade de interferir na condição da alma no além. Os mendicantes tiveram papel importante neste processo, o qual aumentou a demanda pela inumação identificável, que permitisse que os sufrágios fossem endereçados aos seus destinatários corretos. As disposições testamentárias também foram marcadas por experiências pessoais, como a atividade socioprofissional e os acontecimentos ocorridos durante a vida, o que marcou também a edificação destes trechos da Sé lisboeta. Essas obras foram feitas para possibilitar a perpetuação de memórias individuais, não apenas dos promotores - principalmente no caso do claustro que recebeu túmulos de diversos nobres e de alguns comerciantes - e garantir uma melhor condição no pós morte por intermédio das orações destinadas aos inumados na igreja e a intercessão de São Vicente, cujas relíquias encontravam-se neste templo. A escolha por este edifício específico justifica-se pela importância que a cidade vinha ganhando no conjunto do reino, pela posição que a igreja ocupa na cidade e, mais uma vez, a existência das relíquias de um santo bastante vinculado à Dinastia de Borgonha. Palavras-chave: Sé de Lisboa. Arquitetura Medieval. Gótico Português. Morte.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The present dissertation analyzes the Gothic additions made to the Lisbon Cathedral during the reigns of D. Dinis and D. Afonso IV, between the years 1279 and 1357, with the patronage of these kings and the merchant from Lisbon, Bartolomeu Joanes. The Cloister of Dionysian initiative, the Chapel of St. Barolomeu erected by testamentary disposition of Joanes and the rebuilt of the Head by D. Afonso were made in the style in vogue in Latin Christianity, the Gothic. It intends to understand the reasons that led these agents to make efforts in these works and what place they occupied in the context of their construction. It seeks this objective through the close observation of the material object and its relations with the society that produced it, through a series of questions that unfold from the main question. The first chapter presents a description of the temple with attention to its Gothic parts, as well as modifications by which the building passed relating them to the contexts in which they were produced, in order to perceive the position of the additions of the fourteenth century in the Cathedral historical course. The church is deeply linked to the space that surrounds it and to Lisbon in general, which is the focus of the next chapter, in which is made a discussion about the city and the diocese. It focuses on the sequence in the space that Cathedral occupies in Lisbon, the functions of the building and its surroundings, important for the definition of place used in this work. The highlighted functions of the gothic additions made to Lisbon Cathedral are linked to death: burial and celebrations for the benefit of souls. From this information it is sought in the wills of the promoters of the mentioned works indications of contextual elements that help to answer the proposed question. It is noticeable the integration to the process of individualization of the post-mortem destiny marked by the consolidation of the idea of Purgatory and the possibility of interfering in the condition of the soul in the beyond. The mendicants played an important role in this process, which increased the demand for identifiable burial, which allowed the suffrages to be addressed to their correct receivers. The testamentary dispositions were also marked by personal experiences, such as the socio-professional activity and the events that took place during the life, which also marked the construction of these sections of Lisbon Cathedral. These works were made to enable the perpetuation of individual memories, not only of the promoters - especially in the case of the cloister that received tombs of several nobles and some merchants - and to guarantee a better post-death condition through the prayers intended for the entombed ones in the church and the intercession of St. Vincente, whose relics were in this temple. The choice for this particular building is justified by the importance the city has been gaining in the kingdom as a whole, by the position that the church occupies in the city and, once again, the existence of the relics of a saint closely linked to the Burgundian Dynasty. Keywords: Lisbon Cathedral. Medieval Architecture. Portuguese Gothic. Death.pt_BR
dc.format.extent137 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectArquitetura de igrejas - Portugal - Históriapt_BR
dc.subjectArquitetura medievalpt_BR
dc.subjectMorte na artept_BR
dc.subjectHistóriapt_BR
dc.titleO lugar da Sé de Lisboa em Portugal durante os reinados de D. Dinis e D. Afonso IV (1279-1357)pt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record